Filho consegue encontrar mãe pela internet após 30 anos de procura

Um verdadeiro milagre natalino!

Filho consegue encontrar mãe pela internet após 30 anos de procura
Filho consegue encontrar mãe pela internet após 30 anos de procura

Graças a uma pequena nota de reportagem em um jornal local, um carioca que foi abandonado ainda bebê reencontrou a sua mãe do outro lado do país depois de mais de 30 anos sem nenhum contato.

A época do Natal não é só marcada pelos presentes e decorações, mas também pelos milagres típicos da época. Existem fatos aparentemente impossíveis que só acontecem nessa época do ano. 

Um desses milagres aconteceu com duas pessoas que viviam em dois extremos opostos do país, separados por quase quatro mil quilômetros. Felipe Ferreira, de 38 anos, e Célia Regina, de 61 anos, mais conhecida como Dona Gentileza.

Te interessa?

Devido a problemas de saúde, Célia abandonou o filho ainda bebê no Rio de Janeiro com seu pai e sua irmã, um pouco mais velha, fruto de outro casamento dela, e desapareceu sem deixar nenhum rastro além de seu nome de solteira. 

O pai foi assassinado três anos depois, deixando as crianças sob os cuidados da avó do menino que morava em Brasília. Pouco tempo depois, a avó faleceu, deixando as crianças totalmente desamparadas e sem nenhum parente por perto.

As crianças passaram a viver sob os cuidados dos vizinhos, sofrendo inúmeras dificuldades. Por um acaso, uma vizinha encontrou o número de um primo de Felipe, que os levou de volta para o Rio de Janeiro e lhe deu amparo.

Filho consegue encontrar mãe pela internet após 30 anos de procura

Lá, as duas crianças conseguiram continuar suas vidas e construir suas próprias famílias.

Felipe conta que durante toda a sua vida nunca deixou de procurar a sua mãe, até que um dia se deparou com uma reportagem de um jornal local de Santarém onde constava o nome completo de solteira de sua mãe.

O tão esperado reencontro

Ele e sua irmã ficaram loucos para descobrir se aquela era a sua mãe e entraram em contato com o repórter responsável pela matéria, que lhe direcionou para a assistente social da região responsável pelo abrigo que aquela senhora da matéria estava morando.

No dia seguinte, estava confirmado. Era ela. Depois de trinta anos, mãe e filhos se viam novamente através de uma vídeo chamada. Em Santarém ela era conhecida como Dona Gentileza devido ao seu modo cortês e o constante uso da palavra.

Felipe e sua irmã não hesitaram e começaram a fazer esforços para buscá-la de volta. Eles contaram com a ajuda financeira da empresa onde ele trabalha e de alguns parentes. Uma semana depois do reencontro virtual, mãe e filho estavam embarcando juntos rumo ao Rio de Janeiro.

Mesmo com dificuldades, eu estou levando ela para o Rio, porque a empresa em que eu trabalho pagou as passagens pra eu buscar ela, ida e volta, meu cunhado também me ajudou um pouco e o que passei no cartão de crédito vou pagando“, destaca Felipe ansioso para recuperar o tempo perdido.

Assunto para ser conversado com certeza não vai faltar. A mãe enfim poderá contar sua versão para seus filhos, contá-los por onde andou e quais dificuldades enfrentou durante todo esse tempo. 

Os filhos, por sua vez, por um milagre, agora poderão enfim ter o calor materno, que lhes fez tanta falta, para enfrentar as dificuldades da vida.

O que você achou? Siga @awebic no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui

Veja mais ›
Fechar