INSPIRAÇÃO: Casal enfrenta câncer juntos e decide pensar no próximo

Ter fé e esperança é algo que não pode nos faltar!

INSPIRAÇÃO: Casal enfrenta câncer juntos e decide pensar no próximo
INSPIRAÇÃO: Casal enfrenta câncer juntos e decide pensar no próximo

Como encontrar força para lutar com a descoberta de um câncer? A atitude que esse casal tomou quando receberam as mais notícias é uma verdadeira inspiração para todos nós, independente do momento.

Um dos maiores medos que a Cláudia Melo, de 47 anos, sempre teve, era ir ao hospital. E isso era algo desde a sua infância.

Na mesma semana em que seu marido, o Emerson, descobriu que estava com câncer, a gerente de contas acabou tendo a mesma notícia. Ou seja, o casal praticamente descobriu juntos, que ambos estavam com câncer.

Sabemos que isso não é nada fácil para ninguém, e para Cláudia, esse diagnóstico acabou e deixando completamente sem chão. Mas ainda assim, sabia que era preciso ter forças e a esperança de que tudo iria ficar bem.

Quando reparou algo diferente em seus seios, decidiu que precisava fazer alguns exames. E ao receber o resultado de uma biópsia, acabou tendo a notícia que nem uma mulher gostaria de receber.

Em meio a tratamentos e sessões de quimioterapia, Cláudia acabou perdendo os cabelos. Mas ainda assim, não deixava de pensar no lado positivo. Dizia ainda:

“O câncer de mama é perfeitamente curável, desde que esteja no estágio inicial, de até um centímetro. Quando vi o tamanho do meu, pensei que ia morrer mesmo”.

O que lhe incomodava mesmo, era um medo constante de que não poderia participar dos momentos mais importantes nos seus filhos, de que tudo aconteceria e ela não estaria ali.

Ao reconhecer que tua família simplesmente incrível, decidiu que teria que encontrar coragem para enfrentar tudo isso ao lado do seu marido e toda sua família.

A grande força é a união!

Nos últimos meses do ano passado, Emerson já chegou a finalizar o seu tratamento, enquanto Cláudia dava continuidade ao dela. E uma das coisas que mais a comoveu, foi a postura do marido:

“Focou tanto em querer cuidar de mim e da casa, que se esqueceu da doença. A postura dele era um exemplo. Se ele estava passando pelo mesmo que eu e conseguiu enfrentar de cabeça erguida, eu tentava ser igual.”

Passando por 33 sessões de radioterapia, Cláudia agora está em um tratamento mais leve, em uma quimioterapia menos agressiva e sem efeitos colaterais, realizadas em um intervalo de 21 dias.

Mas o que não falta para ela, é a vontade de inspirar todas as mulheres a buscarem cuidados. O seu grande desejo é fazer com que cada uma delas tomem os cuidados necessários, e o quanto antes.

Com uma exposição que visa conscientizar ao máximo de pessoas sobre como é importante buscar a prevenção do câncer de mama, Cláudia foi convidada a expor suas esculturas que representam mulheres nesta luta. E disse mais:

“Quero passar informação de qualidade para mulheres que enfrentam o mesmo problema, porque a gente é muito leigo. Eu quero dar palestras e ir em escolas. A pandemia restringe isso, mas tenho este desejo e quero conversar com outras mulheres.”

Ter esperança e coragem é uma coisa que nunca é demais. Dessa vez, fomos lembrados de uma forma muito singela por Emerson e Cláudio, que hoje se tornam inspiração para nós.

Fonte: G1

publicidade