in

O verdadeiro segredo por trás da boa sorte é uma mente aberta

Sorte pode parecer sinônimo de aleatoriedade. Chamar alguém de sortudo geralmente nega a relevância de seu trabalho ou talento.

Como Richard Wiseman, o Professor de Entendimento Público de Psicologia da Universidade de Hertfordshire, no Reino Unido, diz, pessoas sortudas “parecem ter uma habilidade incomum de estar no lugar certo, na hora certa e aproveitar mais do que a sua parcela de sorte”.

O que essas pessoas têm que o resto de nós não? Acontece que “capacidade” é a palavra-chave aqui.

Além do nível de privilégio ou das circunstâncias em que nasceram, as pessoas mais sortudas podem ter um conjunto específico de habilidades que coloca oportunidades em seu caminho.

De alguma forma, elas aprenderam maneiras de colocar as chances da vida a favor delas.

Desmistificar este conjunto de habilidades da sorte tem sido um projeto pessoal de Christine Carter, socióloga e pesquisadora sênior do Greater Good Science Center, na Universidade da Califórnia, em Berkeley.

Há alguns anos, ela estava montando um curso on-line para famílias sobre como criar filhos mais felizes.

Adicionar APP Awebic

Ela traduz descobertas de pesquisa sobre qualidades como gratidão, plenitude e felicidade em habilidades quantificáveis e ensináveis.

Em meio ao seu trabalho, ela se deparou com um conceito engraçado que parecia estar envolvido em todas essas coisas – sorte.

“Do lado acadêmico, sempre fui um pouco cética em relação a qualquer conceito relacionado à sorte”, diz Carter. “Porque, como socióloga, é como, ah, todas aquelas crianças em Darfur simplesmente não têm sorte? Sabemos que há outras coisas lá.”

Redação

Written by Redação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

7 maneiras infalíveis de acabar com seus maus hábitos

Sua dieta “saudável” pode estar matando seu cérebro silenciosamente