Use a gratidão para superar o tédio, dificuldades, reclamação e sobrecarga

Nossas vidas poderiam ser muito mais fáceis com a gratidão.

publicidade

“Gratidão” parece um assunto banal e até mesmo tedioso para muitos – todos nós sabemos que devemos ser gratos.

E ainda assim, há maneiras pelas quais não estamos cultivando gratidão…

Nossas vidas poderiam ser muito mais fáceis, até mesmo mais ricas, se usássemos gratidão dessas formas mais profundas.

publicidade

Vamos dar alguns exemplos.

Confira:

Tédio

Use a gratidão para superar o tédio, dificuldades, reclamação e sobrecarga

Eu estava conversando com uma amiga recentemente sobre como ela não gosta de ficar quieta e parada, porque parece tedioso.

publicidade

Ela percebe que isso provavelmente não é bom para ela, já que ela frequentemente sente a necessidade de se mexer, para se manter ocupada.

E ela gostaria de aprender a ser mais presente, diminuir a velocidade de vez em quando.

A resposta ao tédio é gratidão.

Vamos pensar em uma situação: você desliga o telefone, sai do computador e fica sentado do lado de fora, sem livro, sem dispositivo, sem ninguém para conversar, sem nada para fazer.

Você apenas fica sentado.

publicidade

O quanto isso é útil? O quanto isso é interessante? O quanto isso é produtivo? Você pode responder “nem um pouco” a essas perguntas, e isso pode parecer tedioso.

Mas eu acredito que é porque não estamos:

1) prestando atenção suficiente;

2) apreciando a dádiva daquele momento.

Se estou sentado sozinho, sem nada para fazer, posso ter vontade de me levantar e ir fazer alguma coisa ou pegar meu telefone.

Mas e se, em vez disso, eu pudesse prestar atenção em como meu corpo se sente, na textura da minha respiração, na luz ao meu redor, na natureza bem na minha frente, nos sons do mundo agitado em atividade.

As cores vibrantes, a vida que está lutando para sobreviver e prosperar. A sensação de estar apenas vivo.

Quanto mais eu presto atenção, mais posso perceber que dádiva é essa. Quanto mais eu puder apreciar a preciosidade de tudo isso.

A gratidão supera o tédio, se permitirmos.

Dificuldades

Use a gratidão para superar o tédio, dificuldades, reclamação e sobrecarga

Geralmente pensamos em dificuldades como algo de que não gostamos, e elas nos causam infelicidade: uma pessoa difícil com a qual estamos lidando, a perda de um emprego, lutar com um problema de saúde, perder um ente querido.

E é verdade, essas não são coisas que normalmente consideramos “boas”.

Não estou dizendo que devemos nos alegrar por ter esses problemas. Mas existe uma maneira de encontrar gratidão por eles? Existe uma maneira de vê-los como uma dádiva?

A gratidão pode ser encontrada até mesmo em nossas dificuldades:

1. Quando estamos lidando com uma pessoa difícil, podemos ser gratos por ter outras pessoas em nossas vidas, por estarmos vivos, por ter alguém para praticar estar em um relacionamento (incluindo colegas de trabalho e relações familiares), por ter uma maneira de praticar ser melhor em paciência e comunicação.

Podemos pensar nessa pessoa como nossa professora, que, inconscientemente, está nos ajudando a ficar mais fortes e a crescer como pessoa.

2. Se perdermos o emprego, isso pode ser muito difícil… mas também podemos sentir gratidão por termos tido um emprego, mesmo que por um tempo.

Podemos ser gratos por termos algumas economias e/ou uma rede de familiares para nos ajudar (ou talvez possamos pedir ajuda a estranhos).

Podemos encontrar gratidão pela oportunidade de começar de novo, de nos reinventar, de nos esforçarmos para sermos melhores em entrevistas de emprego, aprender novas habilidades e começar uma nova carreira.

Podemos encontrar gratidão pela oportunidade de crescer, mesmo em meio à dor.

3. Lutas com a saúde nunca são divertidas e muitas vezes podem ser muito dolorosas e debilitantes. Eu não estou dizendo que isso é bom.

Mas talvez a dor possa ser mediada por um sentimento de gratidão por estar vivo. De ter entes queridos que possam nos ajudar. De poder sentir dor, talvez de ter audição e visão e a habilidade de experimentar as coisas.

Subestimamos estas outras coisas porque estamos nos concentrando na parte da qual não gostamos. Podemos até encontrar gratidão pela chance de sermos bons em meditar sobre a dor, que é uma maneira poderosa de crescer.

4. Perder um ente querido é doloroso, claro. Mas podemos ser gratos por termos tido a dádiva dessa pessoa em nossas vidas?

Meu pai, por exemplo, às vezes era muito chato, mas sou muito grato por ter tido suas piadas inapropriadas, sua paixão pela vida, sua arte, seu coração amoroso, sua música, seu rosto sorridente em minha vida.

Eu tenho mais de 40 anos dele, e isso foi uma dádiva absoluta.

Sua morte também me lembra de não subestimar a presença de meus outros entes queridos, e cada vez que eu sinto gratidão pelos outros membros da família, meus bons amigos e todos vocês… eu tenho a morte dele para agradecer por isso.

Não é fácil encontrar gratidão nas dificuldades… mas elas podem se tornar caminhos incríveis de crescimento e aprendizado, se nós vermos a lição nelas.

Se começarmos a ver tudo como nosso professor, especialmente a dor e a luta.

Reclamação

Use a gratidão para superar o tédio, dificuldades, reclamação e sobrecarga

Muitos de nós têm o hábito mental de reclamar – sobre uma situação, sobre outra pessoa.

Podemos até não perceber que estamos fazendo isso, mas toda vez que sentimos um pouco de ressentimento, isso é uma forma de reclamação. E é uma boa maneira de desperdiçar nossas vidas.

A gratidão é o antídoto para o ressentimento, a irritação, a frustração e a reclamação.

Cada vez que você perceber que está sentindo ressentimento ou reclamando, perceba que tem uma história em sua cabeça que está causando o ressentimento.

Observe que você está deixando este enredo encher sua cabeça. E então encontre uma maneira de ser grato.

Abandone o hábito de ressentimento e reclamação cada vez que você percebe-lo. Escolha o hábito de gratidão. Veja que diferença isso pode fazer.

Sentir-se sobrecarregado

Use a gratidão para superar o tédio, dificuldades, reclamação e sobrecarga

Muitos dias nos sentimos estressados e sobrecarregados, especialmente no final do ano, quando adicionamos eventos sociais, compras, reuniões familiares, culinária e decoração às nossas vidas já ocupadas.

Como podemos lidar com esse sentimento de sobrecarga?

Sendo grato por tudo em nossas vidas que está nos sobrecarregando. Prezando cada coisa em nossa lista, cada pessoa fazendo uma solicitação por mensagem ou e-mail, cada evento que está nos estressando.

Cada um deles é uma dádiva absoluta, e ficar sobrecarregado é reclamar dessas dádivas. Encontrar apreciação por cada uma das dádivas é abandonar o estresse e encontrar o amor no caos.

Este artigo é uma tradução do Awebic do texto originalmente publicado em Zen Habits escrito por Leo Babauta.

Imagens: pexels.com e pixabay.com

Por um mundo com mais gratidão, compartilhe este conteúdo com seus amigos!

COMENTÁRIOS | Deixe sua opinião!

comments