Pedreiro resgata doguinho que estava em lago gelado

Um coração enorme esse homem tem. Que amor!

Pedreiro resgata doguinho que estava em lago gelado
Pedreiro resgata doguinho que estava em lago gelado

José Renato Gonçalves, de 47 anos, passou de ser pedreiro para ser um verdadeiro herói. Graças a ele, um doguinho que estava preso dentro de um lago foi resgatado.

De acordo com ele, sua rotina sempre começa no início do dia. Precisando se levantar cedinho, estava procurando se informar um pouco antes de começar a trabalhar.

“Eu trabalho como técnico de edificações e construtor aqui na cidade e acordo muito cedo. Abri o celular e vi que um radialista da cidade tinha compartilhado uma live. Ai ele disse que precisava de um caiaque”, disse ele.

Te interessa?

O vídeo que tinha visto era do empresário Fábio Bueno, que ao passar pelo lago municipal de Iacanga, no estado de São Paulo, viu que havia um cachorrinho ilhado ali.

No meio do lago que está com uma parte soterrada e forma uma parte alta distante da terra firme. O doguinho se mostrava estar preocupado e ficava procurando formas de sair dali, mas havia água demais.

Pedreiro resgata doguinho que estava em lago gelado

Seu José disse ainda que sua família possui dois caiaques. Então, teve a certeza de que poderia fazer alguma coisa para resgatá-lo de lá, pois estava fazendo 3ºC e ele precisava sair da água o quanto antes.

Um resgate e uma resposta emocionante

“Então eu levantei e fui, porque estava muito frio. Eu tenho dois caiaques em casa e pensei ‘poxa, eu tenho que ajudar’. Então eu corri e peguei nossos caiaques que estavam no rancho e fui pra lá”, contou o José.

Ao chegar lá, as coisas  não foram tão fáceis assim. Como chegamos a falar mais acima, embora o lago tivesse a maior parte coberta por água, a quantidade de terra que havia no meio o fazia raso em certas partes onde o doguinho estava.

Pedreiro resgata doguinho que estava em lago gelado
Após o banho e tosa que ele recebeu!

Ele até conseguiu se aproximar um pouco dele, mas na parte que tinha muita terra, o seu caiaque não conseguiria chegar por estar arrodeado de lama.

Então, seu Seu José como um verdadeiro homem de coração bondoso, saiu com o remo medindo a profundidade da água para saber por onde poderia andar até chegar ao cachorrinho.

Assustado por causa do remo, quando chegou perto dele também não foi nada fácil de salvá-lo. E esse simplesmente foi pegá-lo sem o remo, como contou:

“O cachorrinho estava por cima de onde o rio está bem assoreado. Mas ele tinha medo porque eu estava com o remo na mão e ele corria. Aí joguei o remo, agradei ele e o trouxe de volta.”

Sabendo que ele não poderia ficar naquele frio, ele agarrou o doguinho e o trouxe até terra firme. Quando questionado sobre o que chegou a fazer por ele, a reposta acabou sendo uma coisa inspiradora. Para ele foi algo simples: “Foi tranquilo. Eu faria de novo”.

Fonte: G1

O que você achou? Siga @awebic no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui

Veja mais ›
Fechar