Estudante do ensino médio e empregada doméstica, Sandra se emociona ao ver uma formiga no microscópio pela primeira vez

“A ciência também é uma via de acesso à beleza do mundo”

publicidade

O conhecimento é a beleza que move o mundo. Aprender, descobrir novas possibilidades e expandir horizontes é o que faz as pessoas lutarem pelos seus sonhos e estarem em constante transformação. Quem retoma os estudos depois de anos longe dos livros sabe muito bem como é esse sentimento.

Cheia dessa sensação gostosa que é ver as coisas pela ótica do saber, a empregada doméstica e estudante do curso técnico integrado ao EJA do Instituto Federal de Goiás, em Senador Canedo, Sandra Lima do Nascimento emocionou as redes sociais ao se empolgar vendo uma formiga em um microscópio pela primeira vez, aos 48 anos.

O vídeo desse momento tão lindo foi gravado durante uma aula de biologia pela professora Rúbia Cristina Pinheiro e compartilhado na internet pelo professor Antônio Araújo, que também dá aulas na instituição – tudo com a autorização da aluna, é claro.

publicidade

Te interessa?

Na conta oficial do Twitter de Antônio, a publicação já conta com mais de 100 mil likes, 14 mil retweets e uma enxurrada de comentários que deixam o coração quentinho. “Nesse vídeo, ela (Sandra) se emociona (e nos emociona) vendo pela primeira vez uma formiga na lupa de laboratório. Pra não deixar esquecer que a ciência também é uma via de acesso à beleza do mundo”, escreveu o professor.

Aluna do curso técnico de Refrigeração e Climatização da modalidade EJA da instituição, Sandra passou 25 anos sem estudar e voltou para as salas de aula em 2019, graças ao incentivo dos filhos. Na época, ela ingressou no sexto ano do ensino fundamental e hoje cursa o 1º ano do ensino médio no IFG.

publicidade

A rotina de trabalho como empregada doméstica de manhã e estudos à noite é puxada, mas o amor pelo conhecimento é o seu principal combustível.

A EDUCAÇÃO TRANSFORMA VIDAS

Orgulhosa da aluna, Rúbia disse que nunca viu uma reação tão bonita como a de Sandra durante uma aula de biologia. “A aula de laboratório é sempre muito legal. É uma oportunidade que eles têm de descobrir um mundo novo“, explicou.

Sandra voltou a estudar em 2019 e agora está no primeiro ano do ensino médio.
Créditos: arquivo pessoal
publicidade

Com uma dedicação exemplar, a estudante pretendo terminar o ensino médio e começar uma graduação. Ela ainda não escolheu exatamente o que quer cursar, mas já analisa alguma opção na área biológica, que descobriu ser uma grande paixão, em especial depois de se maravilhar com a vida que é possível enxergar através de um microscópio.

Sou apaixonada em bichos e já estou contando as horas para ver no microscópio novamente“, afirmou.

Fascinada por tudo o que aprende nas aulas, Sandra enfatiza que tudo é uma novidade e motivo para não desistir. “Enquanto eu estiver respirando, o que eu quero é aprender“, finalizou.

A educação realmente tem o poder de transformar vidas, não é mesmo? Que todo mundo possa ter todas as oportunidades de acesso de educação, não importa a origem ou idade!

Clique aqui e aperte o botão " Seguir" para você ser o primeiro a receber as últimas informações sobre este assunto no seu celular!

publicidade

Fonte: G1

O que você achou? Siga @awebic no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui

Veja mais ›
Fechar