10 melhores filmes de super-heróis disponíveis no Amazon Prime Video

Embora por muito tempo histórias em quadrinhos e suas adaptações tenham se restringido à um público específico, atualmente o universo de super-heróis já se consolidou na cultura pop. Grande parte dessa popularidade se deve ao cinema. Os filmes do gênero tem ganhado cada vez mais espaço entre o mainstream e a maior prova disso são as quebras de bilheteria. Sendo assim, decidimos selecionar os melhores longas de super-heróis disponíveis no Amazon Prime Video.

publicidade

A maioria das adaptações de super-heróis se dividem entre Marvel e DC, respectivamente distribuídas pela Disney e pela Warner Bros. Ao passo que essas empresas ainda estão tentando se consolidar no serviço de distribuição digital de conteúdo, seus títulos podem ser encontrados em diferentes plataformas. Surpreendentemente, com o contínuo crescimento do mercado de streaming, temos visto diversos outros serviços, além da Netflix, se destacando no ramo. Só para ilustrar, podemos citar Hulu, Mubi, HBO GO, Crunchyroll e, por último, mas não menos importante, Amazon Prime Video.

Sendo assim, enquanto Disney+ e HBO Max ainda não foram lançados no Brasil e passaram a monopolizar seus filmes de super-heróis, resolvemos selecionar alguns dos melhores títulos do gênero encontrado no Prime Video. Embora ainda seja uma plataforma recente, o serviço de streaming da Amazon tem dado o que falar e seu acervo tem bastante peso nesse quesito. Portanto, logo abaixo você pode conferir os melhores filmes de super-heróis que podem ser encontrados no Prime Video.

10 – Homem de Ferro (2008)

Marvel Studios

Responsável por inaugurar o Universo Cinematográfico Marvel, Homem de Ferro foi um tiro no escuro para a Casa das Ideias. Visto que Tony Stark estava longe de ser um personagem tão conhecido quanto muitos outros da editora, como Homem-Aranha ou Hulk, não sabíamos muito bem o que esperar desse projeto. Felizmente, todo o trabalho da produção foi devidamente recompensado. Apesar de ter vendido os direitos autorais de suas figuras mais icônicas para outros estúdios, como forma de contornar uma crise, a Marvel Studios obteve sucesso em trazer o Homem de Ferro para o mainstream.

publicidade

Aliás, muito disso se deve ao fato de Robert Downey Jr. ter incorporado melhor que ninguém a essência do gênio, bilionário, playboy e filantropo. Na verdade, o personagem foi tão fortemente associado à Downey que há quem diga que a versão dos quadrinhos foi reformulada para se assemelhar mais ao que foi apresentado na grande tela. Sendo assim, é indubitável que vale a pena conferir esse clássico.

9 – Guardiões da Galáxia (2014)

Marvel Studios

Assim como o caso acima, os Guardiões da Galáxia não eram muito familiares ao público antes de sua explosão nos cinemas. No entanto, uma boa adaptação foi responsável por colocar Senhor das Estrelas, Gamora, Drax, Rocket e Groot entre alguns dos personagens mais adorados pelo público. Ao passo que James Gunn conseguiu explorar o potencial de figuras datadas ao esquecimento nos quadrinhos e transformar sua narrativa em um grande blockbuster, foi um tanto assertivo por parte da Marvel Studios investir em uma sequência. Assim, seguindo o sucesso de Guardiões da Galáxia Vol. 2, a empresa já solicitou de imediato uma terceiro filme da franquia. Inclusive, é sabido que a equipe será fundamental para os acontecimentos futuros do MCU. Por fim, mas não menos importante, o maior atrativo dessa produção está em sua trilha sonora e humor despretensioso capaz de conquistar diversas gerações de público.

