in ,

A tripofobia (o medo de buracos) pode não ser uma verdadeira fobia

Não precisa conhecer a tripofobia para saber que o mundo das fobias é tão amplo quanto bizarro.

Eufobia é o medo de boas notícias. A ergofobia é medo do local de trabalho. E a fobofobia é o medo das fobias.

Algumas pessoas têm medo de ir ao dentista.

Graças à nova pesquisa da Universidade Emory, em Atlanta (EUA), os cientistas estão preparados para refutar uma suposta fobia. Ela mesma, a tripofobia.

Medo ou nojo?

o que é tripofobia

Acontece que a tripofobia — descrita como um medo de um grupo de pequenos buracos – pode não ser desencadeada pelo medo. De fato, uma nova pesquisa publicada no periódico PeerJ mostra que os tripofóbicos, na verdade, sentem nojo dos buracos, e não medo.

É uma distinção pequena que faz mais do que possivelmente refutar outra fobia.

Portanto, a descoberta dá aos cientistas uma nova perspectiva sobre a ampla questão de como os seres humanos evoluíram para escapar do perigo e se proteger.

A visão de uma cobra venenosa ou aranha muitas vezes evoca sentimentos caracterizados como medo. É a maneira do corpo de dizer a você para evitar essas criaturas por causa do risco de ser mordido.

Da mesma forma, a reação aos buracos agrupados também pode ser a maneira do corpo nos dizer para evitar algo — apenas as novas descobertas dizem que os sentimentos de nojo estão mais intimamente ligados à nossa aversão a comida podre ou pessoas que estão visivelmente doentes.

Em outras palavras, os seres humanos — particularmente os auto-proclamados tripofóbicos — podem associar buracos com a origem de doenças.

Adicionar APP Awebic

Willian Binder

Written by Willian Binder

Fundador do Awebic. Acredita numa internet mais amigável. ;-)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Crescer em uma casa cheia de livros é bom para você, confirma novo estudo

Google Tradutor agora faz câmera de celular traduzir mais 13 línguas em tempo real