10 histórias que você provavelmente nunca ouviu sobre Albert Einstein

Quem é que não gosta do cientista mais famoso do mundo?

publicidade

O físico e cientista alemão Albert Einstein (1879-1955) foi um gênio e também uma personalidade intrigante.

Tudo o que se refere a ele tem sido amplamente estudado.

As teorias, descobertas, vida pessoal, excentricidades, citações e sua forma de ver o mundo são assuntos para debates e também grande fonte de inspiração.

publicidade

histórias sobre Albert Einstein (3)

Há sempre algo a aprender com e sobre Einstein, o History Channel e o National Geographic são, sem dúvida, bons lugares para começar.

Acompanhe:

1. “O quebra cabeça de Einstein”

Como Einstein sempre foi admirado por sua genialidade, este jogo foi atribuído a ele e naturalmente ganhou seu nome: “O quebra cabeça de Einstein“.

publicidade

É um enigma tão difícil, que dizem que apenas 2% da população mundial é capaz de desvendar esse problema de lógica.

histórias sobre Albert Einstein (5)

Bom, se é mesmo ou não da autoria do físico, vale a pena conferir:

Quem é o dono do peixe?

Problema: em uma mesma rua, há cinco casas de diferentes cores. Em cada uma delas, vive uma pessoa de uma nacionalidade diferente.

Cada uma dessas pessoas gosta de uma bebida diferente e fuma uma marca de cigarros diferente da dos demais.

publicidade

Além disso, cada uma possui uma espécie diferente de animal de estimação.

A pergunta é: quem é o dono do peixe?

Pistas:

  1. O britânico mora na casa vermelha.
  2. O sueco possui um cão.
  3. O dinamarquês bebe chá.
  4. O norueguês mora na primeira casa.
  5. O alemão fuma Prince.
  6. A casa verde está à esquerda da branca.
  7. O proprietário da casa verde bebe café.
  8. O proprietário que fuma Pall Mall possui um pássaro.
  9. O dono da casa amarela fuma Dunhill.
  10. O homem que mora na casa do meio bebe leite.
  11. O homem que fuma Blends vive ao lado do que possui um gato.
  12. O homem que possui um cavalo vive ao lado do que fuma Dunhill.
  13. O homem que fuma Bluemaster bebe cerveja.
  14. O homem que fuma Blends vive ao lado do que bebe água.
  15. O norueguês mora ao lado da casa azul.

Solução:

1. Primeiro, determinaremos uma série de categorias, utilizando as pistas dadas.

Nacionalidades: Britânico, sueco, norueguês, alemão e dinamarquês.

Cor da casa: Vermelha, verde, amarela, branca e azul.

Animal de estimação: Cão, pássaro, gato, peixe e cavalo.

Marca de Cigarros: Pall Mall, Dunhill, Brends, Bluemasters, Prince.

Bebida: Chá, água, leite, cerveja e café.

2. Depois, temos que juntar as informações.

O britânico mora na casa vermelha.

O dinamarquês bebe chá.

O alemão fuma Prince.

O que fuma Pall Mall possui um pássaro.

O sueco possui um cão.

O que mora na casa verde bebe café.

O da casa amarela fuma Dunhill.

O que fuma Bluemasters bebe cerveja.

3. Finalmente, resta apenas preencher, logicamente, cada umas das lacunas. Para isso, precisamos cruzar os dados que já sabemos.

Qual a conclusão?

Deixe sua conclusão e linha de raciocínio nos comentário! Afinal, não queremos tirar toda a graça do desafio né?

2. O roubo do cérebro de Einstein

Em 18 de abril de 1955, faleceu o físico Albert Einstein por insuficiência cardíaca no Hospital de Princeton, em Nova Jersey, Estados Unidos.

Um homem decidido a estudar a tão admirada genialidade de Einstein, decidiu simplesmente roubar o cérebro do físico. Não se sabia ao certo qual a sua motivação, mas parecia ser curiosidade acima de tudo.

histórias sobre Albert Einstein (4)

Thomas Harvey era o patologista escalado no Hospital de Princeton quando Einstein faleceu, foi ele quem removeu e roubou o cérebro.

O corpo foi cremado sem que ninguém soubesse desse fato. Nem mesmo a família, que só descobriu a verdade no dia seguinte ao ler o jornal.

3. FBI fez um dossiê de 1427 páginas sobre Albert Einstein

O FBI começou o dossiê sobre Albert Einstein em 1932, um pouco antes de sua terceira viagem aos Estados Unidos.

Ele já era mundialmente famoso na época e o governo preocupava-se com as suas posições. Havia as suspeitas de que ele fosse comunista e extremista.

histórias sobre Albert Einstein (8)

Albert Einstein se manifestava sobre questões sociais e já havia deixado claro publicamente que era contra o racismo e o nacionalismo.

