in ,

7 coisas incríveis que acontecem quando você ama a si mesma de verdade

“Quando eu me amei o suficiente, eu comecei a deixar tudo o que não era saudável. Isso signfica pessoas, trabalhos, minhas próprias crenças e hábitos — qualquer coisa que me mantivesse pequena. Meu julgamento chamava isso de desleal. Agora eu vejo como amor-próprio.” — Kim McMillen

Eu comecei a aprender sobre amor-próprio muito tempo atrás.

Na verdade, eu comecei a aprender sobre amor-próprio há tanto tempo que quando, 15 anos depois, um xamã no Peru me disse que o amor-próprio era a resposta para todas as minhas perguntas, eu realmente fiquei irritada!

Eu tive que lutar contra a depressão na adolescência.

Por dois anos, eu vivi uma vida triste. Eu nem mesmo me lembro muito para ser honesta. Eu senti a dor da existência. Eu evitava as pessoas.

Todo dia parecia como se ainda houvesse um obstáculo para superar. Eu existia mais do que vivia.

Finalmente, eu superei e descobri algumas ferramentas que eu ainda uso para me ajudar com qualquer coisa ruim que eu possa ter hoje. Uma delas foi a prática do amor-próprio.

Eu encontrei alguns livros úteis de meditação, o Método Silva, visualização e o famoso livro “Você pode curar a sua vida”, de Louise Hay.

Adicionar APP Awebic

Eu escrevia afirmações diárias. Eu continuei a fazer o meu trabalho no espelho. Eu comecei a ser mais apreciativa e gentil comigo mesma. Eu meditava regularmente e gradualmente me reconstruí.

Eu pensei que tivesse cravado o amor-próprio. Eu pensei que tivesse realmente entendido o que amor-próprio era.

Redação

Written by Redação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As 10 maiores verdades que gostaria que tivessem me contado aos 18 anos

Quer um dia mais produtivo? Observe o que você come!