Ela descobriu que tinha câncer. Sua reação? Visitar as 7 maravilhas do mundo em 13 dias.

Arrasou!

publicidade

Encarar um diagnóstico de câncer nunca é fácil.

Há quem encare esse desafio como um alerta de que a vida pode ser curta – e que o melhor a fazer é aproveitar o tempo.

Foi o que Megan Sullivan fez.

publicidade

Após receber a notícia de que tinha câncer de pele, ela se recusou a ficar em uma bolha e se afastar do mundo: em vez disso, decidiu viajar e visitar as 7 maravilhas do mundo.

O resultado desta jornada?

Mais de 45 mil quilômetros percorridos. Doze países. Quinze voos. Cinco noites em camas de hotel. Um tripé confiscado.

E sete maravilhas em treze dias incríveis!

publicidade

E a certeza de que é preciso viver mais.

Dia 1: Chichen Itza

maravilhas00001

Dia 2: Machu Picchu

after-diagnosis-megan-sullivan-visits-wonders-of-the-world-2

Dia 4: Cristo Redentor

maravilhas00003

Dia 6: Coliseu

maravilhas00004

publicidade

Dia 8: Petra

maravilhas00005

Dia 11: Taj Mahal

maravilhas00006

Dia 12: A Grande Muralha da China

maravilhas00007

Fonte: demilked.com.

Para Megan, o aprendizado maior foi a consciência de que ela havia sobrevivido a momentos ruins.

Ela diz que os maiores aprendizados em sua vida vieram após momentos de grande perda, o que sempre abria um espaço para uma nova experiência.

Depois de viver o pior mês de sua vida, ela percebeu que o único obstáculo entre ela e o que desejava para sua vida era ela mesma.

Sempre estamos dizendo que não temos dinheiro e tempo, e o que Megan percebeu, na verdade, que o maior medo é o de falhar.

Assim, o melhor a fazer era parar de pensar que tal coisa era impossível e começar a escolher como ela viveria a vida a cada dia.

Seu maior arrependimento, ela diz, é ter deixado passar as oportunidades. Agora, ela espera viver a maior aventura de todas: sua própria vida!

E ainda tem um vídeo dessa viagem extraordinária!

Veja o vídeo no YouTube.

Gostou? Compartilhe com um amigo.