Antidepressivo natural: técnicas de respiração do yoga para acalmar a mente

Respire: acalme a mente, alivie o estresse.

Pranayama: técnicas de respiração da yoga para acalmar a mente
Pranayama: técnicas de respiração da yoga para acalmar a mente
publicidade

Temos consciência de que a respiração é autônoma.

Não precisamos pensar para respirar, a respiração faz todo o seu trabalho por conta própria. Porém, nós sabemos como ela pode oscilar de acordo com o nosso estado emocional.

E o contrário também é verdadeiro, a respiração é capaz de afetar nosso estado emocional como apontam pesquisas científicas recentes.

publicidade

Te interessa?

Há séculos, os yogues usam o controle da respiração para promover a concentração e melhorar a vitalidade através das técnicas de pranayama.

Antidepressivo natural: técnicas de respiração do yoga para acalmar a mente
Antidepressivo natural: técnicas de respiração do yoga para acalmar a mente (Imagens: Unsplash)

O que significa pranayama?

Palavra em sânscrito que significa controle e expansão (ayama) da energia vital (prana), pranayama é um dos oito pilares do yoga.

A ciência está apenas começando a fornecer provas de que os benefícios dessa prática antiga são reais.

publicidade

Esses estudos descobriram, por exemplo, que as práticas respiratórias podem ajudar a reduzir os sintomas associados à ansiedade, insônia, transtorno de estresse pós-traumático, depressão e transtorno de déficit de atenção.

“É meditação para pessoas que não podem meditar”

“A respiração é bastante prática”, diz Belisa Vranich, psicóloga e autora do livro “Respirar”. A respiração controlada ainda é alvo de estudos, ou seja, tudo que se apresenta é teoria.

Uma teoria é que alterar conscientemente a maneira como você respira parece enviar um sinal ao cérebro para ajustar o ramo parassimpático do sistema nervoso.

publicidade

 

O que pode retardar a frequência cardíaca e a digestão e promover sentimentos de calma, bem como o sistema simpático, que controla a liberação de hormônios do estresse como cortisol.

É o que explica o Dr. Richard Brown, professor clínico associado de psiquiatria na Universidade de Columbia e co-autor de “The Healing Power of the Breath”.

“Eu vi pacientes transformados pela adoção de práticas de respiração regular”, diz o Dr. Brown:

publicidade

“Quando você torna suas respirações lentas e constantes, seu cérebro recebe a mensagem de que tudo está bem e ativa a resposta parassimpática”.

“Se você respirar corretamente, sua mente vai se acalmar”, disse a Dra. Patricia Gerbarg, professora clínica assistente de psiquiatria no New York Medical College e co-autor do Dr. Brown.

A prática da yoga todos os dias

A Dra. Chris Streeter, professora associada de psiquiatria e neurologia da Universidade de Boston, concluiu em um pequeno estudo no qual mediu o efeito do yoga diário e a respiração em pessoas com diagnóstico de transtorno depressivo maior.

respiracao-yoga

Após 12 semanas de yoga diária e respiração coerente, os sintomas depressivos dos indivíduos diminuíram significativamente e seus níveis de ácido gama-aminobutírico, um produto químico cerebral com efeitos calmantes e anti-ansiedade, aumentaram.

publicidade

E garantiu, as descobertas foram emocionantes:

“Elas mostram que uma intervenção comportamental pode ter efeitos de magnitude semelhante a um antidepressivo”.

A respiração controlada afeta o sistema imunológico

Pesquisadores da Universidade Médica da Carolina do Sul dividiram um grupo de 20 adultos saudáveis ​​em dois grupos.

Um grupo foi instruído a fazer dois conjuntos de exercícios de respiração de 10 minutos, enquanto o outro grupo foi informado para ler um texto de sua escolha por 20 minutos.

publicidade
  • A saliva dos indivíduos foi testada em vários intervalos durante o exercício.
antidepressivos-naturais

 

Os pesquisadores descobriram que a saliva do grupo de exercícios de respiração apresentava níveis significativamente mais baixos de três citocinas associadas à inflamação e ao estresse.

Os resultados foram publicados na revista BMC Complementary and Alternative Medicine em agosto de 2016.

15 benefícios que a prática da Yoga traz para sua saúde

Três exercícios de respiração básicos que você praticar sozinho:

1. Respiração coerente – Adhama Pranayama

Respiração anti-depressiva (3)

Se você tiver tempo para aprender apenas uma técnica de pranayama, deve ser essa.

Em uma respiração coerente, o objetivo é respirar em um ritmo de cinco respirações por minuto, o que geralmente se traduz em inalação e exalação até a contagem de seis.

Se você nunca praticou exercícios de respiração antes, talvez você precise trabalhar com esta prática lentamente, começando pela inalação e exalação até a contagem de três e então ir progredindo até a contagem de seis.

Clique aqui e aperte o botão "Seguir" para você ser o primeiro a receber as últimas informações sobre este assunto no seu celular!

publicidade
  1. Sentado, de pé ou deitado, coloque as mãos na sua barriga, na altura do umbigo.
  2. Inspire pelas narinas lentamente, expandindo sua barriga, até a contagem de cinco.
  3. Pausa.
  4. Expire pelas narinas lentamente até a contagem de seis.
  5. Seguindo o seu ritmo tente praticar esse padrão por 10 a 20 minutos por dia.

2. Respiração anti-estresse – Kapalabhati Pranayama

Respiração anti-depressiva (2)

O que você achou? Siga @awebic no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui

Quando sua mente está correndo ou você se sente tenso, tente essa respiração, que tem o benefício adicional de fortalecer seu core.

  1. Sente-se diretamente no chão ou na borda de uma cadeira, mantenha a coluna ereta.
  2. Coloque as mãos na sua barriga.
  3. Ao inalar pelas narinas, seu abdômen deve ir se projetando a frente.
  4. Expire de uma vez só, expulsando todo o ar pelas narinas, puxando o umbigo pra dentro.
  5. Repita a inalação, seguida exalação vigorosa 20 vezes.

3. Respiração energizante HA – Pranayama

Respiração anti-depressiva (1)

  1. Fique em pé, cotovelos dobrados, palmas voltadas para cima.
  2. Ao inalar, vá com os cotovelos para trás, as palmas continuam voltadas para cima.
  3. Então a exalação acontecerá pela boca, como se você falasse um “HA” em voz alta, a exalação deve acontecer de forma rápida, enquanto exala empurre as palmas para a frente e girando-as para baixo.
  4. Repita de 10 a 15 vezes.

Atenção: converse com o seu médico antes de parar de tomar remédios antidepressivos e não pare os acompanhamentos.

***

Artigos como esses são especiais para nós. Esperamos profundamente que eles possam te ajudar da melhor forma. Essa é nossa meta!

Veja mais ›
Fechar