12 coisas para você relembrar quando se sentir perdido como pessoa

Estamos falando de se sentir melhor consigo mesmo!

12 coisas (incríveis) para você relembrar quando se sentir perdido como pessoa

Quando você se sentir perdido, com vontade de desistir, “jogar a toalha” e fugir, não se desespere: você não está sozinho!  Cada um de nós já teve momentos em que se viu sem rumo.

Às vezes, a vida é implacável, com uma tensão se acumulando sobre a outra. Você mal tem tempo para se recuperar de um golpe antes que o próximo venha.

Você continua tentando, mas cada dia é mais difícil. O céu esta escuro. Sua força se foi. O que fazer nesse momento?

Uma coisa é certa: mesmo nos extremos de dor e sofrimento, o corpo se esforça para continuar. Você precisa se concentrar na sobrevivência.

Em vez de ser consumido por pensamentos e sentimentos, faça algo prático para ajudar a si mesmo.

Para ter em mente quando tudo o mais falhar

1. Todo mundo está lutando também.

Pode parecer que é fácil para algumas pessoas. Mas todos estão sofrendo. Os ricos e os pobres, famosos e anônimos, os poderosos e os fracos.

Quando você vê pessoas sorrindo, comemorando, aparentemente sem nenhuma preocupação, você está vendo um instante isolado de suas vidas. Você não está vendo a luta deles.  Os desafios deles são tão dolorosos para eles quanto os seus são para você.

2. Você é mais forte do que pensa.

Pense em tudo que você passou. E aqui está você, lendo este post, em busca de esperança e força. Sua vontade de buscar informações úteis é, por si só, muito promissora.

Você pode estar passando por um verdadeiro inferno. No entanto, aqui está você, buscando, aprendendo e continuando. Isso demonstra a força que existe dentro de você.

3. Alguém no planeta, neste exato momento, está sofrendo mais.

Existem aqueles que estão em pior situação que a sua.  Crianças estão sendo torturadas. Inocentes estão sendo vendidos como escravos, traficados entre as nações por grupos terroristas. Sociopatas estão lucrando tratando funcionários como meros produtos.

Se você está sentado em um lugar fisicamente seguro, lendo este artigo na tela de um computador ou celular, você é uma das pessoas mais sortudas do mundo.

4. Você não é o que as pessoas pensam de você.

Quando você nasceu, você era uma lousa biológica em branco, esperando para aprender o que você era. Outros estavam lá para te ensinar.  Se o que você aprendeu foi doloroso, então, claro, você sofre.

A boa notícia é que você não é o que pensam de você, a menos que você se permita ser. Rejeite essa programação. Você recebeu mensagens negativas de pessoas que viviam no “piloto automático”.

5. É tudo autossabotagem.

Você pode sentir como se todos os seus esforços na vida tivessem sido em vão. Se você amplificar seus fracassos e se lembrar deles continuamente, com certeza se sentirá sem esperança.

A autossabotagem vem de mensagens às quais você se apegou há muito tempo, antes de saber o que estava fazendo. Você não é o problema. A autossabotagem é o problema. Pare de estar psicologicamente apegado a mensagens negativas e busque uma nova forma de ser.

6. Tenha orgulho das suas vitórias.

Lembre-se de outras ocasiões em que você superou as dificuldades e continuou em frente. Mesmo que você não se sinta forte hoje, não significa que você não o seja. Você talvez só esteja cansado.

Dê alguns passos, por mais difíceis e pequenos que sejam, para que você possa seguir em frente e evoluir.

7. Tenha um pouco de fé.

Seja fé no universo ou em si mesmo. Às vezes, você precisa se machucar para crescer ou perder para ganhar. Às vezes, a lição de que você mais precisa só pode ser aprendida com um pouco de dor.

Manter a fé é incrivelmente difícil, especialmente se nos sentimos desapontados conosco, mas nosso espírito humano pode suportar coisas inimagináveis.

8. Arrisque-se.

“Mar calmo nunca fez bom marinheiro”, diz o ditado. Viver não é seguro. Cada segundo esconde perigos e oportunidades.

A vida não é ficar parado e chafurdar em dúvidas. Trata-se de se conectar com sua alma, respeitar sua integridade e dizer a si mesmo que você é capaz.

9. Tome decisões firmes.

Você deve tomar a decisão firme de que seguirá em frente.

Levante-se e diga: “Não me importa o quão difícil isso seja. Não me importa o quão desapontado estou. Não vou deixar isso tirar o melhor de mim. Estou seguindo minha vida”.

10. Foque somente o que você pode controlar.

Quando você para de se preocupar com o que não pode controlar, tem tempo para mudar as coisas que pode controlar.

Não importa o que esteja acontecendo, você pode lutar e ter bons resultados. Seus pensamentos é que tornam a situação extremamente complicada.

Perceba que não é a experiência de hoje em si que o assola, mas o arrependimento e o ressentimento sobre algo que aconteceu no passado ou o medo do que o amanhã pode trazer.

11. Daqui a um ano, seus problemas não serão mais os mesmos.

Há um ditado que diz que o tempo cura tudo, mas isso não é verdade. Ainda assim, a passagem do tempo proporciona que nossa dor fique mais distante.

Não deixe o drama atual ditar seu futuro.

12. Não é preciso sofrer sozinho.

Frequentemente nos sentimos completamente isolados nessas situações, acreditando que ninguém entende ou sabe o que estamos passando.

Essa é uma mentira que inventamos para nós mesmos, porque a experiência de dor e desespero é universal, independentemente das causas.

Fale com um amigo ou familiar em quem você confia ou com um terapeuta que possa lhe ajudar.

Uma última dica

Pratique o autocuidado para estar na sua melhor forma para enfrentar o mundo.Tornar-se sua prioridade não é egoísmo, é essencial para sua sobrevivência.

Lembre-se de que somos todos diferentes. Experimente cuidar de si todos os dias. Às vezes, afundamos demais e é preciso mais esforço para sair do buraco até que encontremos algo que nos ajude a seguir em frente.

Sabemos que isso não é fácil. Mas também sabemos que você pode superar isso e, daqui a algum tempo, estar se sentindo melhor do que agora.

Priorize o seu bem-estar. Faça algo por si mesmo!

publicidade