Mais inteligente, não mais árduo: como obter sucesso no trabalho

Escolha o que importa. Elimine o resto.

publicidade

Cada um de nós tem 96 blocos de energia por dia para gastar do jeito que quisermos.

Usar este sistema de blocos de energia garantirá que você gaste cada bloco com sabedoria para obter o máximo de progresso em suas metas mais importantes.

Warren Buffett “descartou prestar atenção em quase tudo, menos em negócios – arte, literatura, ciência, viagens, arquitetura – para que pudesse se concentrar em sua paixão”, escreveu Alice Schroder em seu livro “A bola de neve”.

publicidade

Mais inteligente, nãos mais árduo

Isso não é exclusivo de Warren Buffett. Quase todas as pessoas de sucesso que conheço seguem uma abordagem semelhante para concentrar seus esforços.

A chave para melhores resultados não está em trabalhar mais.

A maioria de nós já trabalha longas horas. Nós levamos o trabalho para casa, estamos sempre conectados, lidamos com qualquer coisa que nos pedem, e fazemos isso da melhor maneira possível.

publicidade

Não parece importar quantas coisas riscamos da nossa lista de tarefas ou quantas horas trabalhamos; nosso desempenho parece não melhorar.

Embora gostemos de pensar em pessoas excepcionalmente bem-sucedidas como sendo mais talentosas do que somos, quanto mais eu olhava ao redor, mais eu descobria que raramente era o caso.

Uma das razões pelas quais pensamos que talento é a explicação é que isso nos dá um passe livre. Não somos tão talentosos quanto as pessoas super bem-sucedidas, então é claro que não temos os mesmos resultados que eles.

O problema com esta explicação é que ela está errada. O talento é importante, claro, mas não tanto quanto você pensa.

Ao olhar em volta, percebi que as pessoas mais bem-sucedidas que conheço têm uma coisa em comum: são mestres em eliminar o desnecessário de suas vidas.

publicidade

O escritor francês Antoine de Saint-Exupéry teve a mesma ideia, escrevendo em seu livro de memórias: “A perfeição é finalmente alcançada não quando não há mais nada a acrescentar, mas quando não há mais nada para tirar.”

Este princípio, no final das contas, é a chave para o sucesso.

Pessoas incrivelmente bem-sucedidas concentram seu tempo em apenas algumas prioridades e são obcecadas em fazer as coisas corretamente. Isso é simples, mas não é fácil.

Aqui está um método para ajudá-lo a escolher o que focar e como usar seu tempo (é uma mistura do sistema de blocos de tempo e uma variação do sistema de duas listas de Warren Buffet):

Passo 1: mude a forma como você pensa sobre o seu dia.

Pense no seu dia como tendo 96 blocos de energia, com cada bloco sendo um pedaço de tempo de 15 minutos (quatro blocos por hora × 24 horas = 96). Uma semana tem 672 blocos e um ano tem 34.944.

Nem todos esses blocos são blocos de produtividade direta – eles não podem ser, a menos que sejamos robôs.

Dado que somos humanos, precisamos alocar alguns blocos para atividades que os humanos exigem para uma boa saúde, como dormir. Dormir por oito horas usa 32 blocos do seu dia de 96 blocos.

Digamos que outros 32 blocos sejam direcionados à família, aos amigos, ao deslocamento e às coisas da vida em geral.

Isso deixa 32 blocos para você aplicar sua energia para manter seu trabalho e fazer algo incrível.

Mais inteligente, nãos mais árduo

Acha que consegue fazer mais dormindo menos? Pense de novo. O sono tem um jeito de afetar seus outros blocos.

Se você dormir o suficiente, os outros 64 blocos serão amplificados. Se você não dormir o suficiente, a eficácia deles é reduzida.

Quase toda pessoa bem-sucedida que conheço faz do sono uma prioridade. Algumas chegam a comprar ChiliPads para regular a temperatura da cama e se deitam na mesma hora todas as noites; outras usam a mesma rotina de relaxamento todas as noites.

Quase todas elas vão para a cama cedo (ou pelo menos antes da meia noite), e acordam cedo para começar o dia.

Passo 2: escreva uma lista de todas as metas que você tem.

Quando fiz isso, parei em 100 e poderia continuar. Eu arriscaria dizer que se você ficasse sozinho por meia hora, chegaria no mesmo número.

Escrevê-las não só liberta a sua mente de acompanhá-las, mas também lhe dá uma representação visual de quantas coisas você quer fazer.

Passo 3: circule suas três metas principais.

Não tenha pressa; não há necessidade de pressa. É difícil reduzi-las, e é por isso que poucos de nós pensam conscientemente nessas coisas.

Passo 4: elimine todo o resto. É onde as coisas começam a ficar interessantes.

Quando se trata dos 32 blocos de tempo de trabalho que você tem que alocar, tudo o que não está na sua lista dos três primeiros deve ser descartado.

Você pode pegar a lista “todo-o-resto” depois de ter alcançado um objetivo, mas, até lá, é o que Warren Buffet chama de lista de “evitar a todo custo”.

O poder do foco

Vamos ver um exemplo.

Digamos que estamos trabalhando em 10 projetos. Temos prioridades que tentamos focar, mas também damos aos outros projetos um esforço decente.

Digamos que nós aloquemos nossos 32 blocos de energia para nossos 10 projetos da seguinte forma:

Mais inteligente, nãos mais árduo

1. 10
2. 5
3. 5
4. 3
5. 2
6. 2
7. 2
8. 1
9. 1
10. 1

Nada mal, né? Mas se fizermos o exercício acima, será mais parecido com isto:

Mais inteligente, nãos mais árduo

1. 16
2. 8
3. 8

O foco direciona sua energia para seus objetivos. Quanto mais concentrado você estiver, mais energia vai para o que você está trabalhando.

Eliminar as coisas de que você gosta é difícil. Você tem que fazer escolhas. Se você não consegue fazer essas escolhas, não vai chegar longe.

O custo de não ser focado é alto.

A direção em que você está indo é importante na medida em que você está aplicando energia a ela.

Se você está concentrando sua energia em 10 metas, você não está focado e, em vez de ter alguns projetos concluídos, você tem inúmeros projetos inacabados.

Como Sísifo, você está constantemente subindo a metade da montanha, mas nunca chega ao topo. Não consigo pensar em uma perda maior de tempo.

Não se trata de trabalhar mais para obter melhores resultados. Você tem uma quantidade limitada de energia para aplicar. Escolha o que importa. Elimine o resto.

Este artigo é uma tradução do Awebic do texto originalmente publicado em Farnam Street Blog.

Imagens: Farnam Street

Gostou do conteúdo? Então compartilhe com seus amigos!

COMENTÁRIOS | Deixe sua opinião!

comments