Enfermeiro cubano emociona ao salvar bebê usando o método super carinhoso
Enfermeiro cubano emociona ao salvar bebê usando o método super carinhoso

Enfermeiro cubano emociona ao salvar bebê usando o método super carinhoso

Cheio de humanidade e cuidado!

publicidade

A pandemia de coronavírus está exigindo muito mais dos já essenciais profissionais da saúde. Eles estão batalhando na linha de frente para que possamos superar essa fase complicada da história.

Dentre vários heróis que atuam ao redor do mundo, temos a história de um enfermeiro cubano que acabou ganhando visibilidade recentemente.

Você bem deve saber que Cuba possui milhares profissionais capacitados e de renome na área médica, e que o país costuma enviar essas pessoas para que possam salvar vidas ao longo de todo planeta.

publicidade

Um desses profissionais é o enfermeiro José Alberto Oliva, que atua na Argélia. Ele acabou de salvar a vida de um recém-nascido, mesmo com condições precárias de atendimento.

Tudo começou quando infelizmente, uma mãe acabou falecendo em decorrência do coronavírus. O menino também estava em situação complicada por causa da doença, no entanto teve a vida salva assim que ficou definido que Oliva cuidaria dele.

Para que a criança pudesse se desenvolver bem, José decidiu usar o método ‘pele a pele’, também conhecido como ‘mãe canguru’. O nome é usado pois a tática é muito parecida com a das mães de cangurus, onde ocorre o desenvolvimento extrauterino.

médico

publicidade

Essa técnica visa cuidar de forma lenta e contínua do bebê precoce, mantendo o contato físico entre os dois. Isso visa simular o crescimento no útero, e é uma técnica segura e eficaz, principalmente quando não existem muitos recursos para o tratamento médico.

Dando toda a atenção necessária, o menino conseguiu sobreviver por causa da atitude inteligente e amorosa do enfermeiro. Foram 15 dias usando esse tratamento até que o bebê finalmente conseguisse superar o coronavírus.

De acordo com as informações da mídia local, o José Oliva chegou a participar também da brigada cubana Henry Reeve, que esteve na África batalhando contra o ebola. Definitivamente ele é um verdadeiro herói!

O profissional está recebendo muito prestígio de todo o mundo, e seremos sempre gratos por todo esse maravilhoso serviço prestado pelos profissionais da saúde.

publicidade

O método ‘mãe canguru’

O método canguru se tornou muito conhecido e eficaz no tratamento de nascidos prematuros ou com baixo peso.

Ele foi desenvolvido em 1979 por Edgar Rey Sanabria e Hector Martinez em 1979, no Instituto Materno-Infantil de Bogotá, na Colômbia.

Ele era ensinado às mães para que fosse possível dar alta precoce aos bebês prematuros, principalmente pela falta de recursos como incubadoras e outros equipamentos tecnológicos.

Como dissemos, o método consiste em manter um contato pele a pele entre mãe e recém-nascido, possibilitando um desenvolvimento mais tranquilo da criança.

Basicamente, para usar a técnica é preciso colocar o bebê vestido com roupas leves (ou só fraudas) na posição vertical contra o peito da mãe ou do pai. Ele deve ser amarrado para se manter em contato constante sem que seja necessário segurá-lo.

Essa tática aumenta o vínculo entre os pais e o bebê, incentiva a amamentação, diminui o tempo e a possibilidade de uma infecção hospitalar, mantém a criança sempre bem aquecida e traz diversos outros benefícios.

Entretanto, só é considerado oficialmente tratamento com o método ‘mãe canguru’ se houver uma orientação e acompanhamento médico.

Fonte: UPSOCL