Garotinha que improvisou lugar para ensinar crianças sem aulas, ganhará uma escola de verdade!

Uma dose imensurável de esperança vindo de uma criança!

Garotinha que improvisou lugar para ensinar crianças sem aulas, ganhará uma escola de verdade!
Garotinha que improvisou lugar para ensinar crianças sem aulas, ganhará uma escola de verdade!
publicidade

Uma garota chegou a se tornar bastante conhecida nas redes sociais, depois que resolveu ajudar crianças de sua comunidade que não tinham condições de estudar com as aulas remotas.

Érika, da cidade de Coelho Neto (MA), chegou a improvisar uma sala de aula para ela mesma oferecer suporte a criançada do bairro. Em um barraco feito de taipa, com apenas 12 anos, essa garota sabia bem como é importante manter-se nos estudos.

Em um trabalho conjunto com a sua mãe e irmã, recolheu alguns itens para a sua escolinha. Foram livros usados, lápis, móveis, tudo recolhido do lixão e cedido por algumas das pessoas de sua comunidade.

publicidade

Te interessa?

Em um cartaz rosa escrito à mão, Érika escreveu o nome do loca: “Escolinha da Esperança”. Teria nome mais perfeito do que esse para o novo local? E disse mais:

“Pensei em criar a escolinha porque vi que muitas crianças estavam sem ter aulas, vi que meus colegas estavam tristes (…) eu pedi livros para a tia Ivonete, para a tia Galega, para a Cristiane Bacelar e a gente foi montando a escolinha aos poucos”.

A coisa toda foi tão comovente e ao mesmo tempo tão inspiradora, que o que não faltou foram pessoas dispostas a querer ajudar e avançar com esse projeto feito por Érika.

As ajudas começaram a aparecer!

Uma das pessoas que chegaram a ajudar a garotinha foi a jornalista Neyara Pinheiro, que criou um vídeo para que o máximo de pessoas pudessem conhecer a “Escolinha da Esperança”.

publicidade

Comovidos com tanta dedicação, alguns internautas se moveram e criaram uma vaquinha online para ajudar a menina a seguir com o seu grande sonho.

Em pouco tempo, sua história chegou a se espalhar e o que não faltou foram internautas para alimentar a vaquinha destinada às 23 crianças que chegaram a fazer parte da escolinha da garota.

Com isso, a Érika e sua família que tiravam o seu sustento de um lixão que fica na região agora pode ter um caminho melhor para continuar com essa caminhada!

publicidade

E o melhor ainda estava por vir!

E não parou, não! O secretário de Estado da Educação, Felipe Camarão, que decidiu implementar uma escola de verdade para que nenhuma criança ficasse desamparada.

Além disso, Felipe também estará trabalhando com o lançamento de um projeto para disponibilizar uma creche, o Creche Minha Casa e procurará também fazer a retomada das obras do Instituto Estadual de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão (IEMA) de Coelho Neto.

A prefeitura chegou a derrubar a casinha da Escola da Esperança e vem construindo uma casa de alvenaria para abrigar a família da Érika e outra onde a garota estava dando suas aulas.

Tudo isso para que as crianças de adolescentes da região consigam ser amparadas com uma educação que de fato merecem. E a verdade é que, tudo isso vem acontecendo graças a dedicação da própria garota.

publicidade

Que inspiração de menina!

Clique aqui e aperte o botão " Seguir" para você ser o primeiro a receber as últimas informações sobre este assunto no seu celular!

Fonte: Só Notícia Boa, Brasil de Fato

O que você achou? Siga @awebic no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui

Veja mais ›
Fechar