Pesquisadores comprovam que usar máscara durante o treino faz (?) para sua saúde

Pesquisadores comprovam que usar máscara durante o treino faz (?) para sua saúde

Aprenda como utilizar a máscara de forma correta quando for realizar as atividades físicas diárias!

publicidade

As atividades físicas são essenciais para um ser humano manter a saúde mental e física em dia, principalmente neste período de pandemia do novo coronavírus

Portanto, com a liberação das academias de ginástica em alguns estados brasileiros, o uso da máscara facial no ambiente do treino acabou se tornando obrigatório. Por isso, é tão importante as pessoas tomarem bastante cuidado quando for treinar utilizando as máscaras.

As máscaras de proteção nas atividades físicas em casa ou na academia

É muito importante que as pessoas saibam que as máscaras de proteção podem causar diminuição da disponibilidade de oxigênio. Por isso, com o aumento da atividade física, a pessoa pode acabar se esgotando substancialmente os níveis de oxigênio no sangue. 

publicidade

Além disso, o uso de máscara na atividade física é uma barreira física que diminui a oferta de oxigênio no organismo. 

O oxigênio é como se fosse um combustível para o músculo durante o exercício físico, portanto, usando a máscara, o nosso organismo precisa fazer mais esforço para captar o ar, assim, causando a fadiga. 

atividade-física-máscara

Já em exercícios que utilizam cargas, como na musculação, prolongar o intervalo entre as sessões, aumentando o tempo de descanso, é uma ótima maneira de realizar o treino sem ter que diminuir a carga. 

publicidade

Com isso, é de extrema importância prestar atenção aos sinais do corpo durante as atividades físicas. Caso o indivíduo sinta um esforço além do normal, o recomendado é que a pessoa pare o exercício imediatamente. 

Veja a seguir alguns sintomas que pode acontecer se você não tomar cuidado na hora de praticar as atividades físicas com a máscara e não tomar cuidado. 

Quais são as desvantagens em realizar atividade física com máscara?

Confira a seguir alguns sintomas que podem acontecer com a pessoa que treina com máscara sem tomar cuidado com a respiração e outras formas de prevenção de lesões. Veja o que pode acontecer. 

  • Falta de ar momentaneamente; 
  • Interferência nas capacidades cognitivas a partir de 80% dos níveis de oxigênio no sangue;
  • Aumento em cerca de 15% a frequência cardíaca;
  • Aumento de até 220% no desconforto respiratório durante os exercícios;
  • Lesões em áreas do cérebro responsáveis pelo equilíbrio, pensamento racional e controle muscular;
  • Danos neurológicos permanentes permanentes semelhantes aos efeitos da Doença Pulmonar Obstrutiva Crônica, causada por exposição hipóxica repetida; 
  • Falta de consciência quando o corpo apresenta 60% ou menos de oxigênio. 

atividade-física-máscara

Você viu como é bem perigoso realizar as atividades físicas diárias utilizando máscaras? Por isso, é bastante importante tomar cuidado quando for treinar, prestando atenção na respiração e controlar a quantidade de carga no treino

publicidade

O que os pesquisadores falam sobre usar máscara de proteção nos treinos físicos?

Se tem uma coisa que se espalha com grande facilidade na internet é boatos e notícias falsas. Um recente boato que anda pela internet associou o uso de máscaras de proteção a efeitos negativos na saúde quando usadas durante os exercícios físicos. 

O diretor médico do Laboratório de Performance Humana da Casa de Saúde São José chamado Fabrício Braga resolveu tirar essa história a limpo em relação ao uso de máscaras nas academias.

Até porque, em vários estados no Brasil, parques públicos e academias estão reabrindo, assim estimulando as pessoas na prática de exercícios físicos. 

Por isso, com os casos do Covid-19 em alta, não é um bom momento para ter medo de recorrer à proteção como medida de segurança. 

atividade-física-máscara

Para analisar os efeitos fisiológicos causados pela máscara durante a prática de atividade física, o médico Fabrício Braga recrutou doze voluntários para sua pesquisa. 

