atleta-sobe-monte-carregando-amiga-deficiente-nas-costas-so-para-realizar-seu-sonho

Deixar ou ser deixado: Isso realmente importa em um término?

Um término nunca é fácil!

publicidade

Muitos de nós já passamos por um término.

Achamos que um relacionamento duraria para sempre. Imaginamos um futuro com uma pessoa, confiamos nela, investimos nesse relacionamento e foram tempos realmente bons.

Mas, então, por algum motivo, o relacionamento não deu certo. E estamos de volta à estaca zero, solteiros, solitários e com saudade.

publicidade

Frequentemente, nos sentimos infelizes e com o coração partido depois de um rompimento, cheios de preocupação e temerosos.

Como podemos facilitar o rompimento para nós mesmos?

A razão pela qual tantos homens e mulheres têm dificuldade em superar um rompimento é devido à maneira como o vínculo é cortado.

publicidade

Quando alguém entrega a seu parceiro com um adeus abrupto, isso não permite que ele tenha um encerramento adequado ou entenda por que foi deixado de lado.

É comum que terminem relacionamentos uma mensagem de texto de uma linha!

Se você escolheu deixar alguém: seja sincero

Você nunca deve mentir para si mesmo.

Se você está tentando se convencer a permanecer no relacionamento, é importante entender exatamente o que você quer.

É difícil imaginar quebrar o coração de alguém (ou o seu próprio).

publicidade

Deixar alguém com quem você se importa tanto soa tão horrível que às vezes parece que seria mais fácil engolir e permanecer no relacionamento.

O problema é que, se você está tentando se convencer a permanecer no relacionamento, isso significa que algo precisa mudar.

Isso não significa dizer que a resposta é o rompimento.

Talvez, em vez de romper com alguém que você ama, tudo o que você precisa fazer é mudar a dinâmica do seu relacionamento.

O que está fazendo você se sentir insatisfeito?

Você sente que há esperança de mudança?

É um pensamento confuso:

se você ama seu parceiro, por que romperia com ele?

A verdade é que existem tantos motivos pelos quais um relacionamento pode não ser o certo para você, mesmo que você tenha fortes sentimentos pela pessoa com quem está…

É importante ser capaz de prestar atenção ao que você está sentindo e confiar em seu instinto, se ele estiver dizendo que você não está feliz.

A chave é descobrir se você deve ou não colocar sua energia em consertar o que precisa ser consertado, se é possível consertar, ou se você deve terminar o relacionamento.

Se você foi deixado: foco no que não deu certo

Para facilitar o desapego, comece lembrando-se das partes dolorosas do relacionamento.

O que não funcionou entre vocês?

O que foi ineficaz, emocionalmente difícil e até abusivo no relacionamento?

Ao começar a pensar sobre isso, considere escrever suas ideias.

Fazer uma lista ajudará você a trazer essas realidades para o primeiro plano de sua mente e a esclarecer seus pensamentos.

Depois de escrever sua lista, leia-a e observe como você se sente.

Provavelmente, você estará começando a sentir que não deseja mais o relacionamento.

Esse é o começo do desapego.

Se terminarem com você, faça quantas perguntas quiser.

Isso pode realmente ajudá-lo a ver se há algo em que você precisa trabalhar para o próximo relacionamento ou um sinal de alerta que você ignorou e que talvez devesse ter sido resolvido no início.

Pode ser que até vocês tenham seguido em direções diferentes e por isso não devam estar mais na vida um do outro.

A honestidade do rompimento pode ser brutal, às vezes, mas pelo menos você saberá por que o relacionamento acabou.

Isso evitará que você passe os próximos anos tentando descobrir o que aconteceu.

Sim, vai levar tempo

Lidar com as emoções que surgem após uma separação é difícil de fazer.

É um processo de reequilibrar seu coração e sua mente e leva tempo e esforço.

As decisões mais difíceis tornam-se as decisões mais fáceis se você deixar o tempo esclarecer as coisas.

Quando você está pensando em terminar com alguém que você ama, tudo o que você precisa fazer é evitar ser precipitado.

Não tenha pressa, pense bem e permita-se realmente considerar os prós e os contras.

Tanto quanto apaixonar-se tem a ver com perder a consciência das faltas de nosso amado, desapaixonar-se tem a ver exatamente com o contrário…

Esclarecer as faltas e reconhecer o quão insustentáveis ​​elas eram.

Permita que as suas fantasias se encerrem e seja honesto sobre a realidade.

Isso o levará a ser mais forte consigo mesmo em geral e, especificamente, vai prepará-lo para que seu próximo relacionamento seja melhor.

Aprenda a se comunicar com o parceiro

A boa notícia é que, se você não quer realmente terminar com seu parceiro, mas sente que precisa, trabalhar para melhorar a comunicação pode ajudar vocês dois.

Se o problema são as brigas, você não precisa necessariamente terminar o relacionamento se ambos estiverem dispostos a melhorar.

Sente-se com seu parceiro e tenha uma conversa honesta e calma sobre o que vocês dois gostariam de mudar.

Comece a prestar atenção na maneira como vocês dois falam um com o outro.

É acusatório? Suas brigas são explosivas?

Mude a sua forma de falar.

Por exemplo, em vez de dizer algo como “Você sempre tem algo melhor para fazer… Nunca passa um bom tempo comigo”, concentre-se em tirar a culpa de sua frase.

Diga algo como: “Eu realmente sinto falta de passar o tempo contigo. Vamos fazer algo divertido juntos!”.

Dedicar algum tempo para se tornar totalmente ciente do que está acontecendo entre você e seu parceiro será a chave para restabelecer um relacionamento saudável.

Isso exigirá paciência, autocontrole e motivação, mas no amor tudo é possível! Seja proativo.

Por fim: encare a solteirice

Ficar solteiro nunca é fácil, mas há muitas coisas que uma pessoa pode fazer para começar a se sentir bem novamente.

Se você decidir que precisa de algo diferente para que sua vida melhore (ou volte a ser o que era), permita que o relacionamento acabe. Ele pode ser a causa da sua frustração.

O término com alguém que não estava permitindo que você vivesse a vida ao máximo é extremamente libertador, embora à primeira vista pareça um pesadelo.

Assim que passar do estágio de luto, você ficará feliz por ter saído dessa!