8 – Capitão América: O Primeiro Vingador (2011)

Marvel Studios

Embora não partilhe da mesma popularidade do Superman, o alter ego de Steve Rogers possui diversas semelhanças com o kryptoniano. Além do uniforme tricolor responsável por referenciar a bandeira estadunidense, ambos surgiram como recurso de reforço do patriotismo e servem como espelho até para seus próprios colegas heróis. Bom, falando especificamente do filme, o mesmo foi um sucesso comercial e contou com avaliações positivas por parte da crítica especializada. Inclusive, a maioria dos comentários elogiou o desempenho de Chris Evans como o protagonista. Aparentemente o grande trunfo da Marvel Studios é a escalação assertiva de elenco. Surpreendentemente, Evans demorou a aceitar o papel, pois tinha receio de se comprometer com um contrato cuja duração era tão extensa. Posteriormente o astro acabou mudando de ideia e passando oito anos no uniforme do super-soldado.

publicidade

7 – Kick-Ass 2 (2013)

Universal Pictures

Dificilmente sequências conseguem manter o nível de seus antecessores. Bom, o caso de Kick-Ass não foi diferente. No entanto, enquanto a crítica apontou uma insuficiência do longa em replicar a mistura de ultra-violência e humor ácido presentes no filme original, essa que vos fala acredita que é um tanto quanto válido conferir o longa em questão. Além disso, seria significativo levar em consideração o contexto de lançamento do filme. No final de 2012, ocorreu um tiroteio na escola primária de Sandy Hook e o histórico de violência escolar estadunidense ganhou mais um inesquecível caso. Sendo assim, apesar de ter sido lançado quase um ano depois do acontecimento, Kick-Ass 2 protagonizou uma polêmica decorrente de sua violência explícita.

De acordo com Jim Carrey, responsável por viver o Coronel Estrelas no filme, não seria sensato ou direito apoiar uma narrativa repleta de violência. Logo, o ator retirou seu apoio ao longa. Contudo, tal posicionamento gerou uma polarização de opiniões. Enquanto, de um lado, alguns apoiavam Carrey, outros afirmavam que não havia como o público ser contaminado pela violência apresentada na ficção. Além disso, se esse fosse o caso, seria coerente aplicar o mesmo julgamento à filmes de diretores como Quentin Tarantino, Sam Peckinpah, Chan-wook Park e Martin Scorsese.

6 – Os Incríveis (2004)

Walt Disney Pictures

Embora animações tendam a ser subestimadas, não podemos dizer que esse é o caso de Os Incríveis. Esse filme difere da maioria de outras produções da Disney/Pixar por abordar temas adultos como: família, morte, violência e a importância de modelos. Visto que Brad Bird, diretor do filme, já possuía tais características como sua assinatura, algo que vimos em O Gigante de Ferro, encontramos na narrativa da Família Pêra uma realidade palpável e muito relacionável. Aliás, essa animação consegue transmitir uma perspectiva autêntica que não estamos acostumados a ver em filmes de super-heróis, afinal, em nossa tentativa de endeusá-los, por vezes acabamos esquecendo de sua humanidade e é sempre bom revisitar essa questão com a Família Pêra.

5 – Sin City (2005)

Walt Disney Studios

Quando uma narrativa original dos quadrinhos é adaptada para as telas notamos diversas alterações. Visto que se trata de uma migração midiática, é compreensível que isso aconteça. Contudo, no caso de Sin City, graphic novel escrita por Frank Miller, a situação é outra. Nesse projeto, Robert Rodriguez se uniu à Miller e Quentin Tarantino para dirigir uma antologia onde vemos diversos personagens lidarem com situações controversas e tomarem atitudes questionáveis. No entanto, o mais incrível a respeito desse filme é que ele parece ser ambientado em uma história em quadrinhos. Apesar da ideia parecer meio cartunesca e cansativa de início, no desenvolver do longa vamos emergindo no conceito e em sua genialidade.

publicidade

4 – Doutor Estranho (2016)

