Família cai em golpe e funcionário da Azul paga as passagens do seu próprio bolso

Ele olhou como pessoa!

Família cai em golpe e funcionário da Azul paga as passagens do seu próprio bolso
Família cai em golpe e funcionário da Azul paga as passagens do seu próprio bolso

Ainda que exista pessoas com capacidade de fazer o mal para outras, não temos dúvidas de que o número das que estão dispostas a fazer o bem superam em bem mais que o dobro.

Na última semana, um funcionário da companhia aérea Azul se tornou super conhecido nas redes sociais quando a sua história chegou a ser contada pelo próprio presidente da empresa.

Não por menos, a atitude que ele teve chegou acalentar não só os corações das pessoas envolvidas, mas de todas as outras que estão a saber do que ele fez.

Te interessa?

Raphael Leiva Cavaleiro é nome do funcionário. O caso aconteceu no aeroporto de Campo Grande no Mato Grosso do Sul e as famílias estavam dirigindo para Recife.

Quando o Raphael precisou recolocar algumas pessoas que estavam a embarcar em um voo cancelado, percebeu que havia algo de errado com a família.

O casal de deficientes auditivos e mais seus dois filhos não estavam com seus nomes na lista de passageiros e rapidamente, depois de verificar, percebeu que eles haviam sofrido um golpe.

Depois de muita conversa com uma das filhas do casal, Raphael descobriu que eles estavam a viajar para visitar um parente que estava muito mal de saúde.

Mas como ocorrido, não teria o dinheiro completo para pagar a passagem dos 4 membros da família, eles teriam apenas uma parte.

Triste pelo que aconteceu, o funcionário fez a grande gentileza de completar o dinheiro que faltava como seu próprio cartão de crédito para que eles pudessem fazer a viagem.

De acordo com o presidente da Azul, o John Rodgerson, quem escreveu a história em suas redes sociais, ele junto com alguns tripulantes que ficaram comovidos com a história, retribuíram a gentileza para o Raphael.

Uma ação tão gentil e tão emocionante!

Mesmo em meio à contingência que a base gerenciava naquele dia, o Raphael foi solidário ao perceber e atender à necessidade que aquela família tinha, sem falar da generosidade de usar seu próprio dinheiro para ajudá-los a viabilizar a viagem”, escreveu presidente da Azul.

 

Agora você já pode imaginar o porquê de tanta gente se emocionar com a história desse funcionário tão gentil, não é mesmo?

Como chegamos a falar mais acima sobre o cancelamento de eu voo, levamos em conta ainda que o Raphael não estava passando por um momento “relaxante” no trabalho.

Um internauta que o conhece chegou a escrever o seguinte sobre ele, que é seu amigo:

“Conheço esse grande ser humano, pai, profissional e amigo de todos. O mundo precisa de muitas pessoas iguais a você meu amigo. Parabéns pela atitude e tenho certeza que não foi a primeira vez que olhou para o próximo.”

Temos uma enorme alegria de conhecer não só uma história sua, mas sim uma pessoa incrível como é o Raphael!

Veja mais ›
Fechar