8 séries de sobrevivência para você assistir na quarentena

Aproveitando que a atual conjuntura exige que fiquemos em casa, resolvemos selecionar as melhores obras de ficção seriadas sobre sobrevivência. Aqui você poderá conferir como algumas pessoas reagem a cenários específicos como apocalipses zumbis, epidemias e até arrebatamentos

publicidade

Há alguns dias atrás comentamos sobre como a pandemia de coronavírus estava se agravando. Surpreendentemente, nessa semana foi dado o estado de alerta. Agora a quarentena e o distanciamento social são as formas mais eficazes de evitar o contágio do COVID-19. Sendo assim, resolvemos selecionar algumas séries para aqueles que podem ficar na segurança e conforto de suas respectivas residências. Você pode conferir os títulos logo abaixo.

8 – O Último Cara da Terra

20th Television

Em tempos de isolamento social, se olharmos pela janela parece que é um eterno domingo, onde vemos o paradão na rua. Pois então, imagine acordar em um mundo onde não existe mais ninguém além de você. Ficou desconfortável só de imaginar? Bom, foi isso que aconteceu com Phil Miller ( Will Forte). Certo dia, nosso protagonista, uma cara normal que amava sua família e odiava seu emprego, acordou no ano de 2020 e se deu conta de que um vírus letal havia acabado com a vida humana em todo planeta. Assim como era de se esperar, a primeira reação de Phil foi sair mundo a fora procurando outros sobreviventes. Será que ele encontrou ou seria Phil o último cara da Terra?

7 – Jericho

CBS

Embora a disseminação de um vírus seja assustadora, existem outras fatores responsáveis por ocasionar uma quarentena compulsória. Só para ilustrar, imaginemos o cenário onde uma explosão nuclear assolou uma cidade e os sobreviventes começaram a se perguntar se mais alguém no mundo havia sobrevivido ao evento. Ademais, pra piorar a situação, não existe nenhuma maneira de se comunicar com outros lugares. Então, é esse o enredo de Jericho. Contudo, avisamos desde já que, caso você tenha problemas com finais em aberto, é melhor nem começar essa série. Dizemos isso porque Jericho foi cancelada antes de sua conclusão. Como resultado disso, algumas histórias ficaram em aberto e não contamos com finais felizes.

publicidade

6 – The Leftovers

Warner Bros. Television Distribution

Dos mesmos criadores de Lost, The Leftovers apresenta a história de pessoas que tiveram de lidar com a “Partida Repentina” de seus entes queridos. Em suma, cerca de 140 milhões de pessoas simplesmente desapareceram sem nenhuma explicação. Assim, enquanto muitos acreditam que isso se tratou de um arrebatamento bíblico ou algo parecido, vemos outros tentando lidar com a falta de amigos e familiares. Colocamos The Leftovers nessa lista porque a produção foca mais no lado emocional da sobrevivência do que na questão física e voltada para os recursos.

5 – 3%

Netflix

Se estamos falando de quarentena e escassez de recursos, nada mais plausível que trazer uma narrativa compatível com nossa realidade para essa seleção. Pois bem, enquanto vemos alguns famosos doando milhões para os sistemas de saúde, outros preferem cantar alguma música dos Beatles e viralizar nas redes. Esses dois tipos de posicionamento não passam despercebidos aos olhos dos internautas que não demoram a comparar o nível de comprometimento e empatia dessas pessoas. Ao mesmo tempo em que o coronavírus traz consigo um rastro de vítimas, ele revela também a grande desigualdade social existente entre nós. Sendo assim, nada melhor que adicionar 3% aqui. A série produzida pela Netflix no Brasil apresenta uma sociedade distópica marcada por uma evidente divisão de classes. Enquanto alguns vivem no conforto de recursos ilimitados, outros lutam para sobreviver.

4 – The Handmaid’s Tale

Hulu

O mais incrível em The Handmaid’s Tale é que, apesar de parecer um futuro distópico cuja realidade parece bem diferente da nossa, no decorrer dos episódios nos damos conta de que a narrativa não é tão distante assim da vida real. Assim, a série apresenta os Estados Unidos sofrerem um golpe de estado religioso e assumirem uma ditadura teocrática. Agora chamada República de Gileade, o novo regime conta com castas sociais e apresenta diversas situações de racismo, fascismo e sexismo. Sendo assim, se já é difícil viver em um regime autoritário, nessa situação, sobreviver é ainda mais difícil quando se é mulher.

3 – Under the Dome

CBS

Hoje em dia, a quarentena, pelo menos no Brasil, é algo voluntário. Então, se você preza pela saúde pública e quer fazer o máximo para reduzir a transmissão do coronavírus, certamente ficará em casa assistindo séries ou algo assim. Contudo, como será que lidaríamos com uma quarentena compulsória? Por exemplo, imagine acordar e ver que toda sua cidade está isolada em uma cúpula. Não existe a possibilidade de comunicação com o resto do mundo e nenhuma chance de sair de lá. O que você faria? Não consegue nem imaginar? Então deveria assistir Under the Dome e conferir o que poderia acontecer. Ao passo que as pessoas dentro da cúpula têm de encontrar suas maneiras de sobreviver diante da falta de recursos, vemos tensões serem criadas. Será que isso é relacionável ao que estamos vivendo atualmente?

publicidade

2 – The Rain

Netflix

The Rain é uma série original Netflix e conta a história de um vírus propagado pela chuva. Como resultado disso, toda a população da Escandinávia foi dizimada. Surpreendentemente, dois irmãos conseguiram sobreviver após passarem seis anos em um búnquer. Assim que ambos decidem se aventurar na superfície, encontram outros sobreviventes e tentam formar uma comunidade. Nesse caso a trama aborda principalmente as relações interpessoais nesse caso. Como romance e ciúmes podem interferir na sobrevivência de alguém? É sempre bom saber.

1 – The Walking Dead e Fear the Walking Dead

AMC

The Walking Dead é um fenômeno mundial que dispensa apresentações. No entanto, caso você esteja meio desinformado, informamos que a série conta a história de sobreviventes em meio à um apocalipse zumbi. Okay, mas e Fear the Walking Dead, do que se trata? Segundo Robert Kirkman, criador dos quadrinhos de TWD e produtor da série, a diferença entre ambas está na liberdade criativa proporcionada pela última. Em FTWD os roteiristas podem seguir qualquer direção, então, apesar de se passarem no mesmo mundo, as narrativas podem ser totalmente peculiares. Na última, especialmente, acompanhamos com mais detalhes as pessoas tentando sobreviver ao desconhecido. E então, se identificou com a ideia?