Filhote de raça ameaçada de extinção é resgatado no Sertão da Bahia
Filhote de raça ameaçada de extinção é resgatado no Sertão da Bahia

Filhote de raça ameaçada de extinção é resgatado no Sertão da Bahia

Achando que era um gato comum, esse filhote recebeu o resgate que merece!

publicidade

Um verdadeiro golpe de sorte para o animal! Um filhote de gato-mourisco acabou sendo resgatado por um morado, apenas por achar que o animalzinho era mesmo o gato doméstico comum. Sem saber disso, esse senhor acabou fazendo um grande favor para esse animal. 

Também conhecido por outros nomes, o gato-mourisco é um felino que está na lista dos animais que possuem risco de entrar em extinção. De acordo com a União Internacional para a Conservação da Natureza, o jaguarundi, outro nome seu, essa raça já deve ser preservada.

E foi nessa quinta-feira, em que tudo aconteceu. De acordo com as informações repassadas pelo ICMBio (Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade) para a imprensa, esse pequeno filho havia sido resgatado por pura confusão quanto a sua espécie.

publicidade

Informaram ainda, que ele havia sido encontrando no meio de uma plantação de milho, o fato aconteceu em uma cidadezinha chamada Milagres, lá no Sertão Cariri, no estado da Bahia.

Ao se deparar com essa fofura, um agricultor local decidiu levá-lo para casa, por ser apenas um filhotinho. E assim, pensando em seu bem estar, passou a alimentá-lo achando que o jaguarundi não passava de um mero filhotinho de gato doméstico alaranjado.

O resgate do animalzinho acabou sendo feito por alguns técnicos que trabalham para o Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade. Eles estavam no Exu fazendo a soltura de alguns animais que haviam passado por um período de reabilitação e já estavam aptos para voltarem ao seu habitat natural.

filhote-de-gato-mourisco-e-resgatado

publicidade

Logo em seguida, após os procedimentos necessários para transferir o animalzinho, o filhote foi levado para o Centro de Triagem de Animais Silvestres (Cetas/Tanagrá), localizado na Zona Norte do Recife, para que pudesse receber todos os cuidados necessários para um animal de sua espécie.

Sendo super acolhido como todos os animais que são resgatados, o pequeno gato-mourisco recebeu algo que todo filhote adora. Veterinários e biólogos cuidaram rapidamente em dar leite na mamadeira, para que ele pudesse ficar mais confortável. 

Ainda de acordo com o gestor do Cetas, a história envolve muita sorte envolvendo o bem estar desse animal. Ainda que tenha sido resgatado pelo agricultor, por ter poucos dias de vida, não sabem como ele sobreviveu por ali e não se esbarrou com algum predador que pudesse machucá-lo.

Sendo examinado, o animal era bem novo e também não sabiam sobre o paradeiro da sua mãe. Mesmo que seja apenas um filhote, nos próximos dias, estará sempre sob supervisão dos biólogos, por causa do grande estresse que os animais passam ao serem resgatados e precisarem ser transportados ao local seguro. 

Recebendo tratamentos no Recife, receberá o auxílio para alimentar-se e assim que ficar em uma estatura que possa ser liberado, estará voltando a natureza.

publicidade

Fonte: G1

COMENTÁRIOS | Deixe sua opinião!

comments