“Venha passar a noite quentinha”: pousada abre as portas para pessoas em situação de rua

Solidariedade que aquece e salva vidas

Nas últimas semanas, uma forte onda de frio chegou a grande parte do Brasil, principalmente nas regiões Sul e Sudeste. Por mais que muitos gostem das baixas temperaturas para ficar em casa, ver filme e tomar algo quente, há também aqueles que sofrem por não terem onde se abrigar. Foi justamente nas pessoas em situação de rua que essa pousada de São Vicente, no litoral de São Paulo, pensou ao abrir as portas gratuitamente.

Na fachada, foi colocada uma faixa escrita “Você, morador de rua, saia do frio e venha passar a noite quentinha na pousada com direito a janta e banho”. A atitude repercutiu na internet de maneira muito positiva, como uma verdadeira prova da força da solidariedade.

Faixa colocada na frente da pousada (imagem: reprodução Instagram/G1)

Em entrevista ao G1, o proprietário da pousada, que prefere não se identificar, disse que a ideia surgiu vendo uma matéria na Rede Globo. “A reportagem mostrava os moradores [em situação] de rua tendo que ficar dentro de barracas para se protegerem do frio, então eu questionei o porquê de não terem aberto a estação de metrô para eles se abrigarem. Então, parei e pensei: ‘Por que eu não abro a minha pousada para eles também?’”

Te interessa?

Logo na manhã seguinte, ele já foi atrás da faixa que usou para chamar as pessoas em situação de rua. Ligou na gráfica e fez a encomenda. Normalmente, ela só ficaria pronta em 24 horas, mas devido à urgência e à extrema necessidade de tê-la em mãos o quanto antes, a gráfica correu e entregou no mesmo dia.

Segundo o proprietário, a primeira reação dos funcionários da pousada ao saberem da ideia foi de surpresa. “Em um primeiro momento, eles ficaram chocados com essa iniciativa, mas, logo em seguida, quando viram as ações que queríamos fazer, se mobilizaram e compraram a ideia”.

População pode ajudar doando roupas de frio (imagem: arquivo pessoal/G1)

População também pode ajudar

Como os cobertores que tinha não eram suficientes, o homem foi até a Prefeitura em busca de auxílio. Conseguiram uma doação vinda do centro de acolhimento às pessoas em situação de rua. O responsável pelo abrigo, inclusive, comentou com ele que 12 pessoas ficaram de fora do albergue da Prefeitura porque não tinha lugar para todos.

“Os colchões e os cobertores chegaram por volta das 19h e as pessoas em situação de rua a partir das 22h. Umas 14 pessoas foram encaminhadas pela prefeitura e outros três chegaram voluntariamente no local”.

Se você mora em São Vicente, saiba que também é possível ajudar! A pousada aceita doações de roupas. Afinal, muitas pessoas em situação de rua não têm casacos, calças, meias, blusas e pijamas para se proteger do frio. O endereço da pousada é Avenida Embaixador de Toledo, 222. Sabe aquela roupa que não te serve mais? Que tal tirá-la do armário e levá-la para esquentar alguém?

Essa é, sem dúvida, uma ação muito bonita do proprietário da pousada e de todos que estão ajudando. Mais do que garantir um lugar quentinho, estão protegendo vidas. Parabéns pela iniciativa!

Fonte: G1

O que você achou? Siga @awebic no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui

Veja mais ›
Fechar