Qual tipo de álcool funciona contra o coronavírus? Saiba o que é mito e o qual funciona de verdade!

Qual tipo de álcool funciona contra o coronavírus? Saiba o que é mito e o qual funciona de verdade!

Saiba qual o melhor tipo de álcool para se proteger e evitar o contágio do COVID-19!

publicidade

A melhor maneira de combater o contágio do novo coronavírus é lavar bem as mãos com água e sabão. Porém, o uso do álcool para se proteger é muito comum, afinal, as pessoas sabem como usar o produto para evitar ser contaminado com o vírus.

O álcool em si tem uma ação antimicrobiana, pois sua composição pode matar as bactérias e vírus presentes nas superfícies de tudo que tocamos, mas a substância pura não é comercializado.

O que podemos comprar no comércio é apenas misturas de álcool, água e outras substâncias, e podemos observar nas suas embalagens a porcentagem de álcool de cada produto. 

publicidade

O que é e como é feito o álcool em gel?

O álcool em gel é uma substância usada para higienização das mãos, feita especialmente para matar germes que possam ficar armazenadas em nossas mãos e em tudo que tocamos.

Além de eliminar também, bactérias, parasitas fungos e até vírus, como a da COVID-19. 

álcool-em-gel

Esse tipo é fabricado com uma porcentagem de 70% de álcool etílico, água e emulsificantes para ficar com a mesma consistência do gel que conhecemos. 

publicidade

Já outras fabricantes, costumam adicionar extratos hidratantes como aloe vera, pois essa mistura costuma deixar a pele mais ressecada que o normal.

Qual a importância do álcool em gel no combate ao COVID-19? 

Em relação ao combate ao novo coronavírus, a utilização do produto em gel é recomendada pela Organização Mundial da Saúde (OMS). 

Deixando claro que não é recomendado a produção de álcool em gel, pois a concentração de substâncias pode não ser a necessária para que haja uma higienização com eficácia.

Quando usar o álcool em gel?

Você pode utilizar o produto para higienizar as mãos sempre que não puder lavar as mãos. 

  • Ao sair de um banco;
  • Ao entrar e sair de um supermercado;
  • Antes de depois de comer, se precisar comer na rua;
  • Desinfetar superfícies como mesa, cadeiras de restaurantes;
  • Limpar botões de elevador, mouses e teclados;
  • Higienizar maçanetas de portas, carrinha de compras.

álcool-em-gel

publicidade

Não há problemas a higienização com álcool em gel por crianças, porém, é sempre bom ter um adulto por perto para evitar o uso incorreto ou até mesmo o desperdício. 

Para higienizar as superfícies, basta aplicar uma dose em um pano ou papel, assim espalhando por toda a parte. Depois que terminar de limpar a superfície, deixe secar naturalmente para obter um efeito desejado. 

Qual tipo de álcool deve ser usado, em gel ou líquido?

O álcool em gel é mais adequado para aplicação sobre o corpo do ser humano, pois apresenta uma textura mais agradável, pois a aceitação pelas pessoas que usam é maior.

Já o líquido, acaba escorrendo com mais facilidade, assim induzindo menor efeito antimicrobiano no processo de higienização. 

Porém, o líquido é recomendado pelos farmacêuticos para limpeza de superfícies onde exista muito contato e circulação de seres humano, já que são mais baratos que o em gel. 

Onde pode ser comprado álcool em gel?

Para garantir que você compre um produto de qualidade e que não seja falsificado, é recomendado que busque sempre nas melhores lugares, como:

  • Farmácias e laboratórios de manipulação;
  • Lojas de produtos de beleza;
  • Supermercados e atacados;
  • Lojas online.

álcool-em-gel

Quais os riscos para quem usa álcool em gel caseiro?

Desde que começou a quarentena aqui no Brasil devido o novo coronavírus que tem circulado pela internet algumas receitas caseiras para preparar o próprio álcool em gel.

Podemos atribuir o sucesso dessas receitas ao simples fato de que, por alguns dias, era difícil de encontrar esses produtos nos comércios e até mesmo na internet.

Por isso, com muita gente tentando se proteger do novo coronavírus, a população sem ter onde comprar, começaram fabricar seu próprio produto e até mesmo comercializar a “mistura”.

Por que o álcool em gel caseiro faz mal?

A primeira coisa que devemos levar em conta é o controle de qualidade, pois é impossível mensurar a porcentagem de álcool encontrada nessas receitas de internet.

Entre várias receitas encontradas na internet, uma delas utiliza duas medidas de álcool etílico 91% para uma medida de gel de aloe vera. 

Com essa receita é possível chegar a uma solução com 60% de etanol. Essa porcentagem é bem no limite mínimo recomendado pela OMS e 10% abaixo do recomendado pela Anvisa. 

álcool-em-gel

 A fabricação caseira com dosagens erradas podem comprometer toda a substância, podendo assim ser um propagador do COVID-19 ao invés de ser um método de preveni-lo. 

Outro risco está ligado aos ingredientes utilizados na fabricação, pois algumas pessoas podem desenvolver hipersensibilidade ou até mesmo alergias causadas desses produtos caseiros.

Como higienizar as mãos com álcool em gel?

  • Remova anéis e pulseiras;
  • Aplique na palma da mão;
  • Friccione as palmas das mãos entre si;
  • Friccione a palma da mão direita contra o dorso da mão esquerda;
  • Entrelace os dedos durante o processo;
  • Friccione o polegar direito, com o auxílio;
  • Friccione os punhos com movimentos circulares;
  • Friccione até secar;
  • Não utilizar papel toalha.

Pronto, se você não conseguir encontrar álcool em gel para higienizar as mãos, o mais recomendado é que você utilize água e sabão para lavar as mãos. 

COMENTÁRIOS | Deixe sua opinião!

comments