Cachorro rejeitado por causa de deficiência no nariz é ganha um lar

Uma história de amor e cuidado!

Cachorro rejeitado por causa de deficiência no nariz é ganha um lar
Cachorro rejeitado por causa de deficiência no nariz é ganha um lar

Clefford é um cãozinho que nasceu com fenda palatina. Uma má formação gestacional que acontece por diversos motivos que causa uma abertura anormal para dentro do nariz. Isso fazia com que ele tivesse uma aparência diferente.

Como a deficiência impedia que ele comesse normalmente ração como os outros cãezinhos, se fazendo necessário uma alimentação especial para que ele não se machucasse, a família decidiu entregá-lo em um abrigo onde ele pudesse receber cuidados especiais.

Felizmente o abrigo o recebeu e se responsabilizou por seus cuidados. Um dos voluntários que acompanhavam o animal era Will Stolnberg, que já estava na casa há cerca de um ano quando o cachorro chegou.

Te interessa?

Ele foi a pessoa que mais se dedicou ao filhote, chegando a passar horas cuidando dele. Na medida que ele acompanhava o animal, ele descobria sua personalidade extraordinária e dia a dia era levada a conclusão de que aquele era o seu pet.

Cachorro rejeitado por causa de deficiência no nariz é ganha um lar
Cachorro rejeitado por causa de deficiência no nariz é ganha um lar

Stoltenberg conta que na época que conheceu o cãozinho ele estava à procura de um animal de estimação e sempre ia a outros abrigos procurar, mas sempre voltava para brincar com Clefford, como se houvesse uma força que lhe atraia até ele.

“Ele tem um sorriso contagiante e sempre parecia feliz em me ver quando eu passava por aqui. No final, eu apenas tive que adotá-lo. Eu queria dar a ele a vida que ele merecia e meses em um canil certamente não era isso.”, lembra o rapaz.

Cachorro rejeitado por causa de deficiência no nariz é ganha um lar

Um novo lar

Então ele tomou a decisão que mudaria sua vida: adotou o cãozinho. Quando o animal chegou em sua casa, ele notou que um dos grandes desafios que ele iria enfrentar era lidar com os seus traumas. Ele simplesmente tinha medo de tudo, mas principalmente de outras pessoas.

Mas seu novo tutor foi extremamente paciente com ele, auxiliando em suas dificuldades físicas e emocionais. Em pouco tempo o doguinho mudou totalmente, se transformando num cachorro animado e tagarela que falava com todos que passavam na rua.

Em um ano o Clefford passou por quatro cirurgias para corrigir os problemas que a sua fenda palatina trazia. Após os procedimentos cirúrgicos, a fissura reduziu bastante, tornando- se menos aparente e não o incomodando mais ao comer ração. 

Cachorro rejeitado por causa de deficiência no nariz é ganha um lar

Porém alguns traços do problema continuaram. Hoje ele ainda é um cãozinho que deixa a arcada dentária inferior à amostra, o que assusta muitas pessoas.

Mas a percepção delas sobre ele muda logo quando elas percebem que ele não passa de um doguinho doce, meigo e bobo que só quer saber de brincar.

“Clefford é um cão muito brincalhão e amoroso e nada mais adora do que pegar um brinquedo e brincar com suas pessoas favoritas. Ele também vai dar uma patada em você quando estiver com sono para que você saiba que ele precisa de um cobertor para se aconchegar.” ressalta Stoltenberg. 

Embora emita ruídos estranhos e pareça ser diferente dos outros cães, Clefford é um exemplo de que você precisa olhar o que está a sua volta com os olhos corretos, os olhos do coração e ver a real essência dos que nos rodeia.

Fonte: The Dodo

O que você achou? Siga @awebic no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui

Veja mais ›
Fechar