O problema do ‘só mais 5 minutinhos’ é MAIOR e mais DESTRUIDOR do que parece

Entenda como a autossabotagem pode acabar com sua vida!

O problema do 'só mais 5 minutinhos' é MAIOR e mais DESTRUIDOR do que parece

Você tem o hábito de se auto sabotar? Sabe quando você quer acordar cedo, mas sempre fica no mais 5 minutos e eu levanto? Isso e várias outras coisas podem ser autossabotagem.

Se auto sabotar é quando você de modo passivo ou ativo toma medidas para adiar de fazer alguma coisa.

Esse tipo de comportamento pode destruir vários aspectos da sua vida, seja um sonho, projeto de carreira na empresa ou relacionamentos amorosos.

Embora esse desvio de comportamento seja muito comum, a autossabotagem é um ciclo incrivelmente frustrante que reduz sua confiança, assim mantendo você estagnado na vida.

autossabotagem

O perigo do “só mais 5 minutinhos” e “mais um”

São várias as formas pelas quais você pode se auto sabotar. São pequenas coisas que você faz durante o dia que podem prejudicar você no futuro. Confira a seguir algumas delas.

1 – “Só mais um episódio”

Se você tem metas para cumprir, tem matérias da escola ou faculdade atrasadas ou precisa realizar alguma atividade de casa, você precisa fazer.

Se você separar um momento do dia para assistir um filme ou alguns episódios de uma série preferida, mas tem muitas coisas para fazer, o hábito de “só mais um episódio” pode acabar com sua produtividade.

2 – “Só mais cinco minutinhos e eu levanto”

A famosa função soneca. Essa sim é um grande inimigo das pessoas que têm compromissos a serem realizados. Ficar apertando o botão de soneca do despertador é uma forma de sabotagem.

Se você sabe que tem que levar cedo para cumprir suas obrigações, então por que adiar o inevitável?

3 – “Só mais uma blusinha”

Esse desvio de comportamento vai para as pessoas que não têm educação financeira. Se você sabe que o seu orçamento está baixo, por que então comprar mais?

Um exemplo disso é em lojas de compras, se você está para comprar a quantidade exata de itens, não pegue mais, pois você não sabe se vai ser capaz de quitar a compra.

autossabotagem

4 – “Só mais um pedaço”

E você que está de dieta e tem essa mentalidade de mais um pedaço, você não acha que isso é um tipo de sabotagem?

Se você definiu uma meta de perder peso, cuidado com essa ideia de mais um pedaço, pois isso pode prejudicar o seu rendimento e sua dieta irá ser em vão.

Como saber que estou me auto sabotando?

São com simples perguntas que você descobre se suas atitudes estão te sabotando. 

Você precisa pensar em realizar essas perguntas a si mesmo, isso quando você se sentir fraco em continuar realizando seus objetivos.

Confira a seguir algumas perguntas que você pode fazer a si mesmo que descobrir se você está se auto sabotando, são elas:

  • Eu estou priorizando minhas responsabilidades?
  • Eu estou sempre evitando fazer minhas responsabilidades?
  • Eu estou dando  importância ao autocuidado?
  • Eu estou sempre procrastinando?
  • Eu estou sempre pensando na minha autodestruição?

Viu as perguntas? Se você respondeu sim para todas ou algumas delas, cuidado! Isso é um forte sinal que você está se auto sabotando e permitindo essa prática.

Além disso, para que você consiga parar com esse tipo de mal hábito, você precisa ser sincero consigo mesmo.

É muito importante que você faça as perguntas e responda com sinceridade, só assim você terá um norte para começar seu tratamento.

autossabotagem

Depois de feita as perguntas, basta você agora superar essa autossabotagem para ter uma vida mais produtiva.

Como se livrar da autossabotagem?

Logo depois que você conseguir identificar os seus comportamentos de autossabotagem, é hora de começar a se livrar deles.

Você pode começar a tomar algumas medidas para expulsar para fora de sua vida esses sentimentos de procrastinação, preguiça e autossabotagem.

Você sabe que precisa realizar determinadas coisas durante o dia para se manter bem como pessoa, profissional e cônjuge em um relacionamento, então por que se sabota?

1 – Faça uma lista dos seus hábitos ruins

Comece fazendo uma lista de todos os comportamentos que estão fazendo com que você tenha desejos de se auto sabotar.

Reverse um tempo do dia para analisar o real motivo de você querer “relaxar” e esquecer da realidade em que vive.

2 – Defina o que prende você a não realizar nada

Comece a observar a sua realidade e veja se algo prende você a estagnação. Identifique tudo, até as pequenas coisas que podem livrar você das responsabilidades e impedindo que você cresça como pessoa.

Se você tem medo de fracassar, considere listar esse medo para que você se lembre e não caia novamente.

Você tem medo de fracassar e não conseguir o que deseja? Então use desse medo para agir e correr atrás dos seus objetivos.

autossabotagem

3 – Enxergue também suas vitórias

Observe tudo o que você já conquistou na vida, são coisas maravilhosas e que te dão orgulho. Por isso, não seja fraco agora, não deixe que a autossabotagem estrague tudo que já conquistou.

Sabemos que não é fácil acordar todos os dias, sabemos que às vezes queremos assistir mais um pouco de televisão ou querer comprar coisas sem está no orçamento do mês.

Mas você precisa ser forte em momentos pequenos do dia, pois isso faz a diferença. Por outro lado, se você está em dias com os estudos, no trabalho, em sua casa, não custa nada “mais 5 mimutinhos”, não é mesmo?

4 – Lembre-se dos fracassos para não falhar mais

Aprendemos com os erros todos os dias das nossas vidas, passivamente ou ativamente, sempre aprendemos. Por isso, é muito importante você se atentar aos erros para não cair mais na autossabotagem.

Se você percebeu que o “mais 5 minutos” de televisão te deixou atrasado, não use mais esses minutos extras.

Se você percebeu que o botão soneca te fez chegar atrasado no trabalho ou na escola, não aperte mais de botão e seja pontual nos seus compromissos.

Viu? Aprendemos também com os erros, use essas oportunidades de falhas para se auto analisar e consertar essas falhas.

autossabotagem

Você gostou de saber mais sobre como a autossabotagem ou os minutos extras em determinadas coisas podem atrapalhar nossas vidas?

Claro que não custa nada dormir mais um pouco, assistir mais um episódio de sua série favorita ou comprar mais uma calça ou sapato, mas que isso não afete a sua realidade.

publicidade