Pai deixa carta comovente antes de morrer de Covid-19

Jamais será esquecido.

Pai deixa carta comovente antes de morrer de Covid-19
Pai deixa carta comovente antes de morrer de Covid-19

Tivemos perdas inestimáveis por causa desse vírus que nos fez entrar em quarentena durante mais de um ano. E infelizmente, a Covid-19 ainda vem tentando desabar nossas amadas famílias.

Raphael Melo Voltan, de 31 anos, estava em uma luta ferrenha contra um câncer linfoma não-Hodgkin que havia sido diagnosticado ainda no ano passado.

Foi no mesmo momento em que ele e sua namorada, a Estela Mastellari, de 35 anos, estavam comemorando a gravidez do pequeno Rhavi, a quem pode dar muito amor antes de partir.

Te interessa?

Ainda no mês de junho desse ano, Raphael havia feito uma campanha para conseguir comprar um medicamento (que não havia mais no SUS), pois o câncer já havia se espalhado por seu pulmão, pâncreas e rins.

Durante esse período, ele recebeu todo o apoio que podia de toda a sua família, amigos e claro, sua amada namorada que lhe presentou com um filho, que teve a oportunidade de comemorar até o seu primeiro ano.

Pai deixa carta comovente antes de morrer de Covid-19
Pai deixa carta comovente antes de morrer de Covid-19

Infelizmente, o Raphael precisou ser socorrido quando começou a apresentar alguns sintomas da Covid após o Dia dos Pais. Estava com febre, falta de ar e não poderia ser intubado, como detalhou Estela:

“Ele não podia ser intubado, com os tumores no peito não seria possível. Ele ficou no isolamento e, infelizmente, a Covid só adiantou as coisas. O pulmão já estava bem debilitado. Ele queria muito viver. É uma dor tremenda”.

Antes de partir, o Raphael chegou a deixar uma pequena carta para a sua família, que mesmo não sendo capaz de reparar a dor de todos, conseguiu trazer uma dose de conforto para eles.

A carta que deixou

Enquanto estava em casa cuidado do seu filho pequeno, Estela deixou que a mãe do Raphael, a Dilma, ficasse sob os possíveis cuidados com ele, já que por causa da doença, ele precisava ficar isolado.

Pai deixa carta comovente antes de morrer de Covid-19

No bilhete, ele escreveu o seguinte: “Amo vocês. Lutei até onde pude. Cuide do Rhavi, eu amo muito ele, todos vocês, fiquem com Deus”.

Ainda em meio as lutas contra o câncer e depois contra a Covid, Estela reforçou que jamais esquecerá a pessoa incrível que ele era e emocionou ao lembrar:

“Ele fazia tudo pelo Rhavi, o amava muito. Era uma pessoa alegre, engraçada. Podia estar fraco, mas fazia questão de estar junto. Amava os amigos e a família. Ele foi muito grato pelo o que fizeram para ele. Graças às pessoas que ajudaram, ele pôde fazer o tratamento. Os pais dele, Dilma e Rubens, sempre estiveram com ele. Ele lutou muito por nós.”

Fonte: G1

Veja mais ›
Fechar