Estudante que morou nas ruas dos Estados Unidos com a família ganha bolsa em Universidade prestigiada

Uma história inspiradora!

publicidade

Fazer uma faculdade é o sonho de muitas pessoas. Algumas têm o caminho construído desde pequenas, em especial quando elas são de famílias com melhores condições financeiras. Porém, infelizmente, essa não é a realidade da maioria da população.

Com uma história de vida que tinha tudo para não chegar ao tão desejado curso acadêmico, o garoto americano da Filadélfia, Pensilvânia, Jeremiah Armstead, superou todas as expectativas e agora tem uma bolsa garantida em uma das universidades mais prestigiadas dos Estados Unidos.

De origem humilde, o estudante do colegial de 19 anos foi recentemente aceito na Fisk University, uma faculdade historicamente negra (HBCU) que o recrutou para jogar em seu time de basquete.

publicidade

Te interessa?

O jovem, sua mãe Mindy Brooks, o irmão e a irmã passaram os últimos três anos morando em carros, hotéis e abrigos para vítimas de violência doméstica. Ele nunca chegou a contar a ninguém na escola, preferindo esconder seus problemas de moradia e se concentrar no desenvolvimento de suas habilidades acadêmicas e de basquete.

Jeremiah vai fazer parte do time de basquete da Universidade.
Créditos: arquivo pessoal

E todo o esforço trouxe resultados! Ao ser informado pela mãe que ele havia sido aceito na Universidade, Jeremiah não conseguiu acreditar. Ao olhar para trás, ele afirma que qualquer tipo de adversidade que eu precisou passar, na maioria das vezes, o motivou e o empurrou a ir mais longe.

Ao longo todos esses anos, o estudante foi apoiado pelos familiares, treinadores e organizações sem fins lucrativos, como Sisters of Watts.

publicidade

De acordo com uma das voluntárias da Sisters of Watts, Keisha Daniels, Jeremiah sempre foi um jovem brilhante. “Ele teve muitas adversidades em sua vida e me contou como desejava ir para a HBCU. Então eu disse: ‘sabe de uma coisa? Nós vamos fazer isso acontecer‘”, afirmou.

CAMINHOS QUE SE ABRIRAM

Determinada a garantir um futuro melhor para Jeremiah, Keisha entrou em contato com a We Educate Brilliant Minds, uma organização que ajuda alunos a entrar na HBCU, que são faculdades e universidades historicamente negras de instituições de ensino superior estabelecidas nos Estados Unidos durante a segregação e que têm como objetivo servir principalmente à comunidade afro-americana.

Jeremiah espera inspirar outros estudantes a lutarem pelos seus sonhos.
Créditos: arquivo pessoal
publicidade

Ao receber o pedido de Keisha, a We Educate Brilliant Minds ficou mega interessada no perfil do estudante.

Eu fiz minha própria pesquisa sobre ele e descobri sua história e tudo o que ele passou. Especialmente sendo um atleta sem-teto, acho que me fez trabalhar ainda mais para fazê-lo passar”, disse um dos funcionários da We Educate, Stephen Bernstein.

Futuro aluno da Turma de 2026, Jeremiah espera que suas conquistas também abram portas para seus irmãos, que já estão falando de estudar na Fisk!

Jeremiah irá estudar cinesiologia e jogar no time de basquete masculino da Universidade. “Isso é tudo que eu sempre precisei na vida, foi uma chance e tanto!”, finalizou.

publicidade

E como merece! A gente te deseja toda sorte e sucesso do mundo, Jeremiah. Que você conquiste todos os seus sonhos e objetivos!

Clique aqui e aperte o botão " Seguir" para você ser o primeiro a receber as últimas informações sobre este assunto no seu celular!

Fonte: Inspiremore

O que você achou? Siga @awebic no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui

Veja mais ›
Fechar