5 dicas do ursinho Pooh para se ter uma vida feliz

Sim, ele tem muito a ensinar. Confira!

publicidade

Todos temos personagens que foram ícones da nossa infância, nossa juventude, e um dos preferidos é o ursinho Pooh.

Esse urso amarelo vivia a procura de mel, era amável e sempre estava disposto a ajudar seus amigos. O que pouco imaginam é o que podemos aprender com ele.

Aqui estão 5 dicas para ter uma vida feliz, dadas por ninguém menos que esse urso tão querido.

publicidade

pooh-766x479

1. Não se prenda a detalhes.

“Você não pode deixar de respeitar alguém que pode soletrar terça-feira, mesmo que ele não soletre direito; ortografia não é tudo. Há dias em que soletrar terça-feira simplesmente não conta.”

Não se prenda a pequenos detalhes, não faça grandes tempestades por problemas pequenos. Quando você se concentra nesses pequenos detalhes, acaba esquecendo o essencial, o que é importante em sua vida.

Relaxe, e se concentre nas coisas boas de sua vida, assim, terá força para fazê-las.

publicidade

2. Seja proativo e assuma a liderança.

“Você não pode ficar sempre no seu canto da floresta à espera que outros venham a você. Algumas vezes, você também deve ir até eles. “

É simples fazer sempre as mesmas coisas, pensar da mesma forma, mas isso, muitas vezes, não te leva a lugar nenhum. É preciso sair da zona de conforto, mesmo que isso seja assustador.

Sair dessa “zona de conforto” não é algo simples, e uma das primeiras coisas a se fazer é ser proativo, não reativo.

Não caia na procrastinação, dê um passo de cada vez, pense antes de reagir, seja proativo, isso irá te trazer ótimas consequências.

3. Mantenha sempre conversas simples e positivas.

“É mais divertido falar com alguém que não use expressões longas, difíceis, mas, em vez disso, use falas curtas e fáceis como ‘O que é o almoço?‘”

publicidade

Com que tipo de pessoa você prefere conversar? Pessoas com conversas negativas ou pessoas que tenham um pensamento positivo das coisas?

Conversas com pessoas que pensam positivo nos anima, pensar positivo nos traz animação.

Viver concentrado em atrair coisas positivas nos traz coisas positivas.

Não tente impressionar com grandes expressões, nem seja negativo no seu modo de pensar. As pessoas gostam de simplicidade, é bom para que você atinja a todos, tenha uma forma de falar com que todos entendam, e pensar positivo sempre é bom.

4. Valorize o “não fazer nada” de vez em quando.

“Não subestime o valor de não fazer nada, de não se preocupar.”

Embora trabalhar, pensar e produzir nos faça bem, nunca deixe de ficar um tempo livre, sem fazer nada. Isso é muito bom, acredite.

Quando passamos um tempo de “ócio”, sem preocupações e sem nada a fazer nos conectamos melhor com o nosso “eu interior”.

Esse “não fazer nada” nos dá tempo para nos conhecermos melhor, nos equilibrarmos e nos relaxarmos.

Uma caminhada na praia, no parque, ou simplesmente ficar sentado numa cadeira de frente para a janela observando a vista, isso faz com que nossa semana seja mais leve, com menos stress.

5. Aprecie as coisas pequenas.

“Ninguém pode estar desanimado com um balão.”

Um dos erros mais cometidos é apreciar somente os grandes momentos de nossa vida. Uma conquista, uma realização, coisas grandes, mas o que devemos aprender é a apreciar os pequenos momentos também.

Apreciar o pôr-do-sol enquanto vai ou volta do trabalho. O céu, um agrado recebido de alguém que ama, tudo isso deve ser valorizado.

Assim, a vida se torna cheia de grandes momentos, mesmo que pequenos.

Faça uma lista das coisas que gosta de apreciar, isso o ajudará a lembrar as coisas que são importantes para você.

E acredite, tudo isso citado acima irá te revelar um mundo de felicidade que existe na sua vida, mas que muitas vezes não damos importância.

Fonte: positivityblog.com.

Isso faz sentido pra você? Deixe sua opinião nos comentários. Se quiser, compartilhe com um amigo. 😉