As 10 atrações mais caras da Disney e quanto custaram

Dê uma olhada na nossa lista das 10 atrações turísticas mais caras da Disney e quanto elas custaram para construir.

publicidade

Dizer que a Walt Disney Company é uma das empresas mais bem-sucedidas e mais ricas do mundo é um eufemismo. Somente seus parques temáticos arrecadam centenas de bilhões de dólares todos os dias, mas é preciso muito esforço para dar vida à magia da Disney. Especialmente nos parques.


A Disney ganha bilhões de dólares regularmente, para que possam gastar bilhões para nos trazer algumas das atrações mais incríveis do mundo. Dê uma olhada na nossa lista das 10 atrações turísticas mais caras da Disney e quanto elas custaram para construir.

 

publicidade

10. CINDERELLA CASTLE (US$ 4,7 MILHÕES)


Se você já viu um filme da Disney em sua vida, já viu esse castelo icônico. Sua versão da vida real fica em Orlando, na Flórida, que faz com que nossa lista seja simplesmente mais reputada do que o custo real, mas seria uma vergonha se a deixássemos de fora. É o ícone da Disney World, afinal.

O Castelo da Cinderela custou aproximadamente US$ 4,7 milhões para construir, usando toneladas de aço, concreto e fibra de vidro para extrair a impressionante estrutura do filme e torná-la realidade. Atualmente, o castelo abriga o restaurante Cinderella’s Table, um mural em mosaico representando a história da famosa princesa e um palco para vários shows e espetáculos durante o funcionamento do parque.

 

publicidade

9. SPACE MOUNTAIN (US$ 20 MILHÕES)


Agora estamos olhando para um grande aumento de preços com a própria Space Mountain, do Tomorrowland. Este gigantesco passeio interno emocionante é definitivamente um ícone dos parques e não deve ser desperdiçado por ninguém que faça uma viagem à Disney. Mas uma viagem ao redor do sistema solar não sai barata. Naves estelares não se pagam, você sabe.

A Space Mountain original custou cerca de US$ 20 milhões para ser construída, dando uma nova vantagem de ficção científica ao Tomorrowland, que está envelhecendo rapidamente. Embora Tomorrowland tenha uma espécie de sensação retro futurista hoje em dia, a Space Mountain continua sendo atemporal. Dinheiro bem gasto, Disney.

 

8. MISSION SPACE (EST. US$ 100 MILHÕES)


Se há uma coisa que a Disney sabe fazer da forma certa é a imersão. Um dos primeiros passeios altamente imersivos da Walt Disney World foi o Mission Space, do Epcot, construído em 2003, e os Imagineers definitivamente não pouparam gastos para nos fazer sentir como astronautas reais em nossa primeira missão à Marte.

publicidade

Esse passeio incrivelmente envolvente custou à Disney cerca de US$ 100 milhões para ser construído. Por quê? Porque ele foi construído para ser como um simulador espacial inspirado nos usados na NASA, incluindo uma centrífuga, colocando pelo menos 2,5 Gs de força no corpo de um piloto. É um passeio intenso que certamente valeu um preço do tamanho da NASA.

 

7. EXPEDITION EVEREST (EST. US$ 100 MILHÕES)


Todo mundo conhece essa montanha-russa do Reino Animal principalmente por uma coisa, e não é difícil de perder. A Expedição Everest ficou famosa por seu grande, peludo e apenas ocasionalmente animado Yeti animatrônico. Você pensaria que uma das maiores animatrônicas que a Disney já criou seria muito cara. Bem, você estaria meio certo.

A expedição Everest custou cerca de US$ 100 milhões, mas nem tudo foi usado para o Yeti. A parte cara era construir uma montanha no meio da Flórida. Toneladas de concreto e aço foram usadas para criar uma das estruturas mais altas da propriedade da Disney, afinal é a Expedição EVEREST.

 

6. TOWER OF TERROR (EST. US$ 150 MILHÕES)


Você abre esta porta com uma chave da imaginação, uma dimensão do som, uma dimensão da visão, uma dimensão da mente e uma dimensão que custa US$ 150 milhões para criar. Pode ser um hotel decrépito antigo, mas ainda tem um preço de Hollywood associado a ele.

