Rapaz em situação de rua encontra 3 iPhones perdidos e dá prova de honestidade ao devolver os celulares

Os celulares têm valor acima de R$ 10 mil

publicidade

Dizem que a honestidade é um princípio impossível de ser comprado. Isto é, não há forma de corromper uma pessoa que é verdadeiramente honesta – não existe 50% honesto, ou se é 100% honesto ou não é. Quem deu uma grande prova de honestidade foi o Fredson Pereira de Oliveira, jovem em situação de rua que encontrou 3 iPhones novos lacrados na Rodoferroviária de Curitiba, capital do Paraná.

Muita gente teria visto nisso a oportunidade perfeita de ter esse celular que é o desejo dos sonhos para várias pessoas. Mas não Fredson. Mesmo estando em uma situação muito difícil, ele sabia que não poderia ficar com algo que não era seu e deu uma verdadeira lição de honestidade.

Fredson não pensou duas vezes antes de devolver os celulares (imagem: Guarda Municipal de Curitiba/Razões Para Acreditar)
publicidade

O rapaz de 21 anos foi até um posto da Guarda Municipal e entregou os aparelhos para os guardas. “Eu peguei o pacote, esperei para ver se alguém se manifestava, mas nada aconteceu”, disse, segundo o site Razões Para Acreditar. O valor dos aparelhos era superior a R$ 10 mil.
Os guardas Alexandre Albuquerque e Kleyton, que estavam fazendo uma ronda na região, foram abordados pelo rapaz.

Te interessa?

“Ele comentou que encontrou os celulares na Rodoferroviária, estava perambulando e não sabia se entregava nos Correios, onde ele teria de deixar, porque queria achar os donos. Notamos que era um cidadão em situação de rua, até puxamos a ficha dele para ver se tinha alguma situação com a Justiça, mas estava tudo certo. O que me chamou a atenção foi a honestidade dele. Porque os três celulares, somados, dariam tranquilamente uns R$ 10 mil vendendo no mercado ilegal e ele falou que queria fazer a coisa certa”, explicou Alexandre.

Os guardas descobriram, então, que horas antes, uma pessoa tinha perdido três celulares na rodoferroviária. Os aparelhos foram entregues no setor de Achados e Perdidos da Guarda Municipal e, quando o dono foi localizado, foram devolvidos.

publicidade

“Apenas segui os mandamentos de Deus. Muitas pessoas poderiam seguir os mandamentos de Deus, fazer o certo. Andar certo, porque Jesus é bom”, explicou Fredson, quando questionado sobre o motivo da sua atitude.

Esperança de um futuro melhor

Nascido na Bahia, Fredson foi para Curitiba em busca de uma vida melhor. Na capital paranaense, conhecida por suas baixas temperaturas, sobrevive com o dinheiro que ganha fazendo malabarismo e passa a maior parte do tempo nos entornos da Rodoferroviária, juntamente com outras pessoas em situação de rua.

Mesmo com a realidade difícil, não deixa de sonhar com um futuro melhor. Fredson quer ter um emprego fixo e trazer o filho pequeno e a esposa para morarem em um lugar digno com ele.

Clique aqui e aperte o botão " Seguir" para você ser o primeiro a receber as últimas informações sobre este assunto no seu celular!

publicidade

Fredson, parabéns pela atitude e pode ter certeza que a vida recompensará a sua honestidade!

O que você achou? Siga @awebic no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui

Veja mais ›
Fechar