Marvel Studios

Apesar de ser um dos personagens mais incríveis da Marvel, Doutor Estranho não era tão conhecido pelo público. Felizmente isso mudou quando o Mago Supremo ganhou seu próprio filme em 2016. Surpreendentemente, o que quase ninguém sabe é que desde 1980 Hollywood tem tentado trazer o personagem para a grande tela. Embora tenha demorado a sair do papel, quando conseguiu sair do plano das ideias, Doutor Estranho arrecadou uma das maiores bilheterias em seu ano de lançamento, recebeu críticas favoráveis e foi indicado ao Oscar de Melhores Efeitos Visuais. Além disso, é válido ressaltar que sua sequência, intitulada Doutor Estranho no Multiverso da Loucura, já está sendo desenvolvida e promete ser o primeiro filme de terror da Marvel Studios.

3 – Capitã Marvel (2019)

Marvel Studios

Enquanto a DC conta com Mulher-Maravilha como um de seus maiores sucessos de bilheteria, a Casa das Ideias demorou dois anos a mais para finalmente lançar um filme solo de heroína. De acordo com Bob Iger, CEO da Disney, isso aconteceu porque Ike Perlmutter, antigo presidente da Marvel Entertainment, possuía uma visão um tanto quanto tradicionalista. Isso significa que, quando Kevin Feige, responsável pelo segmento cinematográfico da empresa, sugeriu filmes de heróis como Pantera Negra e Capitã Marvel, Perlmutter aparecia com respostas como “filmes de super-heroínas não rendem grandes bilheterias”. Pois bem, felizmente, em 2015 Perlmutter deixou de supervisionar a Marvel Studios e Feige passou a reportar seus projetos diretamente ao presidente da Disney.

Sendo assim, ver a Casa das Ideias produzindo um filme como Capitã Marvel é algo extremamente simbólico e carrega um enorme peso geracional. Aliás, o longa estrelado por Brie Larson arrecadou mais de um bilhão de lucro em todo o mundo e entrou para as maiores bilheterias de todos os tempos. Além disso, a crítica avaliou super bem o humor, ação e visual da produção. Sendo assim, vale a pena conferir esse longa.

2 – Watchmen (2009)

Warner Bros. Pictures

Descrito como “corajoso e visualmente impressionante” pela crítica, Watchmen carrega consigo os elementos responsáveis por caracterizar os filmes de Zack Snyder. Assim como 300, Sucker Punch, Homem de Aço, Batman V Superman e Liga da Justiça, “a adaptação da graphic novel de Alan Moore apresenta uma estrutura narrativa complexa que pode dificultar seu apelo para os telespectadores não familiarizados com o material de origem”. Como resultado disso, apenas 64% dos críticos recomendaram o filme no Rotten Tomatoes. No entanto, se você já possui certo contato com produções do tipo, certamente irá se encantar pelo mundo sombrio de Rorschach e seus colegas vigilantes.

1 – Vingadores: Ultimato (2019)

Marvel Studios

Considerado “uma carta de amor aos fãs“, Vingadores: Ultimato foi responsável por mudar para sempre as produções de super-heróis. Só para ilustrar, o longa ficou tão impecável que a Marvel Studios terá um belo trabalho para alcançar tal feito novamente. Como resultado disso, o filme se tornou a maior bilheteria de todos os tempos, ultrapassando Avatar. Dirigido por Anthony e Joe Russo e contando com produção de grandes nomes como Kevin Feige, Jon Favreau, James Gunn e Stan Lee, esse filme reuniu a maior quantidade de personagens de quadrinhos por metro quadrado em um longa-metragem. Além de encerrar a Saga do Infinito, Ultimato é também responsável por concluir os arcos dos seis Vingadores originais. Sendo assim, avisamos desde já que é impossível assistir e não se emocionar.

E então, o que achou dos filmes de super-heróis que podem ser encontrados no Amazon Prime Video? Já é um consumidor assíduo da plataforma? Caso tenha se interessado e ainda não possua assinatura no serviço você pode acessá-lo clicando aqui.