Hospital comemora 13 dias sem novos casos de Covid-19

Esperamos que permaneça assim!

Hospital comemora 13 dias sem novos casos de Covid-19
Hospital comemora 13 dias sem novos casos de Covid-19

O mundo inteiro não vê a hora dessa pandemia acabar de uma vez. Depois de um ano turbulento, esperar o melhor é a coisa que nós mais aguardamos desde que essa onda de perdas começou.

Com as notícias mostrando que há muitas coisas acontecendo e que mostram que estamos mais perto do que nunca, qualquer coisa que possa servir como esperança nos impulsionam a sermos mais positivos.

E dessa vez foi um hospital quem pode dar uma notícia tão esperançosa, que ao mesmo tempo chega a ser bem impactantes – não só para os funcionários, mas também para todo o mundo.

O Hospital Geral de Toronto chegou a comemorar 13 dias consecutivos em que nenhum paciente com Covid-19 chegou a dar entrada na unidade. Claro, o que não faltou foram emoções.

Quando chegou o primeiro dia, foi muito emocionante para todos. Lá, apenas os pacientes que já estava na unidade fazendo tratamento e se recuperando, eram os que estavam com coronavírus. Nenhum caso novo.

Ao falar sobre, Denise Morris, gerente de enfermagem da unidade, disse: “Isso me emociona porque a equipe atrás de mim deixou suas famílias e veio trabalhar comprometida com seus pacientes todos os dias, apesar do medo, apesar da carga de trabalho e ainda aparecendo todos os dias”.

“Hoje, estou emocionada porque já se passaram 15 meses e hoje é o primeiro dia sem COVID e é uma sensação maravilhosa, mas não somos nós. É este grupo aqui que deveríamos estar comemorando”, completou ela.

Uma comemoração que precisa ser compartilhada

Como ela mesma disse, a emoção que junta um verdadeiro mix de coisas boas reflete não só a sua posição, mas também a de todos os médicos, enfermeiros e demais funcionários do local.

Denise chega a reforçar ainda com muito orgulho: “Não temos novos pacientes COVID. Não temos pacientes COVID infectados. Ainda temos alguns pacientes COVID em recuperação, mas eles não são mais infecciosos, o que é um marco.”

Quando se lembra de todos os momentos em que se viram sem saída e viram pacientes partindo por não poderem fazer mais nada, a dor é mesmo algo desolador e sempre aperta o coração.

E quando apareceu esse momento, uma grande oportunidade que mostra o rumo final dessa pandemia, nós também não poderíamos deixar de comemorar esse grande marco.

“Tivemos muitos sucessos e alguns momentos muito tristes, mas ver que isso está chegando ao fim é um alívio para todos, mas também um grande testemunho do trabalho que está sendo realizado nesta unidade”.

Para eles, os médicos e enfermeiros deixaram de ser profissionais atuantes e se tornaram família daqueles que estavam sozinho em meio ao medo.

Fonte: CBC