ONG entra no metaverso e lança jogo para arrecadar doações para favelas

Para os gamers de plantão!

ONG entra no metaverso e lança jogo para arrecadar doações para favelas
ONG entra no metaverso e lança jogo para arrecadar doações para favelas

O que você sabe sobre o metaverso? Tem medo ou é daquelas pessoas mega fãs da tecnologia? Para os entusiastas desse futuro nem tão distante assim, tem uma novidade incrível vindo aí: é o game Missão Favela X, idealizado pela ONG Gerando Falcões, a primeira ONG a entrar no metaverso para quebrar estereótipos negativos das favelas.

Lançado em um evento na Favela dos Sonhos, em Ferraz de Vasconcelos, município de São Paulo, o projeto foi realizado em uma plataforma de jogos sociais no metaverso e tem como objetivo levar a realidade das favelas brasileiras para jovens e crianças de todas as classes sociais e regiões do país.

Créditos: divulgação
Jogo pretende mostrar a realidade das favelas do Brasil e difundir informação

De acordo com Edu Lyra, CEO e fundador da Gerando Falcões, o jogo pretende mostrar os inúmeros desafios que precisam ser enfrentados para erradicar a pobreza e promover a cidadania em um Brasil cada vez mais desigual.

Te interessa?

O game é uma realidade da qual nós devemos nos apropriar para mais do que jogar, fazer as crianças e os adolescentes produzirem. Foi-se o tempo em que a favela era espectadora, ela pode ser produtora. Quando crianças e jovens de classe média e alta jogam esse jogo, ele atua de forma educativa, então eles passam por fases, de infraestrutura, saúde, educação e tecnologia, do qual vão aprendendo e entendendo o Brasil real e, descobrindo uma forma de colaborar com o processo de transformação do Brasil“, afirma.

Além disso, o Missão Favela X também pretende atrair grandes marcas para parceria e, assim, contribuir com projetos sociais nas comunidades. E tem empresas grandes atrás de tudo isso, hein! Entre as empresas que viabilizaram a criação do jogo estão Nestlé, 99, Havaianas e Accenture.

DIVERSÃO, INFORMAÇÃO E MUDANÇA SOCIAL 

Para quem gosta de games e ficou curioso, o Missão Favela X tem como premissa fazer com que os jogadores passem por diferentes níveis de cultura, infraestrutura, educação e tecnologia para chegar até uma sala que é o controle de um foguete espacial, em alusão ao Elon Musk, CEO da SpaceX.

Animado com o projeto, Edu enfatiza a importância do jogo para o futuro das favelas. “São quase 14 mil favelas no Brasil, e esta é a grande chance que temos de fazer algo que pode mudar o futuro de seus moradores, sobretudo o futuro das crianças e dos jovens”. Tudo isso faz parte de uma agenda programática que temos para formar games, formar produtores de games, para que a favela esteja integrada a economia criativa e a economia digital, pra gente destruir aquilo que nunca deveria ter existido que é a pobreza”, explica.

A tecnologia pode ser uma ótima aliada no combate à pobreza, desinformação e na construção de um futuro melhor para todas as classes sociais, não é mesmo? Que mais projetos como esse ganhem espaço e transformem a vida das pessoas.

Ficou com vontade de jogar? Então, acesse a plataforma de jogos sociais do metaverso, a  Roblox e se divirta!

Fontes: Gizmodo

O que você achou? Siga @awebic no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui

Veja mais ›
Fechar