Quando ele faleceu, o arquivo somava 1.427 páginas.

4. Albert Einstein era apaixonado por música

“A música ajuda-o quando está a pensar nas suas teorias”, disse certa vez Elsa, a segunda esposa.

“Ele vai ao seu escritório, volta, toca alguns acordes no piano, anota algo, retorna ao seu escritório.”

Para Albert Einstein, a música não era apenas um hobby. Como descreveu sua esposa, ajudava-o, inclusive, a pensar.

histórias sobre Albert Einstein (1)

Era uma forte paixão em sua vida. Ele próprio já disse certa vez:

“A vida sem tocar música é inconcebível para mim”, declarou. “Eu vivo os meus devaneios na música. Eu vejo a minha vida relacionada com a música … Eu tenho mais alegria na vida por causa da música.”

5. Amor por violino e música organizada

Em continuação à história anterior, a paixão de Albert Einstein por música se consolidou com a descoberta das sonatas de violino de Mozart.

O físico tinha 13 anos na ocasião, embora tivesse começado as aulas de violino aos 6.

histórias sobre Albert Einstein (7)

Então Mozart e Bach foram os seus compositores favoritos por toda a sua vida. Biógrafos do físico explicam que isso se devia à clareza, simplicidade e perfeição que Einstein buscava nas próprias teorias.

6. Genius

Genius é a primeira série roteirizada pela National Geographic e não poderia ser sobre ninguém menos do que Albert Einstein.

Lançada em abril de 2017, a série expõe os dramas vividos por esse físico e cientista brilhante. No trailer já é identificado o direcionamento de Genius: “o homem por trás da mente”.

histórias sobre Albert Einstein (6)

“Einstein, sua vida, seu universo” do jornalista Walter Isaacson, é a fonte de inspiração dos produtores Ron Howard e Brian Glazer.

Com base em cartas, a biografia revela a vida íntima, os relacionamentos complicados e a rebeldia de Einsten.

A biografia foi lançada pela Companhia das Letras, em 2007.

Veja o trailer de Genius:

7. Mente brilhante

“Einstein disse uma vez: ‘Eu quero conhecer as ideias de Deus de forma matemática.’ Einstein queria uma equação. Talvez quisesse uma equação bem curta que encapsulasse todas as leis da física.

“Exprimir a beleza, a majestade, o poder do universo numa só equação foi o objetivo da vida dele.”

Esse é um trecho da abertura do documentário “Einstein” do History Channel e que você encontra facilmente no Youtube.

O documentário é uma abordagem da mente brilhante de Albert Einstein.

Veja o documentário abaixo:

8. Amado por não ser entendido

Uma vez Albert Einstein encontrou Charles Chaplin em Hollywood cercado de fãs pedindo autógrafo ou uma foto. E ele perguntou: “Por que isto está acontecendo?”

A resposta de Chaplin descreve muito bem como o físico e cientista sempre foi visto no imaginário das pessoas:

“As pessoas aqui me amam porque elas me entendem. Mas elas te amam porque ninguém te entende.”

Esse fato foi contado no documentário “Einstein – O Legado” do History Channel.

9. Albert Einstein se casou com a única estudante mulher em sua turma de física

A primeira esposa, Mileva Marić era a única aluna da turma de física na escola politécnica. Uma jovem apaixonada por matemática e ciência.

Mas ela desistiu de suas ambições ao se casar com Albert Einstein e ter filhos com ele.

Você pode assistir a cena do primeiro encontro do casal na série Genius (inglês) clicando aqui.

10. Digital Einstein: os documentos coletados da vida de Albert Einstein

Digital Einstein” é um projeto de acesso livre à série de documentos coletados da vida de Albert Einstein publicado pela editora Princeton University Press.

São 14 volumes que vão desde certidão de nascimento à cartas, palestras e outros papéis que contam a história do físico.

Os mais de 30 mil documentos coletados em anos de levantamento de informações trouxeram à luz fatos interessantes, como o acordo do divórcio com a primeira esposa.

Como parte da sentença de divórcio de Einstein e Mileva, ele concordou em dar para a então ex-esposa a maior parte dos recursos de um possível Prêmio Nobel.

E mesmo depois de tanto ouvir, falar, estudar e debater sobre Albert Einstein, podemos ter certeza de que mais ainda será falado no presente e no futuro sobre esse homem com tantas camadas.

Que personalidade, não? Compartilhe com os seus amigos!

Sabe mais algum fato interessante sobre o Einstein? Comente e compartilhe conosco!

Imagens: Pixabay