in ,

Os livros que você lê definitivamente formam quem você é

As narrativas têm estado conosco desde os primórdios da civilização e, talvez, até mesmo no começo de nossa espécie.

O hemisfério esquerdo do nosso cérebro automaticamente coloca as coisas em um formato de narrativa, para que possamos entender o mundo e a nós mesmos.

No livro best-seller Sapiens: Uma breve história da humanidade, o historiador Yuval Noah Harari argumenta que o nosso desenvolvimento, desde os primórdios até as sociedades complexas, só ocorreu por causa de nossa capacidade de contar e acreditar em histórias.

As histórias compartilhadas e os valores contidos nelas nos ajudaram a nos organizar, nos inspiraram a estabelecer metas grandiosas e nos motivaram a assumir riscos, aprender com essas experiências, crescer e assim desenvolver novos métodos para interagir com o mundo.

Mas o conto não termina aí.

Os livros que você lê definitivamente formam quem você é

Hoje, particularmente na era da internet e das mídias sociais, o poder da boa narrativa pode ser ainda mais crucial do que nunca.

Ela pode ajudar as empresas a vender produtos, as organizações sem fins lucrativos a encontrar financiamento e os aficionados do YouTube a encontrar um público-alvo, até mesmo o estrelato.

Como humanos, ansiamos por histórias e nos identificamos com elas. Aqueles que gostam de ler frequentemente apontam para um certo romance ou conto que impactou sua vida.

Um estudo descobriu que a literatura pode melhorar a empatia, ajudando as pessoas a se identificarem com as emoções dos outros.

Pesquisas recentes também descobriram quais redes neurais são ativadas quando uma pessoa lê uma história.


Recomendamos para você:

Redação

Written by Redação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

A neurociência da mudança: como treinar seu cérebro para hábitos melhores

7 coisas que irão te blindar contra qualquer energia negativa