Semelhante à maneira como a Disney teve que construir uma montanha no Animal Kingdom por uma taxa alta, o Hollywood Studios teve que pagar caro por uma recreação em escala de um hotel no estilo de Hollywood para abrigar um portal na Twilight Zone. E não vamos esquecer as várias máquinas que fazem os elevadores assombrados despencarem, para um deleite dos que procuram emoção.

 

5. FINDING NEMO SUBMARINE VOYAGE (US$170 MILHÕES)


Voltando à Califórnia, vamos dar uma olhada em uma atração do Tomorrowland com o peixe-palhaço favorito de todos, Nemo. Procurando Nemo substituiu (ou repensou) a Viagem Submarina regular em 2007 para se encaixar no tema do famoso filme da Pixar. Esse preço gigantesco também pode incluir a melhoria dos submarinos da atração de 1959, mas estamos aqui para descrever e não dissecar.

O passeio leva os visitantes a um país das maravilhas subaquático de recifes de coral, peixes tropicais e rostos e barbatanas famosas de Procurando Nemo. É uma experiência aquática colorida e mágica digna da marca Disney, mas isso depende de onde você está na base de fãs das Voyages.

 

4. RADIATOR SPRINGS RACERS (US$ 200 MILHÕES)


Diga o que quiser sobre a franquia da Pixar, Carros, mas você não pode negar que ela resultou em um dos passeios mais populares e caros em qualquer um dos parques da Disney. O passeio leva os visitantes a uma corrida digna de Lightning McQueen em torno do titular Radiator Springs e é definitivamente uma das atrações mais caras em termos de construção.

O passeio pode parecer o típico passeio de corrida, mas a Disney sempre se esforça para imersão e efeitos. Os animatrônicos de nossos personagens favoritos são engenhosamente realistas e a atenção aos detalhes é impressionante. Mas dê uma olhada em nossa próxima atração que custou muito dinheiro.

 

3. TEST TRACK (US$ 30 MILHÕES – US$ 300 MILHÕES)


O preço do Test Track, de Epcot, é um assunto para debate, mas estamos falando sobre o preço do passeio que conhecemos hoje. Essencialmente uma atualização de 1999, o Test Track é definitivamente um dos passeios mais caros. Dito isto, isso provavelmente ocorre devido a outros fatores além da construção.

Para o Test Track, temos que considerar vários elementos diferentes, além do passeio. Há o design dos veículos, a atualização inspirada no Tron e a parceria com a Chevrolet a considerar, só para citar alguns. De qualquer forma, ele nos dá um dos nossos passeios favoritos em toda a Disney.

 

2. THE WORLD OF AVATAR (US$ 400-500 MILHÕES)


Nos próximos dois itens da nossa lista, incluímos terrenos como atrações individuais, simplesmente por causa de um fator decisivo que abordamos antes: a dedicação da Disney à imersão impressionante. Onde é melhor começar do que o planeta alienígena residente do Reino Animal, a casa dos Na’vi, Pandora?

Das imensas alturas das montanhas flutuantes de Hallelujah às trilhas na selva e ao rio Na’vi Boatride, a quantidade de detalhes na criação desse gigantesco complemento para o Animal Kingdom é sem dúvida de tirar o fôlego. Podemos ver por que a Disney investiu quase meio bilhão de dólares para nos levar até aqui.

 

1. STAR WARS: GALAXY’S EDGE (US$1 BILHÃO)


Se houve algum grande testemunho da dedicação da Disney à imersão, detalhes e atmosfera, é Star Wars: Galaxy’s Edge em Disney’s Hollywood Studios. Não se trata apenas de uma terra adicional ligada a um parque já bem-sucedido, mas o mais próximo possível de pisar em um planeta em uma galáxia muito, muito distante.

No momento em que ultrapassamos o limiar deste incrível pedaço do universo de Star Wars, somos arrastados pela situação da Resistência e dos rebeldes contra a Primeira Ordem, alimentada por Sith. Do topo da grande torre até as fronteiras do posto avançado, você não encontrará muitas terras mais imersivas que isso.

E se você gosta de saber sobre as coisas mais caras do mundo, veja estes 10 edifícios dos Estados Unidos que custaram uma fortuna!