Michael Jordan faz doação milionária para incentivar jornalismo esportivo

Empoderando o próximo!

Michael Jordan faz doação milionária para incentivar jornalismo esportivo
Michael Jordan faz doação milionária para incentivar jornalismo esportivo
publicidade

Inspirado no cineasta Spike Lee, o jogador de basquete multicampeão Michael Jordan fez uma doação cujo valor gira em torno de cinco milhões de reais para a universidade americana Morehouse College, em Atlanta. 

O objetivo central do jogador foi injetar dinheiro na instituição a fim de incentivar os seus programas de educação jornalística esportiva para estudantes através de bolsas de estudos.

A ideia é que o dinheiro também seja destinado para a aquisição de recursos tecnológicos que colaborem na formação desses profissionais.

Morehouse é grata a Michael Jordan e à Jordan Brand por um investimento na educação de homens talentosos de cor que garantirão que haja equidade, equilíbrio e verdade na maneira como as histórias de esportes são enquadradas e na maneira como a experiência negra é contextualizada na história americana”, disse Monique Dozier, vice-presidente de avanço institucional da Morehouse, via comunicado.

publicidade

Te interessa?

O jogador vem tomando uma série de ações para fortalecer a cultura afro-americana nos Estados Unidos e dar oportunidades de ascensão aos seus descendentes.

Recentemente fez a doação para um museu de História e Cultura afro-americana do Smithsonian Institution, numa clara demonstração de preocupação com a manutenção da tradição africana e seus desdobramentos no território americano.

A educação é crucial para entender a experiência negra hoje. Queremos ajudar as pessoas a compreender a verdade do nosso passado e ajudar a contar as histórias que moldaram o nosso futuro.”, disse a lenda do basquete através de uma nota.

Hoje com 58 anos, Michael Jordan é uma lenda viva do esporte mundial e considerado por muitos o maior jogador de basquete de todos os tempos. Oriundo do Brooklyn, Nova York, o jogador fez história pelo Chicago Bulls e pela seleção americana, conquistando dois ouros olímpicos. 

publicidade

Hoje o ex-atleta é empresário e é dono do Charlotte Hornets, time da Carolina do Norte que detém uma grande tradição dentro da NBA, principal liga de basquete do país.

Imagem: Divulgação/ NBA

Empoderando o próximo

Inspirado e junto com outras personalidades afro-americanas, ele tem tomado ações no fortalecimento da cultura afro e seus descendentes dentro dos Estados Unidos. O investimento em Morehouse foi mais uma de suas ações.

O agora empresário acredita que dessa forma poderá incentivar e patrocinar indiretamente negros que irão assumir posição de destaque no futuro e assim garantir uma igualdade cultural dentro do cenário americano.

publicidade

Spike Lee, um cineasta americano de ascendência africana, foi o primeiro a doar para a instituição, exemplo seguido por Jordan. Ele foi aluno da Morehouse e se formou em 1979. 

Ele crer que ações como essa tomadas pelo jogador de basquete fortalecem e garantem “um rico legado de contadores de história que serão apoiados por esses programas”, por isso contribui e faz de tudo para inspirar outras personalidades a fazerem o mesmo.

A desigualdade racial é um problema que persegue o estado americano desde de sua fundação. Ações como a dessa dupla visam amenizar essa desigualdade. 

Clique aqui e aperte o botão "Seguir" para você ser o primeiro a receber as últimas informações sobre este assunto no seu celular!

É impressionante ver que, mesmo o esporte sendo o maior agente de ascensão social do negro, estes estão ausentes nas cadeiras de jornalistas e formadores de opiniões esportivas.

O que você achou? Siga @awebic no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui

publicidade
Veja mais ›
Fechar