Policiais distraem crianças com roda após pais serem presos por causa de drogas

Sendo mais que profissionais!

Policiais distraem crianças com roda após pais serem presos por causa de drogas
Policiais distraem crianças com roda após pais serem presos por causa de drogas

No final do mês passado, o Batalhão de Policiamento de Trânsito (BPTran) estavam atuando na Ação Integrada de Fiscalização Urbana (Aifu) em Curitiba, Paraná.

Eles estavam fazendo fiscalizações acerca de algumas aglomerações que ocorriam em estabelecimentos não essenciais, devido as restrições que perduravam na região do centro na capital.

Foi quando então chegaram a perceber que um carro tinha passado por perto de forma suspeita. Quando então resolveram fazer uma abordagem e verificar quem estava no veículo,se depararam com mais gente do que esperavam.

Te interessa?

Estava no carro um casal e os seus quatros filhos, junto com um outro rapaz, que também estava acompanhado de sua filhinha e todos estavam juntos em um só carro, como falamos.

E ao revistar os adultos, acabaram com as suspeitas que tinham, quando encontraram cocaína, maconha, celulares e uma determinada quantia em dinheiro.

Depois de terem sido encaminhados para a a Central de Flagrantes da Polícia Civil, o veículo que estava com algumas irregularidades também chegou a ser apreendido.

Nesse meio tempo, sabemos que não foi nada fácil para as crianças passarem por uma situação como esta e serem separadas dos pais em um momento de tensão que não é fácil para ninguém.

Reconhecendo isso, os policiais sabiam que precisavam fazer algo com elas ao menos para que se distraíssem um pouco desse momento e não sentissem qualquer tido de medo das pessoas que não conheciam.

Para que pudessem cuidar das crianças, o Conselho Tutelar foi chamado. Então, precisando receber supervisão até que os responsáveis pelo encaminhamento chegassem, eles foram mais que gentis.

Policiais distraem crianças com roda após pais serem presos por causa de drogas

Se colocar no lugar de quem precisa pode fazer toda a diferença

Alguns policiais resolveram fazer com que elas esquecessem por um instante que aquele momento refletia uma coisa muito seria e preocupante para todos.

Montando uma “ciranda”, eles estavam todos de mãos dadas, policiais e crianças, fazendo algumas dancinhas, cantando musicas que refletem a brincadeira e claro, soltando alguns risos.

As crianças estavam entrando na brincadeiras. Em um lugar que não conheciam e possivelmente sabiam que não eram coisas boas que estavam por vir, deixaram os problemas de lado e aceitaram ser quem são, crianças.

E como ficamos tocados por essa cena. Podendo ser um momento simples, os policiais que não tinham nenhuma obrigação de fazer o que fizeram pensaram como pais. Clique aqui e assista o vídeo compartilhado pelo portal do G1.

Seja gentil com quem precisa, faça diferente

Se nos colocarmos no lugar de casa criança, que há pouco tempo estavam com as pessoas que as criaram – ainda que estivessem cometendo erros -, as lembranças futuras poderiam ser fortemente traumáticas.

Mas elas se depararam com pessoas de bom coração, que se preocuparam com o bem estar de cada uma delas e fizeram daquele momento algo passageiro. Só desejamos que cada uma delas esteja bem.

Veja mais ›
Fechar