Depois de perder a mãe no parto, oito porquinhos são amamentados por uma…

Ela os adotou como se fossem seus próprios filhotinhos. Que lição!

Depois de perder a mãe no parto, oito porquinhos são amamentados por uma...
Depois de perder a mãe no parto, oito porquinhos são amamentados por uma...

Sabe aquela história que mãe que é mãe sempre cuida? Pois é exatamente o que ocorre nessa história! Mais uma vez, o mundo animal aparece nos dando lições de encher o peito de amor!

Angelina Carvalho Barbosa Moreira, de 34 anos, que trabalha como manicure é a responsável por trazer essa situação tão acolhedora para o mundo.

Dona dos animais, a manicure chegou a contar que após o parto de oito porquinhos, a mamãe acabou não resistindo ao procedimento e acabou falecendo logo após.

Há algumas semanas antes, a cachorra da família que se chama Pantera também chegou a ter dois filhotinhos. Como se entendesse o que estava acontecendo com os porquinhos, parece que ela pensou também nos delas.

E o que ela fez? Acolheu com todas as suas forças aqueles pequenos seres que acabaram perdendo que lhe deu a vida. A manicure contou ainda: 

“Eu não imaginava que ela cuidaria deles assim. O que mais me impressiona é que, antes disso, ela era super arisca com outros animais, mas agora, ela é bem mais calminha. Tanto que ela cuida dos porquinhos como se tivessem nascido dela”.

Com uma diferença de mais ou menos 10 dias de nascimentos, Pantera entendeu que os filhotinhos da porca estava sem os cuidados que sua mãe poderia lhe oferecer.

Principalmente da alimentação! Então, agindo semelhante a uma verdadeira mãe racional, ela aceitou sem esforços substituir essa carência para cuidar deles.

Depois de perder a mãe no parto, oito porquinhos são amamentados por uma...

No primeiro momento, a cachorra até se mostrou curiosa com o que estava vendo, aqueles oito filhotes pequenos lhe chamou a atenção. Mas a reação de início acabou sendo por pura curiosidade.

A surpresa acabou acontecendo de repente

Quando menos esperava, Angelina viu uma nova relação nascer entre aquela mãe e os filhotinhos que estavam sozinhos sem sua protetora. Ela disse ainda:

“Ela realmente virou a mãe deles. Assim que eles nasceram e a porca morreu, eu os peguei e coloquei em uma caixa dentro de casa. No primeiro momento, ela deu só uma cheirada e saiu, mas, logo depois, voltou e começou a amamentá-lo.”

Ainda que não seja uma ação inédita na história e que isso seja bem comum entre animais domésticos como cães e gatos, não pense que isso se restringe aos demais.

Estudiosos explicam que o instinto materno das mamães não se resume apenas à nós mulheres e quando chega a passar pela fase de maternidade.

Isso também acontece com as mamãe no mundo animal, elas sentem o instinto materno ainda mais aguçado e se dispõe a ser mãe também para outros filhotes que precisam de cuidados ou alimento.

O que se indica de fato é apenas a verificação do leite, se de fato a mamãe – nesse caso a forte Pantera – há leite o suficiente para todos. Os animais são mesmo incríveis!

Fonte: G1