Garçonete se comunica com garoto de 11 anos por sinais e o salva de pais altamente abusivos

Um sinal que salvou a sua vida!

Garçonete se comunica com garoto de 11 anos por sinais e o salva de pais altamente abusivos
Garçonete se comunica com garoto de 11 anos por sinais e o salva de pais altamente abusivos

Alguns heróis não precisam ter todas as características que lhe apresentar ter a coragem que muita gente não tem. Eles às vezes estão apenas dispostos a olhar um pouco mais e prestar a força a quem mais precisa.

Com muita certeza esse acabou sendo o caso de uma garçonete que foi identificada como Flaviane Carvalho. O que era para ser apenas mais um dia de turno extra em seu trabalho, acabou sendo uma história de alívio.

Trabalhando em um restaurante que é super popular em Orlando, ela se deparou com uma família que estava lá para mais uma refeição. Foi então quando percebeu que um garoto que acompanhava os seus pais estava bem fora do normal.

Flaviane notou que o garotinho que tinha apenas 11 anos não estava se mostrando confortável e para deixar a situação ainda mais preocupante, ele também mostrava alguns sinais físicos de que poderia estar sofrendo algum tipo de agressão.

A certeza que ela tinha era a de que precisava ajudar aquele garoto de alguma forma. Foi quando então chegou a pensar em lhe oferecer ajudar de uma forma discreta.

Encontrando um lugar e uma posição onde pudesse mostrar um bilhete apenas para o garoto, sem ter chances de que seus pais a vissem, Flaviane escreveu um bilhete com letras claras que perguntavam: “você precisa de ajuda?”.

Sem demora, quando a criança conseguiu ver o que estava escrito, ela não hesitou em nenhum momento e fez um sinal para a garçonete de forma positiva.

Foi quando ela decidiu chamar a polícia para prestar socorro a aquela criança.

Para a surpresa de muitos, a coisa era mais séria do que poderiam imaginar

O garoto que tinha apenas 11 anos es tava passando por uma grave situação de abusos físicos constantes. De acordo com a polícia, ele chegava a ser torturado de diversas formas diferentes.

Alegaram que quando o garoto chegou a ir ao médico para passar por alguns exames, encontraram hematomas graves em seu rosto, ferimentos na orelha, marcas e ele estava com 10 quilos abaixo do peso ideal.

A coisa estava tão séria, que o chefe de polícia, Orlando Rolón, afirmou que o garoto era deixado de cabeça para baixo como forma de punição.

E disse mais: “Provavelmente estaríamos falando sobre uma investigação de homicídio se ela não tivesse intervindo”.

Mas graças a essa corajosa garçonete, a história dessa criança e de sua irmã, uma garotinha de 4 anos, acabaram tomando rumos diferentes. Os pais acabaram sendo presos por causa do abuso e eles foram levados para um lugar seguro.

Depois de ter pedido ajuda, a polícia chegou a informar que os dois irmãos estarão recebendo os cuidados que precisarem. E o que não falta é gratidão acerca do que a garçonete acabou fazendo para ajudar essa criança.

Fonte: Faith Pot

publicidade