Eye Tracking: aprendendo com as descobertas dessa metodologia inovadora
Eye Tracking: aprendendo com as descobertas dessa metodologia inovadora

Eye Tracking: aprendendo com as descobertas dessa metodologia inovadora

publicidade Sabia que você aprende de acordo com o movimento dos seus olhos, e que ele não é linear? Com o advento da internet, as pessoas estão cada vez mais conectadas, utilizando interfaces que contam com múltiplos estímulos – menus, botões, blogs, imagens clicáveis… Tudo isso influencia no seu aprendizado. Isso foi constatado com o […]

publicidade

Sabia que você aprende de acordo com o movimento dos seus olhos, e que ele não é linear?

Com o advento da internet, as pessoas estão cada vez mais conectadas, utilizando interfaces que contam com múltiplos estímulos – menus, botões, blogs, imagens clicáveis… Tudo isso influencia no seu aprendizado.

Isso foi constatado com o auxílio de eye tracking (rastreamento ocular), técnica na qual câmeras de precisão, conectadas a um computador, registram e medem os comportamentos dos olhos ao ler um texto.

publicidade

Essa técnica pode ser aplicada a diversos contextos: empresas pode medir como usuários reagem diante de uma publicidade, por exemplo, e desenvolver campanhas mais eficazes de acordo com a reação do público.

Segundo o Jornal da USP, o eye tracking em breve será aplicado em variados campos, como “medicina, educação, aprendizagem, psicologia, artes, negócios, mentira e verdade, evolução humana”.

A aprendizagem das crianças

Chegar ao fundo do que está causando problemas de leitura em crianças pode ser um desafio. Você pode se perguntar se suas dificuldades são causadas por dislexia, dificuldade de aprendizado ou transtorno de déficit de atenção (TDAH). O que você pode não ter considerado é que a culpa pode ser um problema de visão relacionado ao aprendizado.

publicidade

Se um aluno foi aprovado em um exame de visão normal, o professor da criança raramente suspeitará de um problema de visão para explicar suas dificuldades de leitura.

A questão é que um exame de vista típico testa apenas a visão clara à distância pelo tempo necessário para olhar um gráfico.

O processo de percepção

Mas a leitura exige uma visão próxima, focada e sustentada, movimentos oculares suaves e coordenados e o processamento eficiente de informações por meio do sistema visual.

Em um sistema visual saudável, esse processo ocorre sem interrupção. Mas uma criança com problemas de rastreamento ocular se esforça mais para controlar os movimentos oculares de maneira precisa e eficiente.

Enquanto os olhos de seus colegas se movem suavemente ao longo de uma linha de texto com pouco esforço, a disfunção oculomotora faz com que os olhos saltem pelo texto de forma irregular.

publicidade

Em suma: o aluno se cansa do esforço para ler o texto e dificilmente chega até o fim dele.

Uma solução ainda pouco pensada pelos médicos e professores

O eye tracking é usado em estudos para examinar os processos de educação e aprendizagem. Além disso, salas de aula e laboratórios estão sendo equipados com essa tecnologia para ensinar a força de trabalho do amanhã a empregar o rastreamento ocular em diferentes áreas.

Ao compreender como diferentes aspectos do processo de conhecimento moldam os resultados educacionais, os pesquisadores podem efetivamente projetar, avaliar e melhorar a educação.

Com o equipamento de rastreamento ocular, registramos os movimentos oculares dos alunos e calculamos seus índices de métrica ocular, nos quais nos concentramos para explorar sua relação com duas emoções do aluno: interesse e tédio.” (Saromporn Charoenpit e Michiko Ohkura, no artigo Exploring emotion in an e-learning system using eye tracking)

Ele ajuda você a descobrir:

  • Diferenças na coleta de informações
  • Diferenças nas habilidades de resolução de problemas
  • Diferenças nas estratégias de aprendizagem
  • Padrões de interação social entre professor e aluno
  • Padrões na interação social entre os alunos para apoiar o processo de aprendizagem
  • Como funcionam os diferentes materiais educacionais

Eye tracking e educação à distância

Hoje em dia, o amplo acesso à Internet tornou a mudança do ensino tradicional em sala de aula para o e-learning mais acessível do que nunca. A educação on-line desenvolveu toda uma indústria, tanto no setor privado quanto no público.

O e-learning é um substituto para o aprendizado tradicional, geralmente escolhido de forma independente pelos alunos, ou um complemento para ele, com as instituições adicionando materiais on-line aos currículos tradicionais.

A mudança para o aprendizado virtual traz a vantagem de ter a possibilidade de avaliar com precisão o comportamento do usuário e entender onde estão os pontos fracos no processo de e- learning. Os pesquisadores são capazes de prescrever os métodos de calibração mais eficientes para esse processo.

O que muda com o eye tracking?

Um dos métodos mais precisos para registrar o comportamento do usuário é por meio da tecnologia de rastreamento ocular.

Ela pode capturar dinamicamente o comportamento dos usuários de tal forma que determina o que eles estão fazendo, quanta atenção estão dando a cada tópico e em que ordem estão lendo o conteúdo.

Os dados coletados do dispositivo de eye tracking indicam o nível de interesse e foco da pessoa. Ao rastrear a posição do olho e medições indiretas (como o número e a duração do foco, a posição do olho e a taxa de piscadas), podem ser obtidas informações sobre a atenção do usuário, estresse, relaxamento, resolução de problemas e sucesso de aprendizagem.

Eye tracking e educação à distância

Como acontece com qualquer tecnologia, o rastreamento ocular tem seus pontos fracos. Uma limitação intrínseca é a precisão. Ainda assim, a tecnologia de rastreamento ocular pode fornecer muitos benefícios ao e-learning, como facilitar o aprendizado adaptativo e personalizado.

Ao usar o eye tracking no e-learning, o aluno presta mais atenção ao sistema de aprendizagem e também tende a ter um maior nível de motivação.

“Ao analisar os dados de movimento dos olhos dos alunos, os professores são capazes de melhorar a qualidade do ensino, melhorando a estrutura de ensino. Os alunos também podem se concentrar mais em seus próprios interesses para desenvolver um plano de aprendizagem razoável.” (Yuyang Sun, Qingzhong Li, Honggen Zhang e Jiancheng Zou, no artigo The application of eye tracking in education)

Outras aplicações

O eye tracking também tem aplicações no ambiente de trabalho, principalmente no que se refere a treinamento e segurança de funcionários. É como se fosse possível “ver” pelos olhos da outra pessoa, o que significa que há como identificar melhor onde ocorrem os erros.

Uma análise profunda da atenção do funcionário a partir do rastreamento ocular pode fornecer percepções poderosas sobre as regras, regulamentos e práticas recomendadas no local de trabalho.

Por exemplo, um fabricante de automóveis usou rastreamento ocular para identificar onde ocorreram os erros durante o processo de inspeção visual de carros recém-pintados. A empresa relatou uma redução de 50% nos erros após a implementação do rastreamento ocular.