Gatinho que estava há 5 anos desaparecido é encontrado em lugar inusitado: plataforma de petróleo

Dexter reencontrou o seu verdadeiro tutor

Quem tem gato sabe como esses animais são rápidos, ágeis e, a qualquer momento, podem escapar de vista. Muitas vezes, são encontrados em cima do telhado, na casa de outras pessoas, nos lugares mais inusitados. Mas o que surpreendeu mesmo foi onde esse gato chamado Dexter acabou indo parar: em uma plataforma de petróleo. Isso mesmo!

Foram cinco anos desaparecido, uma verdadeira odisseia, Nesse tempo, ele estava em uma prisão de segurança máxima na Escócia. Lá, se tornou um frequentador assíduo e ganhou o apelido de Joe Caolho (devido ao fato de só ter um olho), sendo conhecido por todos os guardas, segundo o site Good News Network.

Dexter, o gato que ficou 5 anos desaparecido (imagem: Scottish SPCA)

Eis que, um dia, sua aventura ganha um novo capítulo. Dexter (ou Joe Caolho, como você preferir chamar) foi parar em um côntainer no porto da cidade e depois em uma plataforma de petróleo.

Te interessa?

A sua sorte é que novamente foi muito bem acolhido e logo caiu nas graças dos trabalhadores do local, mostrando que simpatia é o que ele tem de sobra. De acordo com o site The National, ele foi muito “mimado” por lá.

Mas, sabendo que o lugar do gato não era ali, uma pessoa não identificada ligou para o serviço de proteção aos animais, que foi até o local resgatar Dexter.

“Fomos alertados sobre a ocorrência de um gato sendo encontrado em um contêiner marítimo. Não temos ideia de como o gato foi parar lá, mas fomos ao heliporto para buscá-lo”, disse Aimee Findlay, oficial de resgate de animais, em comunicado.

O microchip fez toda a diferença na localização do tutor verdadeiro do gato (imagem: Vet Quality)

Importância do microchip

Como tinha microchip, a equipe escaneou o gato e descobriu seu verdadeiro tutor, que havia se separado dele há cinco anos.

“Estamos muito felizes por ele ter sido bem cuidado pelo tempo que estava desaparecido, mas estamos ainda mais felizes por poder reuni-lo com seu tutor, graças ao microchip estar atualizado”, disse Findlay.

Uma história incrível em que a alegria do reencontro foi possível. É muito bom saber que o Dexter conseguiu passar todo esse tempo a salvo, recebendo carinho e apoio humano por onde passou.

Essa notícia nos lembra uma outra que contamos há pouco tempo no Awebic. Por coincidência, o tempo de desaparecimento foi o mesmo: a cadela Azurra ficou desaparecida por 5 anos. Ao reencontrar sua tutora, estava grávida e deu à luz a um filhotinho. Surpresa mais que especial!

Como a buldogue tinha um microchip de identificação, foi possível localizar a sua tutora Jen e fazer o tão esperado reencontro – mais uma vez, a gente vê a importância de ter o seu pet identificado com um chip. É ele que vai permitir que o tutor seja localizado mesmo que esteja longe.

Fonte: Good News Network 

O que você achou? Siga @awebic no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui

Veja mais ›
Fechar