Garoto que era mantido preso em barril recebe alta de hospital e é acolhido por PMs

A Polícia Militar de Campinas se dispôs então a receber doações para o garoto!

Polícia Militar de Campinas
Polícia Militar de Campinas

No final do mês de janeiro, uma notícia que chegou a percorrer o Brasil deixou o país inteiros chocados e tristes acerca dos maus tratos que uma criança de apenas 11 vivia.

Depois de suspeitarem que a família da criança estavam lhe tratando de forma inadequada, alguns vizinhos chegaram a chamar a polícia para averiguar a situação.

Quando então chegaram na residência, tiveram a triste surpresa de que a situação era mais grave do que poderiam imaginar e que o garoto estava passando por diversos abusos físicos.

De acordo com a polícia que chegou a fazer o seu resgate, questionaram o garotinho acerca de quanto tempo ele estava sendo mantido dentro de um barril com correntes nos pés e mãos.

O resgate foi feito em Jardim Itatiaia, em Campinas. Preso em pé há pelo menos um mês, ele foi levado ao médico sobre custódia e cuidados após denúncia feita a Polícia Militar.

Ele foi levado para o Hospital Ouro Verde para que pudesse receber todo cuidado e tratamento possível. O garotinho estava há dias sem comer e mal bebia água.

Reagindo bem, o tratamento a base de soro começou a se sair bem e a alimentação começou a ser incluída aos pouquinhos e com muito cuidado.

Para a nossa alegria, mesmo sabendo que as coisas estão difíceis para ele, a melhora está acontecendo assim, aos pouquinhos, devagar e com avanços para sair desse quadro de desnutrição.

Ainda na última quarta-feira, ele chegou a ser transferido para o Hospital Mário Gatti, que passaria a receber mais cuidados e seria mais apropriado para as medicações seguintes.

Policiais passaram a se reunir e conseguir doações para o garoto

Essa notícia é uma daquelas que nos deixa de coração partido por ser tão inaceitável. Com o pai, a namorada e a filha da namorada sendo presos, o Conselho Tutelar lhe enviou para um abrigo.

E de acordo com o TJ (Tribunal de Justiça) de Campinas, estão analisando todo o caso do garoto, para que possam lhe conseguir um local seguro para a criança, tudo em sigilo.

Durante o resgate, os PMs que viram a situação daquele garoto ficaram super emocionados. E como não ficar, não é mesmo? 

Para lhe prestar ajuda, a Polícia Militar de Campinas passou então a receber doações que possam atender as suas necessidades nesse momento atual.

Encontrado sem roupas e agora em uma etapa muito delicada para uma criança, a delegacia se posicionou para abraçá-lo em uma ajuda a mais.

Fonte: Leia Notícias

publicidade