De vendedora a modelo: conheça a maranhense que conquistou as passarelas de Milão
De vendedora a modelo: conheça a maranhense que conquistou as passarelas de Milão

De vendedora a modelo: conheça a maranhense que conquistou as passarelas de Milão

Apesar de ser muito jovem, Amira já possui um currículo de dar inveja em muita modelo!

publicidade

Em questão de meses, a modelo maranhense Amira Pinheiro viu sua vida decolar de maneira surpreendente: ela deixou o emprego de vendedora de celulares e recepcionista de um escritório em São Luís (MA) para se tornar o rosto das mais importantes e prestigiadas passarelas da moda, como as de Milão, na Itália, e Nova York, nos Estados Unidos.

Atualmente, a modelo de 1,80m faz parte da renomada Agência Way, onde seus trabalhos têm se destacado entre as principais marcas da indústria fashion, especialmente em cidades-polo brasileiras, com São Paulo e Rio de Janeiro.

Amira posando para a revista Way.

Há alguns meses, ela foi contratada como protagonista de uma campanha da MAC Cosméticos. Mais: Amira, já acostumada a desfilar para grifes multimilionárias, tais como Marc Jacobs, Ulla Johnson, Byblos e Oscar de La Renta, – afirma que este é apenas o começo.

publicidade

Aos 22 anos, ela acredita ter “muita estrada” pela frente rumo ao sucesso. Apesar de ser muito jovem, Amira já possui um currículo de dar inveja em muita modelo!

Ela conquistou seu espaço e afirma que seu segredo é “abraçar com toda sua força todas as oportunidades que aparecerem.”

Curiosamente, a maranhense conta que jamais sonhou tornar-se modelo, apenas “sempre trabalhou para encontrar meios que a fizessem alcançar seus sonhos e metas”.

publicidade

Amira simboliza a desconstrução de padrões, a desconstrução de padrões, a desmistificação de tabus e uma maior presença de modelos negras no universo da moda.

“Não é fácil quando você está crescendo e construindo uma carreira. Cada dia é uma experiência diferente. Desde o começo, o apoio que eu tive dos meus pais foi crucial, porque eles me guiaram da forma necessária para que eu fosse quem eu sou hoje. O melhor conselho que o meu pai me deu é que eu preciso ter a cabeça no lugar e saber o que eu quero e buscar para a minha vida.”

Inspirada por Naomi Campbell, supermodel dos anos 90, ela enxerga hoje que, após anos de total falta de representatividade, passou a ser comum o protagonismo de mulheres negras nesta indústria, um processo importante no qual as pessoas estão passando a ser reconhecidas, antes de mais nada, por suas capacidades.

Como negra, ela é inspiração maior para o mercado, que já passou por uma mudança. Ela foi uma das vanguardistas dos últimos 40, 50 anos“, disse.

publicidade

Futuro

Enquanto trabalha como modelo, Amira cursa paralelamente Administração para saber gerir, por conta própria, sua carreira.

Ela também acredita que tal conhecimento lhe ajude a ter uma vida financeira mais estável e sem turbulência. Como sabemos, o universo da moda é imprevisível e escasso de trabalhos.

 “Não sei se futuramente vou trabalhar com algo na moda, mas não descarto a possibilidade”, diz. “No futuro, penso numa profissão que eu me relacione com pessoas, para que eu possa ajudar e levar algo para elas.

Fonte: Hypeness

Compartilhe o post com seus amigos! 😉