Photo by Mantas Hesthaven on Unsplash

Como funcionará o turismo num mundo pós-coronavírus?

Em tempos de quarentena e isolamento social, viajar parece algo de outra realidade. Contudo, um dia a situação irá se normalizar e o turismo voltará a movimentar a economia. Porém, isso não significa que o ato de viajar funcionará da mesma forma. Pensando nisso, resolvemos selecionar algumas possíveis mudanças no turismo em um mundo pós-coronavírus.

publicidade

De acordo com um estudo do Conselho Mundial de Viagens e Turismo (WTTC) realizado no ano passado, o turismo possuí um grande impacto na economia mundial. Só para ilustrar, no total, esse tipo de atividade gerou uma participação de US$ 8,8 trilhões no PIB mundial, cerca de 10,4% do mesmo. Além disso, aqui no Brasil a prática representa 8,1% do PIB, contribuindo com cerca de US$ 125 bilhões para a economia.

Embora, inicialmente, 2020 fosse um ano cheio de potencial para um aumento significativo na indústria do turismo, nos deparamos com uma pandemia. Como resultado disso, as pessoas tiveram de aderir ao isolamento social para reduzir a transmissão do coronavírus. Assim o mundo parou.

Surpreendentemente, esses tempos de quarentena são propícios para bastante reflexão. Logo, muitas pessoas estão planejando aproveitar ao máximo suas vidas sem a constante ameaça da Covid-19. Diante disso, muitos indivíduos tem planejado viajar assim que possível. Entretanto, antes de tudo, é preciso ter em mente que num mundo pós-coronavírus, as coisas funcionarão de uma forma diferente, incluindo o turismo.

publicidade

Pensando nisso, resolvemos selecionar algumas informações que podem te ajudar a se preparar para o que está por vir.

Novas medidas de prevenção

Photo by Ben Garratt on Unsplash

Uma pandemia não é algo facilmente superável. Na verdade, não seria exagero dizer que se trata de uma experiência traumática para muitos. Sendo assim, é previsível que a sensação de segurança para sair de casa e viajar de novo não chegará de imediato, ela será feita aos poucos.

Além disso, cada país levará seu próprio tempo para desenvolver suas questões diplomáticas e sanitárias necessárias para a recepção de turistas. Ao passo que o Brasil vem contando com um constante aumento dos casos de infectados com coronavírus enquanto muitas nações já estão em fase saída da quarentena, não seria equivocado dizer que nosso país não será a primeira opção de destino por um bom tempo. Ademais, até mesmo a recepção de turistas brasileiros em outros lugares pode ser barrada.

O esperado é que, mesmo em um mundo pós-coronavírus, os países tendam a adotar medidas de prevenção contra o coronavírus e outras doenças.

publicidade

Novos critérios na escolha de destinos

Photo by Glenn Carstens-Peters on Unsplash

Os dias vão passando e a cotação do dólar só vai aumentando. Isso significa que, após o coronavírus, o Brasil terá de lidar com um grande desafio econômico. Assim, com o real desvalorizado, os viajantes cujo orçamento é limitado, optarão por explorar o território nacional. Segundo o blog Vambora, os destinos que as pessoas estão mais interessadas em visitar estão na região Sul, seguida pelo Nordeste e depois Sudeste.

Novas tendências

Photo by Michael Lee on Unsplash

Visto que a maioria das pessoas está tendo de passar a quarentena em casas ou apartamentos, a primeira coisa que elas podem buscar é uma fuga desse confinamento urbano. Sendo assim, é provável que a maioria delas busque entrar em contato com a natureza. Portanto, destinos ao ar livre serão uma das novas tendências no turismo do futuro.

Por fim, ainda não sabemos quando será liberado sair de casa rumo à um destino escolhido à dedo. Contudo, não custa nada já ir idealizando sua viagem dos sonhos.

Fonte: Folha de Londrina Vambora