Mulher-Maravilha: Guarda salva garotinha de 7 anos de motorista em alta velocidade

Por mais gente como essa mulher, dispostas a se mover para fazer o bem a quem mais precisa!

Mulher-Maravilha: Guarda salva garotinha de 7 anos de motorista em alta velocidade
Mulher-Maravilha: Guarda salva garotinha de 7 anos de motorista em alta velocidade

Ainda que venhamos a fazer a nossa parte em diversas questões de segurança com as nossas crianças, infelizmente existem pessoas que não conseguem respeitar quem está ao seu redor.

Mas ainda que exista muitos motoristas que dirigem de forma imprudente, também existem pessoas maravilhosas como essa mulher que trabalha como guarda na Flórida, nos Estados Unidos.

Há algumas semanas, uma notícia chegou a se tornar super conhecida na região, depois que uma supervisora ​​da guarda de cruzamento chamada Kathleen Quinn agiu de forma heroica.

No final do mês passado, um motorista começou a se aproximar da área em que a Kathleen estava a trabalhar. Percebendo que se aproximava um carro em alta velocidade, ela redobrou a sua atenção ao redor.

Foi quando ligeiramente agiu com a sua função, alertou ao motorista com uma placa para que pudesse reduzir a velocidade em que estava vindo.

Para a preocupação de todos, a pessoa simplesmente não respeitou o alerta e continuou tão rápido como estava antes. Mas próximo dali estava uma garotinha.

Com apenas 7 anos, a menina estava andando de bicicleta pela rua, quando foi agarrada pelos braços da guarda Kathleen de forma instintiva e rápida, para que não pudesse ser atropelada pelo motorista imprudente.

Em pouco tempo, essa grande mulher colocou sua vida em risco para que a criança não sofresse um acidente, e disse mais: “Eu a vi chegando e estendi meu braço para garantir que Madeline não fosse atropelada pelo carro”.

Imagine só como deve ter ficado a mãe dessa garotinha de apenas 7 anos, quando viu o grande susto que sua filha acabou passando por causa de um motorista desrespeitoso?

Uma Mulher-Maravilha nos dias normais

Mia Carlson, mãe da garotinha, estava por perto quando o momento aconteceu e viu toda a cena da Kathleen agarrando sua filha pelos braços para que não pudesse sofrer um acidente.

Assim como qualquer mãe ficaria, o que não faltou para a Mia foi sentimentos de pura gratidão pelo que essa incrível mulher fez: “Como mãe, fiquei muito grata por ela. Você não pode rebobinar algo assim.”

Sabendo o que Kathleen Quinn havia feito para salvar uma garotinha, um xerife local identificado como Chad Chronister, não perdeu tempo e decidiu emitir um comunicado sobre a sua ação em forma de gratidão.

E nós, ainda que não cheguemos a conhecer essa mulher, ficamos super felizes em saber que em diversos lugares, existem pessoas dispostas a fazerem muito para proteger as nossas crianças.

Que possamos ser todos assim, com instintos de bondade e proteção para quem mais precisa!

Fonte: Faith Pot

publicidade