A animação *perfeita* para entender algo que poucos dizem sobre medos

Tem só 2 minutinhos e você vai ver medos de um jeito diferente.

publicidade

Como quase todo sentimento, o medo não é algo simples de se compreender.

Talvez seja por isso que vemos tanto conteúdo sobre o assunto, mas que geralmente direciona os pensamentos para um ponto: supere seus medos.

Há algo de errado nisso? Provavelmente não.

Porém, essa belíssima animação de apenas 2 minutos nos joga um outro ponto de vista sobre medos. E se o seu medo salvar sua vida?

publicidade

Clique no play.

Medos não são sempre ruins

awebic-medo-1

Via: upworthy.com.

publicidade

Nós enfrentamos medos o tempo todo. Medo de ser julgado, medo de altura, medo de perder o emprego, medo de espaços pequenos, medo de ser deixado e a lista não para.

Mas é bom saber: a maioria dos nossos medos são associados a experiências e sentimentos negativos

awebic-medo-2

Há quem tenha medo de ter medo. Louco, né?

O medo pode trazer péssimas consequências para nós, especialmente quando vemos o número crescente de pessoas com ansiedade.

Inclusive, quem tem ansiedade severa vive como um medo avassalador que o impede de funcionar normalmente no dia-a-dia. Não é um jeito divertido de se viver. Mesmo. Nestes casos o medo impede a vida.

publicidade

awebic-medo-3

Via: upworthy.com

E é bom lembrar o que é medo

O medo deixa nosso corpo em estado de alerta e age para nos proteger. Como vemos na animação, o medo de carros pode nos deixar mais cuidadoso quando andamos pelas ruas.

awebic-medo-4

Medo é uma emoção evolutiva que pode nos ajudar a sobreviver

Vários estudos mostram que o medo é uma parte natural da evolução humana que nos ajudou a sobreviver por séculos. Por exemplo, um estudo recente da Universidade de Columbia mostra que pessoas têm medo de aranhas há milhões de anos, e isso ajudou a nos proteger contra essas criaturas venenosas.

Outros estudos sugerem que o medo de cobras foi uma característica evolutiva também.

Não se culpe tanto por ter medo de certas coisas

awebic-medo-5

Eu arrisco dizer que melhor do que superar os próprios medos é entende-los. Por que eu tenho esse medo? Como eu posso tirar proveito disso?

Este parece ser um caminho mais seguro para o autoconhecimento, mas é sempre bom lembrar que a ajuda de um profissional capacitada é recomendado em muitos casos.

Este vídeo foi dirigido e animado por Nata Metlukh na Escola de Filmes de Vancouver. Você pode segui-la no Facebook ou visitar seu site: notofagus.com.

Qual sua experiência com medos?

Deixe seu comentário abaixo. Se quiser, compartilhe a animação com seus amigos.