Brasileiros criam órteses biodegradáveis para substituir o gesso e podem revolucionar a medicina

Viva a ciência!

Quem já precisou ter alguma parte do corpo engessada sabe como o processo de adaptação e tratamento com esse material é complicada. Além de pesado, ele demanda um cuidado extra na hora de dormir, trocar de roupa, tomar banho e muitas outras situações simples do dia a dia.

Pensando nisso, um grupo de brasileiros fundou uma empresa chamada Fix It, que é especializada em impressão 3D de soluções ortopédicas, neurológicas e reumatológicas.

O material médico é produzido a partir do ácido polilático, um filamento feito de bagaço de cana, milho e beterraba. Por ser mais maleável e projetado em uma impressora 3D, as órteses produzidas pela empresa possuem um design adaptável à anatomia e situação de cada paciente.

Te interessa?

Além disso, as soluções ortopédicas da Fix It também são amigas da natureza, pois o material é biodegradáveis e substitui perfeitamente o gesso! Para quem não sabe, a indústria do gesso causa diversos problemas ambientais devido a extrações em pedreiras por meio de jateamento.

Sem contar que os trabalhadores expostos durante a extração do gesso e os habitantes das áreas do entorno das minas podem sofrer de várias doenças, principalmente pulmonares, devido ao processo de exploração e extração.

De acordo com o cofundador e CPO da empresa, Hebert Costa “todas as nossas soluções foram pensadas para substituir moldes e talas tradicionais. O objetivo é produzir imobilizadores para todas as articulações do corpo, proporcionando uma solução acessível para todas as classes sociais”.

E quem usa aprova! Muito resistentes, as órteses da Fix It, são mais fáceis de limpar, além de serem impermeáveis, antialérgicas e ventiladas, o que proporciona mais conforto e liberdade durante o tempo de tratamento para os pacientes. Tudo isso gera um processo de recuperação mais suave em geral, sem ter que passar pelo inconveniente dos tradicionais imobilizadores de gesso que geram coceira, calor, peso e mau cheiro.

UMA BOA SOLUÇÃO PARA O MEIO AMBIENTE

Para alcançar mais pessoas, a equipe da empresa dediciu expandir os negócios por meio de um modelo de franquia e assim conseguiu chegar a todas as regiões do Brasil.

Dessa forma, cada unidade franqueada oferece um atendimento personalizado sem produzir tamanhos genéricos, já que todas possuem as impressoras 3D para gerar as órteses de acordo com a demanda e as medidas específicas de cada paciente.

O cofundador da Fix It, Felipe Neves explica que a empresa mudou o modelo de negócio “para torná-lo mais acessível e tornar toda a cadeia de distribuição mais sustentável, pois com a mudança na forma de vender, reduzimos consideravelmente o transporte de produtos e o consumo de combustíveis fósseis”.

E não pensa que os benefícios da órtese biodegradável param por aí! Essas soluções ortopédicas também podem ajudar a reduzir o lixo hospitalar, pois o produto é compostável e se transforma em fertilizante. Após concluir um tratamento, o paciente pode entregar a solução em um dos escritórios da Fix It e que cuida do próximo processo!

Fonte: Nation

O que você achou? Siga @awebic no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui

Veja mais ›
Fechar