in

10 medos que dificultam o processo de delegar mais tarefas no trabalho

O computador está cheio de avisos de tarefas importantes. A agenda é um bloco de prioridades. A mesa tem planners e calendários com atividades e prazos curtos.

E a última coisa que passa pela sua mente é simplesmente delegar.

Você sempre faz muitas coisas ao mesmo tempo, acumula funções, atividades e quase nunca tem um segundo para respirar.

Parece familiar?

Até seria ótimo delegar mais, só que algumas necessidades x preocupações brigam dentro da sua cabeça:

“Seria bom se alguém pudesse fazer essa revisão” x “Mas é mais fácil u mesmo fazer.”

delegar mais no trabalho (24)

E toda e qualquer possibilidade de pedir ajuda é deixada de lado com uma justificativa para a sua preocupação.

Se você sofre dessa dificuldade, sabe que precisa tratar os medos e as preocupações para aproveitar as oportunidades decorrentes da ação de delegar mais.

Que tal começar agora?

1. O medo de perder o controle

Calma, a tarefa não ganhará sete cabeças assim que você deixar outra pessoa fazer. O controle não será perdido simplesmente por causa disso.

Escolha alguém que possa lidar com a questão.

Acompanhe, analise os resultados, dê recursos para que a tarefa seja feita corretamente.

delegar mais no trabalho (29)

Mantenha-se sempre a postos para responder perguntas e dúvidas e crie uma relação de confiança.

Você ficará por dentro do projeto, poderá corrigir algum ponto durante o caminho sem se sobrecarregar com tudo.

2. O medo de sobrecarregar outras pessoas

Você terá que delegar mais em algum momento e quanto mais demorar, mais tarefas acumuladas obterá.

Antes de chegar em um momento em que afete de forma negativa o trabalho, considere começar pelas pequenas tarefas necessárias que quando juntas formam um imenso problema.

delegar mais no trabalho (14)

Uma pessoa pode ajudar com uma e outro alguém com mais uma tarefa e então você terá conseguido coordenar os excessos.

Thank you for reading!

Taianne Rodrigues

Publicado por Taianne Rodrigues

*Anne* na maioria das redes sociais, catlover, jornalista. Escrevo por paixão e por trabalho. Ah! E nas horas vagas também! Sempre tenho algo a dizer e me chamam de miss perguntinha, nem sei porque... rs. Já falei que estou escrevendo um livro? Budista: acredito na Revolução Humana (interior) e potencial humano transformador de todos nós!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

12 coisas que estão envenenando sua alma e ofuscando sua luz

Pais, deixem seus filhos falharem (pois estarão fazendo um favor a eles)