Jovem que perdeu os pais para a Covid-19 cria campanha e arrecada doações para hospital público

“Ver pessoas se engajando nessas ações de âmbito social dá uma animação pra gente poder seguir em frente”

publicidade

Em 2021, Jovane Oliveira, então com 25 anos, passou por um período extremamente difícil em sua vida. O rapaz perdeu os dois pais para a Covid-19. A dor foi muito grande. No entanto, ele encontrou forças para transformar esse sentimento em uma motivação para ajudar as pessoas que estavam passando pela mesma situação. Jovane decidiu fazer uma campanha para arrecadar doações para o mesmo hospital em que seus pais ficaram internados.

Ele conseguiu arrecadar cerca de R$ 9 mil, que foram utilizados para a compra de fraldas e de tecidos para a produção de aventais de uso hospitalar. Considerando que a função do hospital é salvar vidas, podemos dizer que, ao ajudar a instituição, Jovane também estava cumprindo um papel nessa linda missão.

“Ver pessoas se engajando nessas ações de âmbito social, com certeza dá uma animação pra gente poder seguir em frente, dá um propósito pra que a gente, naquele momento, possa suportar uma dor maior, que seria o luto“, disse ao G1.

publicidade

Te interessa?

Jovane com os pais (imagem: arquivo pessoal/G1)

A campanha começou quando os pais do Jovane ainda estavam internados no Hospital Centenário, localizado em São Leopoldo, no Rio Grande do Sul. Acompanhando a luta deles pela vida, o rapaz se deu conta de que os pacientes estavam precisando de itens como roupas e fraldas.

Um ano depois de tudo isso, ele se diz agradecido pelas pessoas que foram surgindo em sua vida graças à arrecadação de doações.

“Foi muito importante para que eu pudesse passar por esse momento de forma mais leve, mais tranquila e superar tudo isso. Tenho pessoas que entraram na minha vida naquela época e estão ainda fazendo contato comigo e estão na minha vida desde então, me ajudando a passar por tudo isso. É doloroso, é muito doloroso, mas hoje a vida segue em frente com uma aceitação maior desse momento”.

publicidade

 Recomeço

Além de ajudar os pacientes do hospital – pessoas que, como os pais dele, também enfrentam a batalha contra uma doença, Jovane também teve a sua vida transformada pela campanha que criou.

Hospital São Leopoldo, onde os pais de Jovane ficaram internados e que chegou a registrar 120% de ocupação de UTI Covid-19 na pandemia (imagem: divulgação HC/Jornal do Comércio)

Hoje, o rapaz (que tinha perdido o emprego na mesma época em que os pais faleceram), tem um novo trabalho e está casado. “Quando a gente passa por esse luto, quando perdemos alguém tão próximo, parece que a gente não vai conseguir passar por isso, mas a vida é dinâmica, então não temos como parar”.

Clique aqui e aperte o botão " Seguir" para você ser o primeiro a receber as últimas informações sobre este assunto no seu celular!

publicidade

Parabéns pela sua atitude solidária, Jovane. Temos a certeza de que os seus pais estão orgulhosos vendo tudo que você está fazendo aqui na Terra. E não podemos deixar de parabenizar também a todas as pessoas que abraçaram essa causa e doaram para a campanha. Solidariedade sempre!

O que você achou? Siga @awebic no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui

Veja mais ›
Fechar