Resultado das pesquisas

Os voluntários pedalaram com máscara por doze minutos, seis com carga leve e nos outros seis, com carga moderada. 

O principal dado levantado pelo médico da experiência foi a queda na frequência respiratória dos voluntários. 

O médico Fabrício Braga explica que, como é necessário vencer a resistência provocada pela máscara de proteção para inspirar e expirar, é natural que o ciclo da respiração da pessoa demore mais. 

Na medida que a atividade física se torna mais intensa, há maior necessidade de colocar ar dentro do pulmão. Nesse momento, abrem-se dois caminhos possíveis, a de respirar de forma acelerada ou a da mais prolongada. 

Como a máscara dificulta nas atividades físicas?

Para as pessoas que optam por respirar mais rápido acabam enfrentando maior dificuldade nos treinos. Isso porque não dá tempo o suficiente para ocorrer essa troca de ar. 

Portanto, a máscara de proteção acaba dificultando a pessoa que realiza atividade física com ela, gerando assim uma sensação de desconforto. 

Outro problema que aparece no decorrer da pesquisa do médico Fabrício Braga, é a sensação de calor na região do rosto dos voluntários, já que a temperatura ali subiu cerca de 1ºC.

atividade-física-máscara

Mas o médico Fabrício Braga frisa que o problema é somente o desconforto. Embora a pesquisa tenha indicado que ocorre um aumento na frequência cardíaca com a máscara, isso não significa nenhum perigo ao organismo do ser humano. 

Isso tudo trata-se de um processo natural, já que há maior trabalho da musculatura respiratória. Quando uma pessoa que está realizando seu treino utiliza mais força, gasta-se energia extra para pedalar e respirar, pois isso demanda maior quantidade de sangue circulando. 

Além disso, ele reforça que esse comportamento é fisiológico, ou seja, totalmente esperando durante os exercícios. Por isso, a máscara de proteção só antecipa o momento em que a frequência cardíaca se eleva.

Obviamente que pessoas com problemas prévios no coração precisam ser acompanhados, não por causa da máscara em si, mas sim para receber orientações sobre a realização segura das atividades físicas. 

Use essa oportunidade de treinar com máscara para respirar melhor

Ao vestir a máscara de proteção quando for realizar os exercícios físicos matinais como correr ou pedalar, em vez de acelerar a respiração para puxar mais ar, o melhor é inspirar expirar profundamente. 

Desse modo, o desconforto acaba sendo muito menor, mas nem é apenas isso, pois ao realizar o treino, é possível mudar o padrão respiratório. 

Existem várias vantagens ao tornar a respiração mais lenta, incluindo um melhor manejo do estresse e da ansiedade.

atividade-física-máscara

Como diminuir o incômodo causado pela máscara?

Além de inspirar e expirar mais devagar, outra coisa que pode facilitar o uso da máscara é escolher uma versão mais adequada para a prática de exercícios. 

Então, para ter menos desconforto na hora do treino, não é recomendado utilizar máscaras feitas totalmente de algodão, pois eles esquentam mais e levam a uma maior restrição ventilatória. Outra alternativa que não vale a pena é a máscara hospitalar, conhecida como N95. 

As máscaras mais confortáveis para realizar as atividades físicas possuem duas camadas de tecido hidrofóbico, que umidificam menos. Esses tipos de máscara tem um filtro no meio, eles podem ser retiradas e lavadas separadamente. 

Por isso, o ponto chave é ter sempre em mente que se habituar à máscara para se exercitar é uma questão de treino. À medida que o tempo for passando, isso se tornará um hábito. Até lá, é preciso ter muita insistência. 

Gostou de saber o que acontece com o seu corpo quando você vai realizar atividade física com máscaras de proteção? Se gostou, deixe nos comentários a sua opinião sobre treinar de máscaras, ficaremos felizes em saber de você. Bom treino!