in ,

Os introvertidos não odeiam as pessoas, eles odeiam conversas vazias

Por um longo período de minha vida, eu vivi convencido de que não gostava das pessoas.

Como adolescente eu tinha certeza de que socializar simplesmente não era para mim e que eu teria que me acostumar com isso e aprender a viver cercado por pouquíssimas pessoas.

“Afinal, ninguém é perfeito, certo?”

Eu costumava dizer isso para mim mesmo sempre que era convidado para uma festa de aniversário ou alguma celebração da escola.

Eu tinha que ir. E não havia para onde correr.

Então o inevitável aconteceria e eu seria forçado a ter conversas fúteis com dezenas de pessoas.

Isso era horrível para mim.

Introvertidos não odeiam as pessoas, mas sim conversas vazias 2

Eu pensava que o problema estava nas outras pessoas. Eu pensava que odiava as pessoas e que deveria evitá-las

À medida que fui crescendo, eu dizia a todos que não era uma pessoa muito sociável.

Às vezes eu dizia odiar as pessoas e preferir os animais apenas para evitar ir a uma festa ou a algum encontro casual.

Logo eu descobri que eu não era o único. Li vários artigos e vi várias pessoas compartilhando memes sobre isso nas redes sociais.

Pessoas introvertidas usam isso como mecanismo de enfrentamento ou apenas como desculpa para se esconderem durante uma situação social desconfortável.

E, por que as pessoas gostem de apresentar isso como algo legal, não é.

Toda essa forma de agir é apenas uma desculpa para não ter que encarar uma conversa vazia.

Na realidade, os introvertidos fariam qualquer coisa além disso para evitá-las.

São as conversas vazias que me irritam, não as pessoas.


Recomendamos para você:

Redação

Written by Redação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Me perdoe por ter sido uma péssima amiga (devido a minha depressão)

Brasileiro cria calendário 2018 com políticos presos para nos dar esperança