Essa dinâmica de sala de aula prova definitivamente que todos não têm as mesmas oportunidades

Professor só precisou de bolinhas de papel e cesto de lixo.

publicidade

Recentemente o Awebic levantou a discussão sobre privilégios através de uma história em quadrinhos. A publicação alcançou números interessantes em apenas 7 dias: já são mais de 459 mil compartilhamentos no Facebook.

Mas mesmo uma história em quadrinhos pode dar margem para múltiplas interpretações equivocadas sobre justiça social.

Por isso aqui vai uma dinâmica de sala de aula muito mais simples de entender.

publicidade

Via: updateordie.com

Cada aluno recebe uma folha de papel para amassar e fazer uma bolinha

awebic-dinamica-privilegio-justica-social-1

Via: buzzfeed.com

O professor coloca o cesto de lixo bem na frente da sala, embaixo do quadro

awebic-dinamica-privilegio-justica-social-2

publicidade

Via: buzzfeed.com

E diz: “O jogo é muito simples. Vocês representam a população de um país qualquer. E todo cidadão neste país tem a chance de crescer na vida e pertencer às classes mais altas…”

awebic-dinamica-privilegio-justica-social-3

Via: buzzfeed.com

“Para subir às classes mais altas, tudo o que você precisa fazer é acertar sua bolinha no cesto de lixo, sem se levantar da cadeira”

awebic-dinamica-privilegio-justica-social-4

Via: buzzfeed.com

publicidade

Imediatamente os alunos do fundo da classe devem protestar: “Isso não é justo!”. Os que estão atrás veem um monte de gente e fica fácil deduzir que esses terão muito mais facilidade em acertar suas bolinhas no lixo.

awebic-dinamica-privilegio-justica-social-5

Via: buzzfeed.com

Quando os arremessos são feitos acontece o esperado: os da frente conseguem acertar mais (mas nem todos) e os de trás acertam menos (mas alguns acertam)

awebic-dinamica-privilegio-justica-social-6

Via: buzzfeed.com

O professor conclui: “Quanto mais perto você está da lata de lixo, maiores são as suas chances de acertar. Isso é um privilégio. Vocês repararam como as reclamações vieram, todas, do fundo da classe?”

awebic-dinamica-privilegio-justica-social-7

Via: buzzfeed.com

“Isso acontece porque as pessoas que estão aqui na frente não estão enxergando a mesma coisa que as pessoas que estão no fundo”

Os da frente estão a poucos metros do cesto e não enxergam a mesma quantidade de cabeças à sua frente. E por não terem essas barreiras (ou distrações visuais), tudo o que eles enxergam é o objetivo do jogo sem se dar conta da posição privilegiada em relação aos que estão mais no fundo da sala..

awebic-dinamica-privilegio-justica-social-8

Via: buzzfeed.com

A conclusão: “O seu trabalho, como estudantes privilegiados que são – porque têm acesso à educação superior – é TER CONSCIÊNCIA sobre este privilégio. E usar esse privilégio chamado educação para alcançar grandes feitos ao mesmo tempo em que defende os direitos e as oportunidades dos que estão nas fileiras mais atrás de você.”

O que eu acho mais valioso sobre essa discussão — e que infelizmente acaba se perdendo no meio do ódio de alguns — é como os mais privilegiados podem ajudar a erguer os menos privilegiados. Como bem disse Brenner, no UoD, é sobre abrir mais espaço nas fileiras da frente e não mandar a lata de lixo para o fundo da sala.

“Poderia até parecer uma saída justa [levar o cesto para trás], mas é a pior solução para todos porque nivela pela média e não pelo topo. Os de baixo sobem menos do que poderiam. Os de cima, baixam. É a chamada mediocrização. Que resulta em mediocridade.”

Essa dinâmica certamente coloca mais combustível na discussão. Por isso pergunto…

Qual é a sua opinião sobre isso?

Deixe seu comentário abaixo, mas lembre-se de respeitar a opinião do amiguinho. Se você achou a dinâmica interessante, convido-o para compartilhar com seus amigos.