Garotinho autista começa a se comunicar por causa de amizade fofa

Uma linda amizade!

Garotinho autista começa a se comunicar por causa de amizade fofa
Garotinho autista começa a se comunicar por causa de amizade fofa

Na Inglaterra, um garotinho autista ganhou uma cadela de presente e a forma como ele lida com o mundo mudou radicalmente. O menino que não falava, transformou-se em um tagarela.

Que os animais são anjos de carne e osso que Deus nos presenteou para juntos administrarmos o mundo, todos sabemos. Mas cada anjo tem um dom diferente. O dos cães é tornar a vida dos seres humanos mais alegres.

Leon Kirby-Bulner é uma criança autista de quatro anos. Como consequência do transtorno, o pequeno tinha algumas limitações em sua comunicação. Ele literalmente não falava com ninguém. 

Te interessa?

Essa dificuldade fazia dele um menino triste e isolado. Não tinha amigos e não procurava por eles. Suas brincadeiras eram sempre solitárias.

Até os próprios pais tinham problemas para interagir com o garoto. Para eles estava sendo um grande desafio lidar com o autismo do filho.

Imagem: Reprodução/Metro Notícias

Mas tudo começou a mudar quando os pais decidiram dar ao menino um anjo de presente. O anjinho chama-se Fern, uma cadela da raça cocker spaniel de três anos.

Ele estava tristemente trancado em seu próprio mundinho, mas, ao conhecer Fern, foi amor à primeira vista. O par rapidamente se tornou inseparável, melhores amigos. As primeiras interações de Leon não foram com humanos, mas com Fern. Ele tinha um brilho nos olhos que não tínhamos visto antes”, explicou a mãe.

Ali nasceu uma amizade inseparável. A cadelinha e o menino que tinha praticamente a mesma idade se tornaram parceiros.

Mesmo não sabendo falar, foi Fern que despertou o tagarela que havia no Leon. De autista tímido, o menino virou uma criança falante e interativa.

Uma amizade de cinema

A mãe dele lembra que ele é um apaixonado por animais, ao ponto de gostar mais deles do que das pessoas. Ela ressalta que uma cadela que só sabia latir, fez do seu filho um menino que fala ininterruptamente. 

Ela atribui com toda a sua convicção a mudança do comportamento do filho a Fern. A mãe chama carinhosamente seu filho de Mancub, um outro nome de Mowgli, o menino lobo. 

Mowgli, segundo os contos do Livro da Selva, foi um menino que, perdido por seus pais em meio a selva, cresceu em meio ao lobos como se fosse um deles. 

Leon e Fern parceiros até no banho. Imagem: Reprodução/Metro Notícias

A cachorrinha e o menino foram apresentados quando ainda eram bebês e desde então são amigos. Um viu e vê o outro crescer acompanhando cada conquista. Não é estranho vê-los tirar cochilos juntos, lanchar juntos e assistirem juntos.

O pai de Leon, que trabalha com Falcões, faz questão de destacar a importância da cachorra na vida de seu filho e consequentemente em sua vida.

Ela age como uma verdadeira tutora do menino e sua ajuda não é subestimada pela família. 

Ela não é uma companheira, mas é uma cuidadora que protege o menino de si mesmo em seus momentos de crise. 

Entre outras coisas, ela ajuda meu filho a se acalmar quando ele tem um colapso, ela cuida as escadas para impedi-lo de se machucar, ela se coloca entre ele e o chão quando ele está tentando bater com a cabeça, e geralmente o consola quando necessário”, afirma o pai.

Fern é um exemplo de que o cuidado divino sobre nossas vidas encontram expressões além da racionalidade humana.

Leon não tem o nome que faz menção a um leão à toa, pois é isso que ele é. Um leão que ao lado de sua companheira canina luta contra as dificuldades e descobre o que é a vida. 

O que você achou? Siga @awebic no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui

Veja mais ›
Fechar